Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Fixture para a 3ª Fase
Fixture para a 3ª Fase
Já temos 8 classificados na 3ª Fase da Libertadores
Já temos 8 classificados na 3ª Fase da Libertadores
Fluminense conquista a CONMEBOL Recopa 2024!
Fluminense conquista a CONMEBOL Recopa 2024!

2ª rodada das melhores Eliminatórias do mundo



  • Na terça-feira, dia 12 de setembro, serão disputadas as cinco partidas da 2ª Jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

  • Brasil é o líder da tabela de posições com três pontos e 4 gols a favor.


Esta semana terminará a primeira rodada de jogos das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo da FIFA Estados Unidos, Canadá e México 2026. A segunda jornada das Eliminatórias trará partidas emocionantes.

Os jogos desta segunda jornada serão disputados nas cidades de La Paz – Bolívia, Quito – Equador, Santiago – Chile, Lima – Peru e Maturín – Venezuela.



  • Terça-feira, dia 12 de setembro:


Em La Paz: Bolívia x Argentina

Estádio: Hernando Siles

Hora: 16:00h (hora BOL) – 17:00h (hora ARG)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

Árbitro VAR: Andrés Cunha (URU)

Antecedentes:

  • Bolívia ganhou cinco vezes da Argentina nas Eliminatórias Sul-Americanas, o maior registro contra a ‘Albiceleste’ entre todos os países que disputam o torneio. Todas as vitórias bolivianas ocorreram jogando como local.

  • Bolívia anotou 17 gols como local na última edição das Eliminatórias Sul-Americanas. Só Equador (19) e Brasil (23) fizeram mais gols que os bolivianos jogando em casa. Não obstante, a ‘Verdolaga’ também foi a seleção sofreu mais gols como local na edição anterior do torneio (14).

  • Argentina não perdeu suas últimas 10 partidas fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 4E), sua máxima racha invicta como visitante na história do torneio. A última derrota da ‘Albiceleste’ nesta condição ocorreu justamente contra a Bolívia: 0-2 em março de 2017.

  • Argentina foi a seleção com mais tentativas de passes na primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas rumo à Copa do Mundo de 2026 (710). Por outro lado, a Bolívia foi a equipe com menos passes tentados na jornada inaugural do torneio (156).

  • Lionel Messi fez quatro gols de falta direta nas últimas quatro edições das Eliminatórias Sul-Americanas. Entre todas as seleções, só a Venezuela iguala a Argentina em número de gols de falta nesse intervalo.



Em Quito: Equador x Uruguai

Estádio: Rodrigo Paz Delgado

Hora: 16:00h (hora EQU) – 18:00h (hora URU)

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)

Árbitro VAR: Daniel Nobre (BRA)

Antecedentes:

  • Uruguai ganhou cinco jogos como visitante contra o Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas, sendo a equipe que mais vezes derrotou no torneio nesta condição. Não obstante, a ‘Tri’ ganhou as últimas três partidas em que recebeu ‘Celeste’ no torneio.

  • Equador não perdeu suas últimas seis partidas como local nas Eliminatórias Sul-Americanas (3V 3E). A ‘Tri’ só sofreu dois gols nesse intervalo, nos empates 1-1 com a Argentina e o Brasil.

  • Uruguai venceu seus dois últimos jogos como visitante nas Eliminatórias Sul-Americanas. A única vez que a ‘Celeste’ ganhou três partidas consecutivas fora de casa no torneio foi entre 1965 e 1969.

  • Uruguai (25 anos e 47 dias) e Equador (26 anos e 320 dias) tiveram as menores médias de idade de suas equipes titulares na primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas rumo à Copa do Mundo de 2026.

  • Nicolás de la Cruz foi um dos três jogadores com três participações de gols na jornada inaugural desta edição das Eliminatórias Sul-Americanas, com os brasileiros Neymar e Rodrygo. De la Cruz anotou o primeiro e terceiro gol da sua equipe, além de entregar assistência no segundo.



Em Santiago: Chile x Colômbia

Estádio: Estadio Monumental David Arellano

Hora: 21:30h (hora CHI) – 19:30h (hora COL)

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Árbitro VAR: Juan Soto (VEN)

Antecedentes:

  • Colômbia não perdeu suas últimas seis partidas contra o Chile nas Eliminatórias Sul-Americanas (2V 4E). É a maior racha invicta nos duelos entre esses países no torneio.

  • Colômbia venceu seu último jogo fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas (2-0 x Venezuela em março de 2022). A única vez que os ‘cafeteiros’ conseguiram vitórias consecutivas como visitantes no torneio foi entre as Eliminatórias para as Copas do Mundo de 2010 e 2014 (3V).

  • O chileno Dario Osorio foi o mais jovem em participar da primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 (nac. 24/01/2004). A metade dos seis jogadores nascidos depois de 2002 que jogaram na jornada inaugural são chilenos. Além de Osorio, Alexander Aravena e Nayel Mehssatou.

  • James Rodriguez gerou quatro passes para finalizações sus companheiros contra a Venezuela, o máximo da primera jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026, empatado com Neymar, Raphinha e Nicolás de la Cruz. Entre os quatro, só o colombiano não teve assistências.

  • Luis Díaz tentou 12 dribles contra a Venezuela, o máximo da primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026. A Colômbia foi a equipe com mais dribles tentados na jornada inaugural do torneio (28).



Em Lima: Peru x Brasil

Estádio: Estadio Nacional

Hora: 21:00h (hora PER) – 23:00h (hora BRA)

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Árbitro VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • Brasil nunca perdeu do Peru nas Eliminatórias Sul-Americanas (9V 4E). Os peruanos são uma das três equipes que nunca puderam derrotar o Brasil no torneio, junto com a Venezuela (1E 17D) e a Colômbia (7E 7D).

  • Peru não perdeu suas últimas seis partidas em casa nas Eliminatórias Sul-Americanas (4V 2E). É sua segunda maior racha invicta como local no torneio neste século, atrás de uma de nove partidas entre 2004 e 2008 (3V 6E).

  • Brasil não perdeu seus últimos 17 jogos fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas (10V 7E), sua maior racha invicta como visitante na história do torneio. A última derrota brasileira fora de casa nas Eliminatórias foi em outubro de 2015 (0-2 x Chile).

  • Brasil foi a seleção com mais chutes a gol na primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 (11). Por outro lado, o Peru foi a única equipe que não conseguiu disparos eficazes na jornada inaugural do torneio.

  • Pedro Gallese defendeu seis vezes contra o Paraguai, o máximo da primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026, empatado com Guillermo Viscarra, da Bolívia, que jogou contra o Brasil. Não obstante, o goleiro peruano manteve seu arco intacto, enquanto o boliviano sofreu cinco gols.



Em Maturín: Venezuela x Paraguai

Estádio: Monumental de Maturín

Hora: 18:00h (hora VEN) – 18:00h (hora PAR)

Árbitro: Andrés Rojas (COL)

Árbitro VAR: Yadir Acuña (COL)

Antecedentes:

  • Paraguai tem seis vitórias como visitante contra a Venezuela nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 1E 1D). Só o Brasil ganhou mais jogos fora de casa contra a ‘Vinhotinto’ no torneio (9).

  • A única vitória do Paraguai como visitante na edição passada das Eliminatórias Sul-Americanas foi em sua primeira partida fora de casa e contra a Venezuela: 1-0 em outubro de 2020.

  • O jogo entre a Venezuela e o Paraguai é o único da segunda jornada das Eliminatórias Sul-Americanas onde se enfrentarão duas equipes que não fizeram gols na jornada inaugural.

  • Alexander González, da Venezuela, realizou seis entradas contra a Colômbia, o máximo da primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026. Venezuela foi a segunda seleção com mais entradas na jornada inaugural (25), só superada pela Argentina (28).

  • Paraguai realizou 39 tentativas de cruzamentos contra o Peru, mais do dobro da segunda equipe com mais tentativas de levantamentos à área na primeira jornada das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2026 (15 do Brasil, Argentina e Colômbia).





CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias