Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Designação de árbitros – 2ª Rodada
Designação de árbitros – 2ª Rodada
Árbitros para a 2ª semana
Árbitros para a 2ª semana
Grande Conquista: veja o resumo da 1ª Jornada
Grande Conquista: veja o resumo da 1ª Jornada
Museo Conmebol
Cree en Grande

Gigantes continentais entram na briga pela Grande Conquista


  • A primeira rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana 2024 terá início nesta terça-feira, 02 de abril.

  • As trinta e duas equipes participantes buscarão a classificação direta para as oitavas de final em cada grupo.


Nesta semana, a emocionante CONMEBOL Sudamericana 2024 retorna com os primeiros confrontos da Fase de Grupos do torneio continental, que serão entre terça-feira 2 e quinta-feira 4 de abril.



– Terça, 02 de abril:


Em Assunção: Sportivo Ameliano (PAR) x Athletico Paranense (BRA)

Estádio: Nueva Olla

Horário: 20h30 (horário local) – 00:30h (GMT)

Árbitro: Andrés Merlos (ARG)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • Sportivo Ameliano e Athletico Paranaense nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Essa é a primeira vez que a equipe paraguaia enfrenta um adversário estrangeiro nestas competições.

  • O Sportivo Ameliano marcou gol nas duas partidas que disputou na CONMEBOL Sudamericana. Apenas quatro times com mais de duas partidas disputadas na história do torneio mantêm 100% de eficácia em gols marcados por encontro: Deportivo Binacional (3PJ), Unión San Felipe (4PJ), Pachuca (10PJ) e América Mineiro (12PJ).

  • Athletico Paranaense é um dos cinco times que já conquistaram o título da CONMEBOL Sudamericana em mais de uma edição, juntamente com LDU Quito, Boca Juniors, Independiente e Independiente Del Valle (2 títulos cada).


Em Assunção: Nacional (PAR) x Argentinos Juniors (ARG)

Estádio: Defensores del Chaco

Horário: 18h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Felipe González (CHI)

VAR: Rodrigo Carvajal (CHI)

Antecedentes:

  • Nacional e Argentinos Juniors nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O clube paraguaio enfrentará seu terceiro adversário argentino na história da CONMEBOL Sudamericana, depois de eliminar o Estudiantes nas oitavas de final em 2017 e ser eliminado pelo Independiente na rodada seguinte.

  • Oito das 30 partidas do Nacional na CONMEBOL Sudamericana terminaram em empates sem gols. É a segunda maior porcentagem de jogos sem gols entre as equipes que jogaram pelo menos 30 vezes no torneio (27%), atrás apenas do Tolima (13 de 46, 28%).

  • Argentinos Juniors é uma das três equipes com mais de 20 partidas disputadas na CONMEBOL Sudamericana que não sofreu gols em pelo menos metade dos jogos que disputou (11 de 22). Os outros são Independiente Del Valle (15 de 28) e Montevideo Wanderers (13 de 23).


Em Córdoba: Belgrano (ARG) x Internacional (BRA)

Estádio: Mario Alberto Kempes

Horário: 19h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

VAR: Diego Haro (PER)

Antecedentes:

  • Belgrano e Internacional nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O ‘Pirata’ enfrentará seu segundo rival brasileiro no cenário continental, após o confronto com o Coritiba nas oitavas de final da CONMEBOL Sudamericana de 2016.

  • Belgrano enfrentou adversários de apenas dois países diferentes em suas três participações na CONMEBOL Sudamericana: Argentina (2V 1E 3D) e Brasil (1V 1D).

  • Internacional perdeu apenas seis de suas 42 partidas na CONMEBOL Sudamericana (17V 19E 6D). É a menor porcentagem de derrotas entre as equipes com mais de 20 jogos disputados no torneio, assim como o Red Bull Bragantino (14,3%).


Em Montevidéu: Racing (URU) x Corinthians (BRA)

Estádio: Centenário

Horário: 21h30 (hora local) – 00:30h (GMT)

Árbitro: Jhon Hinestroza (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Antecedentes:

  • Racing x Corinthians é o único jogo da primeira rodada da CONMEBOL Sudamericana entre duas equipes que já se enfrentaram anteriormente em competições da CONMEBOL. Ambos compartilharam um grupo na edição de 2010 da CONMEBOL Libertadores e as duas partidas entre eles terminaram com vitória do Timão.

  • Corinthians é o segundo time brasileiro que mais disputou jogos nas cinco edições anteriores da CONMEBOL Sul-Americana (24), atrás apenas do São Paulo (25). O Timão chegou às semifinais em duas edições dessa sequência (2019 e 2023).

  • A partida entre Racing e Cerro Largo na primeira rodada da CONMEBOL Sudamericana 2024 teve apenas um titular que não era da mesma nacionalidade da equipe (o argentino Tomás Verón Lupi). É o registro mais baixo entre todos os jogos dessa fase (igual a Deportes Tolima x Independiente Medellín).


Em Trujillo: Universidad César Vallejo (PER) x Defensa y Justicia (ARG)

Estádio: Mansiche de Trujillo

Horário: 21h00 (hora local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Paulo Zanovelli (BRA)

VAR: Daniel Nobre (BRA)

Antecedentes:

  • César Vallejo e Defensa y Justicia nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. É a primeira vez que o time peruano enfrenta um adversário argentino nestes torneios.

  • O César Vallejo é a equipe com o maior número de partidas na história da CONMEBOL Sudamericana sem empates zero a zero (20, igual ao El Nacional).

  • Defensa y Justicia é a única equipe que participa pela terceira temporada consecutiva da fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana. O ‘Halcón de Varela’ esteve ausente na fase de grupos apenas na primeira edição que adotou esse formato (2021).



– Quarta-feira 03 de abril:


Em Caracas: Rayo Zuliano (VEN) x Danubio (URU)

Estádio: Olímpico Nacional Brígido Iriarte

Horário: 18h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Carlos Berancur (COL)

VAR: Nicolás Gallo (COL)

Antecedentes:

  • Rayo Zuliano e Danubio nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. É a primeira vez que a equipe uruguaia enfrenta um rival venezuelano em torneios continentais.

  • Os times venezuelanos marcaram gols em 3 das 10 partidas contra uruguaios na CONMEBOL Sudamericana. Duas dessas partidas resultaram em vitórias para os clubes venezuelanos: 2 a 0 para o Caracas contra o Liverpool em 2019 e 1 a 0 para o Zamora contra o Plaza Colonia em 2020.

  • O Danubio venceu seu último jogo fora de casa na CONMEBOL Sudamericana. A equipe uruguaia tentará obter vitórias consecutivas fora de casa pela primeira vez na história do torneio.


Em Cuiabá: Cuiabá (BRA) x Lanus (ARG)

Estádio: Arena Pantanal

Horário: 18h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

VAR: Fernando Vejar (CHI)

Antecedentes:

  • Cuiabá e Lanús nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O ‘Dourado’ tem apenas um antecedente argentino: foi em sua última participação na CONMEBOL Sudamericana (2022), quando perdeu as duas partidas contra o Racing.

  • Cuiabá estreou com vitória e sem sofrer gols em suas duas últimas participações na CONMEBOL Sudamericana: 1 a 0 contra Chapecoense em 2016 e 2 a 0 contra Melgar em 2022, ambas em casa.

  • Lanús é um dos quatro times que foram campeões e vice-campeões da CONMEBOL Sudamericana, junto com São Paulo, River Plate e LDU Quito. A equipe argentina ganhou o título em 2013 e perdeu a final em 2020.


Em Potosí: Nacional Potosí (BOL) x Boca Juniors (ARG)

Estádio: Victor Agustín Ugarte

Horário: 20h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Piero Maza (CHI)

VAR: José Cabero (CHI)

Antecedentes:

  • Nacional Potosí e o Boca Juniors nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Os únicos confrontos da equipe boliviana com uma equipe da Argentina na CONMEBOL Sudamericana foram contra o Estudiantes em 2017, com duas vitórias para a equipe de La Plata.

  • Nacional Potosí é o time com mais partidas disputadas na CONMEBOL Sudamericana entre aqueles que nunca empataram na competição (15J, 6V 9D), assim como o Guabirá (15J, 4V 11D).

  • Boca Juniors é o único time que ganhou dois títulos consecutivos da CONMEBOL Sudamericana (2004 e 2005). É também uma das cinco equipes que venceram mais de uma edição do torneio, ao lado de LDU Quito, Independiente, Athletico Paranaense e Independiente Del Valle.


Em Assunção: Sportivo Trinidense (PAR) x Fortaleza (BRA)

Estádio: Defensores del Chaco

Horário: 20h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Francisco Gilabert (CHI)

VAR: Rodrigo Carvajal (CHI)

Antecedentes:

  • Trinidense e Fortaleza nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O Leão enfrentará um adversário paraguaio pela segunda vez na CONMEBOL Sudamericana, depois de eliminar o Libertad nas oitavas de final da edição de 2023 (1V 1E).

  • Entre as equipes que jogaram mais de uma partida na CONMEBOL Sudamericana, o Fortaleza teve o melhor desempenho histórico: o Leão somou 73,3% dos pontos possíveis (33 de 45, 10V 3E 2D).

  • Trinidense é o único time na fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana 2024 que nunca disputou uma partida neste torneio. Todos os outros estreantes na edição de 2024 da competição participaram da primeira fase, enquanto a equipe paraguaia chega após disputar a instância prévia da CONMEBOL Libertadores.


Em Bragança Paulista: Red Bull Bragantino (BRA) x Coquimbo Unido (CHI)

Estádio: Nabi Abi Chedid

Horário: 21h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Ivo Méndez (BOL)

VAR: Yadir Acuña (COL)

Antecedentes:

  • Red Bull Bragantino e Coquimbo Unido nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Será a primeira vez que o Braga enfrentará um adversário chileno nestes torneios.

  • Red Bull Bragantino venceu 13 de suas 21 partidas na CONMEBOL Sudamericana (13V 5E 3D). Essa é a melhor porcentagem de vitórias entre as equipes com pelo menos 20 partidas disputadas na história do torneio (62%).

  • Red Bull Bragantino está invicto há 15 partidas contra adversários não brasileiros na CONMEBOL Sudamericana (12V 3E), uma sequência que se mantém desde maio de 2021.


Em Valledupar: Alianza FC (COL) x Unión La Calera (CHI)

Estádio: Armando Maestre Pavajeau

Horário: 21h00 (hora local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Carlos Benítez (PAR)

VAR: Fernando López (PAR)

Antecedentes:

  • Alianza e Unión La Calera nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Essa será a primeira partida da equipe colombiana contra um adversário estrangeiro nesses torneios.

  • Union La Calera perdeu apenas 3 de suas 19 partidas na CONMEBOL Sudamericana (7V 9E 3D), a quarta menor porcentagem de derrotas (15,8%) entre as equipes com pelo menos 15 partidas disputadas na história do torneio, atrás do Fortaleza (13,3%), Internacional e Red Bull Bragantino (ambos com 14,3%).

  • Unión La Calera foi uma das quatro equipes que utilizaram mais jogadores estrangeiros do que nacionais em sua equipe titular na primeira fase da CONMEBOL Sudamericana 2024 (7 e 4). Os outros foram Deportivo Cuenca (6 e 5), Universitario de Vinto (7 e 4) e Jorge Wilstermann (8 e 3).



– Quinta-feira 04 de abril:


Em Cusco: Deportivo Garcilaso (PER) x Metropolitanos (VEN)

Estádio: Inca Garcilaso De La Vega

Horário: 17h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

VAR: Bryan Loayza (EQU)

Antecedentes:

  • Deportivo Garcilaso e Metropolitanos nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Essa será a primeira partida do conjunto peruano contra um adversário estrangeiro nesses torneios.

  • Sempre que marcou um gol fora de casa na CONMEBOL Sudamericana, Metropolitanos conseguiu evitar a derrota (2V 2E). No entanto, perdeu em 4 das 5 visitas em que não conseguiram marcar gol (1E 4D).

  • Metropolitanos está participando da fase de grupos pela terceira vez na CONMEBOL Sudamericana. Além da equipe venezuelana, apenas Defensa y Justicia, Lanús e Red Bull Bragantino já participaram três vezes desta fase da competição (contando a edição atual).


Em Assunção: Sportivo Luqueño (PAR) x Racing Club (ARG)

Estádio: Defensores del Chaco

Horário: 20h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Gustavo Tejera (URU)

VAR: Antonio García (URU)

Antecedentes:

  • Sportivo Luqueño e Racing nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O único time argentino a enfrentar o Auriazul na CONMEBOL Sudamericana foi o Defensa y Justicia em 2020, com uma vitória e um empate para o Halcón.

  • O Sportivo Luqueño perdeu apenas 1 de seus 11 jogos como local na CONMEBOL Sudamericana (7V 3E 1D). No entanto, essa derrota foi no último jogo em casa do torneio, justamente recebendo um adversário argentino: 1-2 contra Defensa y Justicia.

  • Racing venceu seu último jogo fora de casa na CONMEBOL Sudamericana: 2 a 1 contra o Cuiabá em maio de 2022. A ‘Academia’ tentará obter vitórias fora de casa pela primeira vez na história do torneio.


Em Quito: Universidad Católica (EQU) x Cruzeiro (BRA)

Estádio: Olímpico Atahualpa

Horário: 19h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Ángel Arteaga (VEN)

VAR: Juan López (PAR)

Antecedentes:

  • Universidad Católica e Cruzeiro nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Os times brasileiros venceram todos os quatro jogos contra o Camaratta na CONMEBOL Sudamericana: duas vitórias para o Fluminense em 2017 e duas para o Santos em 2022.

  • Universidad Católica perdeu apenas uma de suas últimas seis partidas em casa na CONMEBOL Sudamericana (4V 1E 1D). No entanto, essa derrota foi na única vez que o time recebeu um adversário brasileiro nesse período: 1 a 0 para o Santos em maio de 2022.

  • Cruzeiro enfrentará um adversário do Equador pela primeira vez na CONMEBOL Sudamericana. Mais da metade dos jogos da Raposa no torneio foram contra adversários de seu próprio país (12 de 16). As exceções foram os confrontos com o Vélez em 2005 e com o Nacional de Assunção em 2017.


Em El Alto: Always Ready (BOL) x Independiente Medellín (COL)

Estádio: Municipal de Villa Ingenio

Horário: 22h00 (horário local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Flavio De Souza (BRA)

VAR: Rodrigo Guarizo (BRA)

Antecedentes:

  • Always Ready e Independiente Medellín nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. O único adversário que a equipe boliviana enfrentou na CONMEBOL Sudamericana também era colombiano: Millonarios na primeira fase em 2020 (1V 1D).

  • As últimas 16 partidas entre bolivianos e colombianos na CONMEBOL Sudamericana tiveram apenas duas vitórias para os times bolivianos (2V 4E 10D): Bolívar contra Tolima em 2017 (1-0) e Always Ready contra Millonarios em 2020 (1-0).

  • Independiente Medellín nunca perdeu para adversários bolivianos em competições CONMEBOL. No entanto, essas partidas ocorreram há mais de 50 anos, na CONMEBOL Libertadores 1967: uma vitória e um empate contra o Bolívar e duas vitórias sobre o 31 de Octubre.


Em Tarija: Real Tomayapo (BOL) x Delfín (EQU)

Estadio: IV Centenário

Horário: 22h00 (horário local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Mario Díaz De Vivar (PAR)

VAR: Derlis López (PAR)

Antecedentes:

  • Real Tomayapo e Delfín nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Essa será a primeira partida da equipe boliviana contra um adversário estrangeiro nestes torneios.

  • O Delfín é uma das quatro equipes que participam da CONMEBOL Sudamericana pela terceira vez consecutiva, juntamente com Universidad Católica do Chile (já eliminado), Independiente Medellín e Defensa y Justicia.

  • Apenas dois jogadores marcaram gols e deram assistências na primeira fase da CONMEBOL Sudamericana 2024 e ambos jogaram pelo Delfín: Ignacio Gariglio e Braian Oyola. No entanto, apenas o zagueiro permanece na equipe do ‘Cetáceo’ para a fase de grupos.




CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias