Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Brasil é semifinalista no Mundial de Beach Soccer
Brasil é semifinalista no Mundial de Beach Soccer
Colômbia e Brasil vencem na 1ª rodada da W Gold Cup
Colômbia e Brasil vencem na 1ª rodada da W Gold Cup
Liga de Quito x Fluminense: saiba mais sobre o jogo de ida
Liga de Quito x Fluminense: saiba mais sobre o jogo de ida

Alejando Domínguez e oito anos de uma gestão transparente e transformadora

  • O Presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, está em seu oitavo ano na direção da entidade máxima do futebol sul-americano.
  • Durante esse período, a CONMEBOL experimentou um enorme crescimento, triplicando suas receitas e quadruplicando os prêmios, além de investir milhões nas Associações Membro.

Luque – Paraguai, 31 de janeiro de 2024.- Ao longo dos oito anos da administração do presidente Alejandro Dominguez, a CONMEBOL alcançou progressos e transformações históricas, com reformas estruturais para modernizar sua governança e operações, além de aumentar a competitividade de seus torneios e reforçar o desenvolvimento do futebol sul-americano mediante o aumento de receitas e investimentos.

Desde o início dessa etapa, em 2016, até hoje, a CONMEBOL adotou pilares estratégicos fundamentais: Reinvestir no futebol; Regras Claras; Instituição Líder e Enfoque no torcedor. Isso, com a visão de liderar o entretenimento do esporte e reposicionar a América do Sul como o melhor futebol do mundo. Com estes pilares como guia, durante esses oito anos a CONMEBOL triplicou suas rendas, ascendendo somente no ano 2023 mais de USD 520 milhões, um recorde inédito.

Além disso, os prêmios em dinheiro nos torneios de clubes quadruplicaram, com mais de US$ 1,6 bilhão distribuídos. Isso inclui prêmios de mérito esportivo e recompensas por vencer a CONMEBOL Libertadores e a CONMEBOL Sudamericana, bem como prêmios cumulativos nas diferentes fases dos torneios, que em 2023 totalizam US$ 294 milhões.

Alguns números são realmente explosivos. A CONMEBOL Libertadores Feminina, por exemplo, teve um aumento notável de 1.075% nos prêmios entre 2015 e 2023. Além disso, foram investidos US$ 310,6 milhões nas Associações Membro, incluindo contribuições e prêmios das três edições da CONMEBOL Copa América realizadas nesse período, fundos para torneios juvenis, apoio a ligas locais e prêmios para o campeão da Copa do Mundo da FIFA Qatar 2022.

Esses investimentos se somam àqueles feitos com vistas ao futuro do futebol sul-americano, com melhorias na infraestrutura, desenvolvimento do futebol juvenil, promoção do futebol feminino e garantia da integridade do jogo com VAR em todas as partidas de clubes e na CONMEBOL Copa América.

Conseguimos recuperar mais de 128 milhões de dólares do escândalo FIFA Gate por meio de uma auditoria forense e foram devolvidos ao seu legítimo dono: o futebol sul-americano, por meio de investimentos nas diversas categorias e modalidades deste esporte.

Desde 2016, a CONMEBOL tem feito um progresso constante no desenvolvimento do futebol sul-americano, construindo um caminho de grandes conquistas, com quatro taças em casa: o título do Mundial Sub-17 – 2019 e a Medalha de Ouro nos Jogos Olímpicos de Tóquio – 2020, conquistados pelo Brasil, a Copa do Mundo que venceu a Argentina no Catar 2022, e o Mundial Sub-20 conquistado pelo Uruguai em 2023.

Em um novo ano, a CONMEBOL continuará a escrever história com a realização da CONMEBOL Copa América 2024, que promete ser a melhor da história e será disputada nos Estados Unidos com as 10 seleções sul-americanas pertencentes às Associações Membro da CONMEBOL, além de 6 seleções convidadas da Concacaf. Novos desafios também se aproximam, como a comemoração do início do Mundial Centenário: a Copa do Mundo da FIFA 2030, que terá seus primeiros jogos onde tudo começou, na América do Sul.

A CONMEBOL continuará a buscar a excelência e a fazer as coisas com paixão, dentro e fora do campo, com o impulso de continuar Acreditando Sempre e com a missão de levar o futebol sul-americano ao topo do mundo.

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias