Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Futebol 360°: Começa a construção do Complexo CONMEBOL SUMA
Futebol 360°: Começa a construção do Complexo CONMEBOL SUMA
Designação de árbitros – 2ª Rodada
Designação de árbitros – 2ª Rodada
Árbitros para a 2ª semana
Árbitros para a 2ª semana
Museo Conmebol
Cree en Grande

Argentina entra na briga pela Final do Mundial Sub-17



  • A ‘Albiceleste’ enfrentará a Alemanha nas semifinais do torneio na terça-feira, 28 de novembro, às 05:30h (horário da Argentina).

  • A partida será disputada no Manahan Stadium, na cidade de Surakarta, na Indonésia.


Nesta terça-feira, 28 de novembro, a seleção argentina Sub-17 terá a oportunidade de chegar à final mais importante da categoria pela primeira vez na história, quando enfrentará a Alemanha em Surakarta nas semifinais da Copa do Mundo Sub-17 da FIFA – Indonésia 2023.



A Argentina vem de uma vitória de 3 a 0 sobre o Brasil nas quartas de final da Copa do Mundo, em uma partida mais do que perfeita para a equipe dirigida por Diego Placente, coroada com três gols de Claudio ‘El Diablito’ Echeverri, um dos jogadores mais destacados do torneio e que lidera a tabela de artilheiros junto com Agustín Ruberto, outra estrela da ‘Albiceleste’, ambos com cinco gols em cinco partidas.



A Argentina terminou na liderança do Grupo D com seis pontos, resultado de duas vitórias e uma derrota. Ela tropeçou na estreia da fase de grupos, quando foi derrotada por 2 a 1 para o Senegal, mas se recuperaram nas partidas seguintes, vencendo o Japão por 3 a 1 e a Polônia por 4 a 1.

Nas oitavas de final, enfrentou outra equipe sul-americana, a Venezuela, a qual goleou por 5 a 0 com gols de Santiago López, Echeverri, Ruberto e um contra de um zagueiro da ‘Vinhotinto’. Os argentinos venceram o Brasil por 3 a 0 no Superclássico Sul-Americano nas quartas de final.



Por outro lado, a seleção alemã se classificou em primeiro lugar no Grupo F com três vitórias de três possíveis: 3 a 1 sobre o México, 3 a 1 sobre a Nova Zelândia e 3 a 0 sobre a Venezuela. Ganhou dos Estados Unidos por 3 a 2 nas oitavas e da Espanha por 1 a 0 nas quartas de final.


– Antecedentes –

  • Argentina e Alemanha se enfrentaram três vezes na Copa do Mundo Sub-17, sempre na fase de grupos do torneio. O histórico é dividido em partes iguais, com uma vitória para cada lado e um empate: a Albiceleste venceu por 2 a 1 em 2009, enquanto os europeus ganharam em 2015, goleando por 4 a 0.

  • A Argentina disputará as semifinais da Copa do Mundo Sub-17 pela quinta vez e buscará chegar à final pela primeira vez em sua história, tentando superar seu melhor desempenho no torneio (terceiro lugar em 1991, 1995 e 2003).

  • A Argentina tem quatro vitórias na Copa do Mundo Sub-17 de 2023 e tentará chegar a cinco triunfos consecutivos no torneio pela primeira vez em quase 30 anos, quando venceu o Canadá em 1993 (5 a 0) e ampliou a sequência em 1995 ao derrotar Portugal (3 a 0), Costa Rica (2 a 0), Guiné (2 a 0) e Equador (3 a 1).

  • A Argentina marcou cinco gols de fora da área na Copa do Mundo Sub-17 de 2023, o segundo maior número de uma equipe em uma única edição do torneio desde 2013. O maior número de gols desde então pertence à Nigéria (7 gols em 2013).

  • Agustín Ruberto e Claudio Echeverri marcaram cinco gols na atual Copa do Mundo Sub-17, mais do que qualquer outro jogador argentino em uma única edição do torneio.

  • Claudio Echeverri acumula 24 finalizações na Copa do Mundo Sub-17 de 2023, segundo máximo registro de um jogador da Argentina em uma única edição do torneio desde pelo menos 2013. Ele está atrás apenas de Sebastián Driussi, que disparou 32 vezes em 2013.



CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias