NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

18 anos da conquista do Pentacampeonato

ebviac5xgammpt1

Há exatamente 18 anos, a seleção do Brasil coroou-se campeã do Mundial FIFA Coreia-Japão 2002, vencendo a Alemanha por 2-0 na final. A Canarinha agigantou sua história passando a ser, até hoje em dia, o país com maior número de copas mundiais conquistadas. Pentacampeã do Mundo!

Uma equipe repleta de estrelas como Ronaldo, Rivaldo, Ronadinho, Cafu, Roberto Carlos entre outros, mostraram o jogo bonito para sagrar-se como a melhor seleção do mundo, pela quinta vez em sua história, depois de triunfar em 1958, 1962, 1970 e 1994. Até a atualidade, continua sendo a seleção com mais títulos de Copa do Mundo conquistados (cinco).

Em 2002, foi celebrada a 17ª edição da Copa Mundial FIFA, entre 31 de maio e 30 de junho. Foi a primeira da história organizada por dois países, Coreia do Sul e Japão, e a primeira a ser realizada fora da Europa ou América, sendo no continente asiático.

Um total de 32 seleções participaram na fase final distribuídas em oito grupos: os grupos A, B, C e D disputaram seus jogos na Coreia do Sul e os grupos E, F, G e H no Japão.

Brasil terminou em primeiro lugar do grupo C, com três vitórias; venceu Bélgica 2-0 nas oitavas, Inglaterra nas quartas (2-1) e Turquia nas semifinais (1-0).

A final do Mundial de 2002 era a terceira consecutiva para o Brasil, que tinha ganhado a de 1994 nos pênaltis contra Itália (0-0) e perdido a de 1998 contra a anfitriã, França (3-0).

O onze do Brasil foi formado por Marcos, Cafu, Lúcio, Roque Junior, Edmilson, Roberto Carlos, Gilberto Silva, Rivaldo, Ronaldinho, Kleberson e Ronaldo. Luiz Felipe Scolari realizou só duas trocas, dando entrada a Juninho Paulista e Denilson.

Os gols de Ronaldo, nos minutos 67′ e 79′, deram a vitória e o título de campeão do Mundo para o Brasil. Foi a quarta vez na história que um campeão ganhava todos os seus jogos, a segunda vez que o Brasil conseguia.

Cafu passou a ser o único jogador em disputar três finais consecutivas de um Mundial: 1994, 1998 e 2002.

– Ronaldo Fenômeno –

Considerado como melhor atacante da história do futebol, Ronaldo Nazario celebrou um magnífico Mundial, anotando dois gols na final contra Alemanha.

Além disso, O Fenômeno foi o goleador desse torneio marcando 8 gols e continua sendo o maior goleador sul-americano na história dos mundiais.

 

 

 

Dados OPTA / Fotos: FIFA

CONMEBOL.com

Últimas Noticias