NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

1ª reunião para desenvolvimento do protocolo médico de prevenção da COVID-19

banner_750_meeting_medico1

A Comissão Médica da CONMEBOL realizou nesta terça-feira, 7 de abril, a primeira reunião, via teleconferência, para o desenvolvimento do protocolo médico, com regras e recomendações para evitar o contágio e a propagação da COVID-19, visando o futuro retorno do futebol na América do Sul.

Participaram da reunião 22 médicos, entre os chefes médicos das seleções adultas das Associações Membro e membros da Comissão Médica da CONMEBOL. Gonzalo Belloso, diretor de Desenvolvimento da CONMEBOL e Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL tomaram a palavra.

“Gostamos de trabalhar sempre com antecedência, com previsibilidade, projetando estratégias e pensando no futuro, e como tornar nossa instituição e nossos torneios cada vez melhores; é por isso que os chamamos hoje, para nos aconselhar e fazer juntos um protocolo de proteção contra a COVID-19, para todos os que fazem parte do futebol”, disse Alejandro Domínguez.

“A saúde sempre estará acima de tudo e as decisões serão tomadas com base nessa premissa”, acrescentou o presidente da CONMEBOL.

O objetivo é elaborar um protocolo de desconfinamento para o retorno das equipes e seleções da CONMEBOL à normalidade. Em um primeiro momento, os treinamentos, e logo, as competições.

O protocolo da Comissão Médica são indicadores que buscam ajudar as equipes com regras de previsão da COVID-19, mas sempre estarão sujeitas às leis e recomendações sanitárias de cada país.

“Este é o início de uma função médica que precisamos deixar, para que nossos atletas e treinadores possam ter um manual de protocolo de prevenção desta terrível doença”, explicou o Dr. Osvaldo Pangrazio, presidente da Comissão Médica CONMEBOL, na abertura da teleconferência.

Nesse sentido, o Dr. Pangrazio indicou que a Comissão Médica leva em consideração os tempos desse processo e convidou a aplicar medidas que sempre deverão ser lembradas no futebol profissional; não profissional (amador); feminino e todas as disciplinas.

Da mesma forma, contribuíram para a elaboração das normas e recomendações médicas, o doutor espanhol Francisco Forriol e a infectologista uruguaia Matilde Miralles, ambos membros da Comissão Médica da CONMEBOL.

Nesta ocasião, o protocolo foi apresentado em formato de rascunho, incluindo os pontos das modalidades de treinamentos individuais e coletivos. Realização de testes nos atletas, desinfecção de locais comuns e higiene pessoal do atleta.

Ao final da exposição, todos os médicos participantes da reunião deram seu ponto de vista e, de acordo com cada avaliação, será elaborado o protocolo final, que será apresentado nos próximos dias.

 

 

 

 

 

 

 

CONMEBOL.com

    

Últimas Noticias