Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

[smartslider3 slider="7"]
Museo Conmebol
Cree en Grande
Pesquisar
Close this search box.

Oito intensos duelos na 2ª Fase da CONMEBOL Libertadores

  • Os jogos da 2ª Fase serão disputados na terça-feira 21, quarta-feira 22 e quinta-feira 23 de fevereiro.
  • Das 16 equipes participantes da Segunda Fase, 8 passarão para a 3ª Fase da CONMEBOL Libertadores.

A Segunda Fase da CONMEBOL Libertadores começará nesta terça-feira 21 de fevereiro com 16 clubes sul-americanos que buscarão passar para a próxima rodada e lutar por um lugar na Fase de Grupos. Do total, 3 equipes chagam após ter avançado da Fase 1, enquanto 13 disputarão seu primeiro jogo nesta edição.

Os jogos começarão nesta terça-feira com os duelos entre Nacional do Paraguai contra Sporting Cristal e Curicó Unido (CHI) contra Cerro Porteño Porteño.

Na quarta-feira, El Nacional enfrentará o Independiente de Medellín, Boston River receberá o Huracán em Montevidéu e Carabobo jogará contra o Atlético Mineiro na Venezuela.

A ida da 2ª Fase terminará na quinta-feira com os jogos de Magallanes contra Always Ready, Universidad Católica do Equador contra Millonarios e Deportivo Maldonado contra Fortaleza.



— Jogos de ida da Fase 2:


– Terça-feira 21 de fevereiro:


  • Em Assunção: Nacional (PAR) x Sporting Cristal (PER)

Estádio: Estadio Defensores del Chaco (PAR)

Hora: 19:00h (horário local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

VAR: Wagner Reway (BRA)

Antecedentes:

  • Nacional (Assunção) e Sporting Cristal nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Na CONMEBOL Libertadores os paraguaios têm vantagem histórica contra os peruanos: 36V 18E 18D.

  • Nacional (Assunção) ganhou de um rival peruano pela primeira vez em competições CONMEBOL no jogo contra o Sport Huancayo na 1ª fase preliminar da CONMEBOL Libertadores 2023 (3-1, 3E 2D).

  • Sporting Cristal não perde jogando como visitante no Paraguai na CONMEBOL Libertadores desde março de 2004, quando perdeu do Olímpia (1-2). Desde esse jogo soma 1 vitória e 2 empates.



  • Em Santiago: Curicó Unido (CHI) x Cerro Porteño (PAR)

Estádio: Estadio Monumental (CHI)

Horário: 21h00 (horário local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Yael Falcón (ARG)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • Curicó Unido faz sua estreia em competições CONMEBOL, sendo o 21º clube chileno em participar da CONMEBOL Libertadores. Chile empata com a Bolívia como quinto país com maior quantidade de clubes diferentes que disputaram o torneio (atrás do Brasil, Venezuela, Peru e Argentina).

  • Cerro Porteño venceu 10 de seus últimos 15 jogos contra times chilenos na CONMEBOL Libertadores (1E 4D). Não obstante, o mais recente foi uma derrota contra o Cobresal em abril de 2016 (0-2).

  • Cerro Porteño participa da fase preliminar da CONMEBOL Libertadores pela quinta vez. A equipe paraguaia venceu 2 jogos em eliminatórias (3E 5D) e avançou aos grupos uma vez (2011).



– Quarta-feira 22 de fevereiro:


  • Em Quito: El Nacional (EQU) x Independiente Medellín (COL)

Estádio: Estadio Rodrigo Paz Delgado (EQU)

Hora: 17:00h (horário local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Gustavo Tejera (URU)

VAR: Andrés Cunha (URU)

Antecedentes:

  • El Nacional e Independiente Medellín nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Não obstante, a equipe do Equador já jogou contra colombianos nesses torneios 14 vezes (5V 3E 6D).

  • El Nacional nunca perdeu como local contra rivais colombianos na CONMEBOL Libertadores (1V 1E). Além disso, só sofreu um gol nesses dois jogos.

  • Independiente Medellín venceu seus dois últimos jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores, anotando 6 gols e sofrendo só 2. Não chega a três jogos consecutivos vencendo fora de casa na competição desde uma racha entre 1967 e 1994 (3V).



  • Em Montevidéu: Boston River (URU) x Huracán (ARG)

Estádio: Estadio Centenario Montevideo (URU)

Horário: 21h00 (horário local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Wilmar Roldan (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Antecedentes:

  • Boston River e Huracán nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. A equipe uruguaia só enfrentou argentinos uma vez nestes torneios, quando ficou eliminado contra o Banfield na Sudamericana 2018 (1V 1D).

  • Boston River tenta ser a equipe uruguaia em estrear na CONMEBOL Libertadores e avançar da fase preliminar à fase de grupos desde River Plate (Montevidéu), em 2016.

  • Huracán participou de fases preliminares para a fase de grupos da CONMEBOL Libertadores duas vezes avançou em todas (2V 1E 1D). Além disso, não sofreu gols em 3 de seus 4 jogos.



  • Em Caracas: Carabobo (VEN) x Atlético Mineiro (BRA)

Estádio: Estadio UCV (VEN)

Hora: 20:30h (horário local) – 00:30h (GMT)

Árbitro: Geri Vargas (BOL)

VAR: Nicolás Gallo (BOL)

Antecedentes:

  • Carabobo nunca jogou contra times brasileiros em competições CONMEBOL. Por outro lado, Atlético Mineiro está invicto contra equipes venezuelanas nestes torneios (7V 1E).

  • Atlético Mineiro não perde jogando fora de casa na CONMEBOL Libertadores há 12 jogos (6V 6E). Esta é a maior racha invicta de visitante na história do clube no torneio.

  • Carabobo nunca disputou a fase de grupos da CONMEBOL Libertadores. A equipe venezuelana disputou três vezes a fase eliminatória (2017, 2018 e 2020) e não conseguiu avançar em nenhum jogo.



– Quinta-feira 23 de fevereiro:


  • Em Rancagua: Magallanes (CHI) x Always Ready (BOL)

Estádio: Estadio El Teniente (CHI)

Hora: 19:00h (horário local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Andrés Merlos (ARG)

VAR: German Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • Magallanes nunca jugou contra o Always Ready em competições CONMEBOL. Não obstante, as equipes chilenas jogaram em casa contra rivais bolivianos em 44 ocasiões nestes torneios e só perderam duas vezes (30V 12E).

  • Magallanes disputará a CONMEBOL Libertadores pela segunda vez em sua história. A outra foi em 1985, quando não avançou na fase de grupos (2V 1E 3D).

  • Após estrear na CONMEBOL Libertadores em 1968, Always Ready esteve 53 anos sem participar do torneio. Agora chega a sua terceira Libertadores consecutiva (2021-2023), somando a quarta participação na competição.



  • Em Quito: Universidad Católica (EQU) x Millonarios (COL)

Estádio: Estadio Rodrigo Paz Delgado (EQU)

Horário: 19h00 (horário local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Braulio Machado (BRA)

VAR: Rodolpho Toski (BRA)

Antecedentes:

  • Universidad Católica (Equador) e Millonarios nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. A equipe equatoriana disputou 6 jogos contra colombianos nestes torneios (2V 1E 3D).

  • Universidad Católica (Equador) só perdeu uma vez jogando em casa na CONMEBOL Libertadores (6V 3E). Além disso, manteve seu arco intacto em 8 dos 10 jogos (5V 3E).

  • Millonarios não perde contra equipes do Equador na CONMEBOL Libertadores há 61 anos (fevereiro de 1962). Essa única derrota contra equatorianos foi contra o Emelec. (2-4; 4V 1E).


  • Em Maldonado: Deportivo Maldonado (URU) x Fortaleza (BRA)

Estádio: Estadio Domingo Burgueño (URU)

Horário: 21h00 (horário local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Carlos Betancur (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Antecedentes:

  • Deportivo Maldonado disputa seu primeiro jogo em competições CONMEBOL. É a 19ª equipe uruguaia em participar da CONMEBOL Libertadores, superando Equador (18), Colômbia (15) e Paraguai (11) entre os países com maior quantidade de equipes diferentes que jogaram o torneio.

  • Uruguaios e brasileiros tiveram 4 enfrentamentos em eliminatória preliminar à fase de grupos da CONMEBOL Libertadores. Os brasileiros avançaram em três. O único uruguaio que conseguiu passar de rodada foi o Nacional contra o Chapecoense em 2018.

  • Fortaleza EC nunca disputou a fase preliminar aos grupos da CONMEBOL Libertadores. Porém seu DT, Juan Pablo Vojvoda, participou com Talleres em 2019 (1V 2E 1D), ganhando do São Paulo e perdendo do Palestino.



CONMEBOL.com / OPTAse

Ultimas Noticias