NOTICIA DESTACADA

Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Argentina inicia seu sonho mundialista
Argentina inicia seu sonho mundialista
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.

2ª Fase em marcha com grandes protagonistas

  • De 16 clubes, apenas oito continuarão com o sonho em chegar à fase de grupos do torneio.
  • Três campeões aparecem em cena nesta fase acirrada.

Os várias vezes campeões Atlético Nacional, Estudiantes de La Plata e Olímpia serão os protagonistas da Fase 2 da CONMEBOL Libertadores 2022, que inicia na terça-feira 22/02.

Terça 22

Everton x Monagas

Na terça-feira, Everton do Chile recebe o Monagas da Venezuela na abertura da Fase 2.

Ambas as equipes chegam audaciosas na competição e esse encontro promete fortes emoções.

– Dados –

Estádio: Sausalito (Viña del Mar).

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT.

Árbitro: Ivo Méndez (BOL).

Estatísticas

  • Everton e Monagas nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. A equipe chilena só enfrentou equipes venezuelanas quatro vezes nestes torneios: Libertadores 2009 e Sudamericana 2018, ambas contra o Caracas.
  • Everton participará de sua terceira CONMEBOL Libertadores. A equipe chilena perdeu apenas um jogo em casa nas duas vezes anteriores que jogou no torneio (3V 2E 1D).
  • A única participação de Monagas na CONMEBOL Libertadores foi na edição de 2018, quando o time venezuelano perdeu os três jogos fora de casa.
  • Fernando Saavedra é o único jogador do plantel atual do Everton que jogou pelo menos uma partida na participação anterior da equipe chilena no torneio (2009). Nessa edição, o meio-campista participou de quatro partidas.
  • O Monagas marcou gols em seus quatro últimos jogos da CONMEBOL Libertadores (1V 3E), depois de não conseguir marcar em seus dois primeiros jogos da competição (2D).

Plaza Colonia x The Strongest

O surpreendente Plaza Colonia, do Uruguai, recebe o The Strongest de La Paz na ida da Fase 2.

Esta será a estreia da equipe uruguaia na CONMEBOL Libertadores e enfrentará o ‘Tigre’ de La Paz, um velho conhecido da competição continental.

– Dados –

Estádio: Centenario (Montevidéo).

Hora: 21:30 hora local – 00:30 GMT.

Árbitro: Bruno Arleu (ARG).

Estatísticas

  • Plaza Colonia e The Strongest nunca se encontraram nas competições CONMEBOL. A equipe uruguaia já enfrentou uma equipe boliviana em sua participação na Sudamericana em 2016 (Blooming).
  • Plaza Colonia nunca jogou uma partida na CONMEBOL Libertadores. O debutante será a 17ª equipe uruguaia a jogar uma partida na história da CONMEBOL Libertadores.
  • O The Strongest ganhou apenas um de seus últimos 16 jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores (1V 3E 12D). Essa vitória veio contra uma equipe uruguaia na segunda rodada preliminar da edição de 2017: 2-0 contra o Montevideo Wanderers.
  • Cristian Rodríguez é o jogador do atual plantel do Plaza Colonia que jogou mais partidas (26) e marcou mais gols (5) na história da CONMEBOL Libertadores. A participação do meio-campista foi inteiramente durante sua estadia no Peñarol.
  • The Strongest é a equipe boliviana com mais vitórias (23) e mais partidas disputadas (62) nos últimos dez anos da CONMEBOL Libertadores. São 16 jogos e seis vitórias a mais do que Bolívar, o segundo colocado nesses indicadores.

Millonarios x Fluminense

Na terça-feira, em Bogotá, será disputado o confronto de ida da outra série da segunda fase entre duas equipes tradicionais. Millonarios procurará aproveitar a altitude da capital colombiana (2.640 metros) para ganhar uma boa vantagem sobre o Fluminense antes da revanche uma semana depois, no Rio de Janeiro.

– Dados –

Estádio: Nemesio Camacho (Bogotá).

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT.

Árbitro: Dario Herrera (ARG).

Estatísticas

  • Millonarios e Fluminense nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Millonarios não perdeu e nem sofreu gols em seus últimos 3 jogos contra brasileiros na Libertadores (2V 1E).
  • Millonarios não perdeu seus últimos 4 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (2V 2E). Sua última derrota como local no torneio foi precisamente contra uma equipe brasileira: 0-1 x Corinthians em 2013.
  • Fluminense não perdeu seus últimos 5 jogos na CONMEBOL Libertadores (3V 2E). É sua racha invicta mais longa na história da competição, junto com outra sequência entre as edições de 1985 e 2008 (3V 2E).
  • Em sua única participação prévia na fase preliminar da CONMEBOL Libertadores, Millonarios também jogou contra uma equipe brasileira. Ganhou em casa e perdeu como visitante pelo mesmo resultado (1-0) x A. Paranaense em 2018 e foi eliminado na fase de pênaltis.
  • Fred anotou o primeiro gol da equipe nas últimas 3 participações do Fluminense na Libertadores. Além disso, o atacante é o principal artilheiro da equipe brasileira na história do torneio (15 gols).

Quarta-feira, 23

Audax Italiano x Estudiantes de La Plata

O Estudiantes de La Plata, um dos grandes históricos da Libertadores, visitará o chileno Audax Italiano em Rancagua.

Ambas as equipes duelarão com o objetivo de chegar à zona de grupos.

– Dados –

Estádio: El Teniente (Rancagua).

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT.

Árbitro: Cristian Ferreyra (URU).

Estatísticas

  • Audax Italiano e Estudiantes nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. A equipe chilena nunca jogou contra times argentinos na CONMEBOL Libertadores.
  • Audax Italiano perdeu só 1 de 7 jogos em casa na história da CONMEBOL Libertadores. (5V 1E 1D). Sua única derrota como local no torneio foi contra o Sportivo Luqueño em fevereiro de 2008.
  • Estudiantes nunca foi eliminado em uma rodada preliminar da CONMEBOL Libertadores. A equipe argentina conseguiu avançar para a fase de grupos nas duas ocasiões anteriores na qual disputou a fase preliminar: 2009 e 2015.
  • Roberto Cereceda é o único jogador da equipe atual do Audax Italiano que já marcou um gol com a equipe chilena na história da CONMEBOL Libertadores. O lateral esquerdo anotou 1 gol na vitória de 3-1 x Alianza Lima na edição de 2007.
  • Estudiantes venceu 54,3% de seus jogos na história da CONMEBOL Libertadores (70V 23E 36D). É a terceira melhor porcentagem de vitórias entre clubes com pelo menos 25 partidas disputadas na história do torneio, só atrás do Cruzeiro (57,2%) e do Palmeiras (55,7%).

Barcelona x Universitario

E também nesta quarta-feira começa em Guayaquil uma chave entre duas tradicionais equipes do Pacífico, na qual o local Barcelona receberá o Universitario de Deportes peruano, dois clubes que chegaram a ser finalistas no torneio.

– Dados –

Estádio: Banco Pichincha (Guaiaquil).

Hora: 19:30 horário local.

Árbitro: José Argote (VEN).

Estatísticas

  • Barcelona e Universitario se enfrentaram em 4 ocasiões na CONMEBOL Libertadores. Após perder o primeiro jogo, o ‘Ídolo’ se encontra invicto e sem sofrer gols nos últimos 3 enfrentamentos contra a ‘U’ (1V 2E).
  • Barcelona recebeu equipes peruanas em 4 ocasiões na CONMEBOL Libertadores (3V 1E). Além de nunca ter perdido, o ‘Ídolo’ não sofreu gols em nenhum desses jogos. A única partida que não ganhou foi um 0-0 em 1994, justamente x Universitario.
  • Universitario disputou a fase preliminar da CONMEBOL Libertadores em quatro ocasiões (2006, 2017, 2018 e 2020), conseguindo avançar em 2006.
  • Universitario é a equipe peruana com mais vitórias na história da CONMEBOL Libertadores (70). A ‘U’ tem 4 vitórias a mais que o Sporting Cristal, embora tenha disputado 4 jogos menos que seu rival no torneio (225 x 229).
  • Javier Burrai e Byron Castillo são os únicos jogadores do Barcelona que jogaram como titulares todas as partidas na edição passada da CONMEBOL Libertadores e na atual. Burrai jogou 10 minutos mais que Castillo, que foi substituído só uma vez aos 35′ do segundo tempo na ida contra Montevideo City Torque.

Bolívar x Universidad Católica

O Bolívar, que chega da 1ª Fase, receberá em La Paz o Universidad Católica do Equador, no primeiro duelo da 2ª Fase da CONMEBOL Libertadores 2022.

– Dados –

Estádio: Hernando Siles (La Paz).

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT.

Árbitro: Piero Maza (CHI).

Estatísticas

  • Bolívar nunca enfrentou o Universidad Católica do Equador na CONMEBOL Libertadores. A equipe boliviana nunca perdeu em casa contra um rival equatoriano no torneio (5V 2E).
  • Bolívar venceu seus últimos 3 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores. A última vez que alcançou 4 vitórias consecutivas como local no torneio foi entre as edições de 2012 e 2013 (4V).
  • Universidad Católica do Equador nunca ganhou um jogo como visitante na história da CONMEBOL Libertadores (1E 7D). A equipe equatoriana sofreu gols em todos os seus jogos fora de casa no torneio.
  • Bruno Sávio anotou gols nos dois jogos do Bolívar na primeira fase da CONMEBOL Libertadores 2022. O brasileiro foi o único em anotar na ida e na volta da primeira fase da atual edição do torneio.
  • Walter Chalá é o único jogador da equipe atual do Universidad Católica do Equador que já anotou um gol com o time equatoriano na história da CONMEBOL Libertadores. O atacante anotou 2 gols em 4 jogos na edição passada do torneio.

América Mineiro x Guaraní

O América Mineiro será local na ida contra o Guaraní paraguaio, na 2ª Fase da CONMEBOL Libertadores 2022.

– Dados –

Estádio: Independência (Belo Horizonte).

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT.

Árbitro: Wilmar Roldán (COL).

Estatísticas

  • América Mineiro nunca disputou um jogo em competições CONMEBOL. O estreante será o 29º time brasileiro em participar da CONMEBOL Libertadores.
  • Guaraní ganhou só 1 de seus 9 jogos em terreno brasileiro na CONMEBOL Libertadores (1V 1E 7D). Não obstante, a equipe paraguaia conseguiu avançar para a fase de grupos da edição de 2020 após eliminar uma equipe brasileira na segunda fase preliminar (Corinthians).
  • Guaraní está em sua oitava participação na CONMEBOL Libertadores nos últimos 9 anos. O único ano que a equipe paraguaia não participou do torneio continental foi em 2019.
  • Wellington Paulista é o jogador da atual equipe do América Mineiro que mais partidas disputou (32) e mais gols anotou (7) na história da CONMEBOL Libertadores. O atacante brasileiro participou nas edições de 2009, 2010 e 2011 com Cruzeiro, e 2017 e 2018 com Chapecoense.
  • Fernando Fernández anotou 9 gols com o Guaraní na história da CONMEBOL Libertadores. Anotando mais um gol, o atacante paraguaio empatará com Victor Juárez e Juan Graciano González como o maior artilheiro da história da equipe no torneio.

Quinta-feira, 24

Em duelo de campeões, o Olímpia do Paraguai, campeão do torneio em três ocasiões, enfrentará na ida o Atlético Nacional da Colômbia, vencedor do título em duas oportunidades.

Este será provavelmente o duelo mais atraente da Fase 2.

– Dados –

Estádio: Defensores del Chaco (Assunção).

Hora: 21:30 horário local.

Árbitro: Néstor Pitana (ARG).

Estatísticas

  • Olímpia e Atlético Nacional se enfrentaram em três ocasiões consecutivas da CONMEBOL Libertadores entre 1989 e 1991, sempre em instâncias eliminatórias. A equipe colombiana venceu na final de 1989, enquanto a paraguaia triunfou nas duas semifinais nos anos seguintes.
  • Somente 3 das 8 equipes que estão na segunda fase da CONMEBOL Libertadores 2022 já foram campeões. Duas dessas são justamente Olímpia e Atlético Nacional, a outra é o Estudiantes de La Plata.
  • Olímpia venceu suas últimas duas partidas na CONMEBOL Libertadores. A última vez que chegou a três vitórias consecutivas no torneio foi entre março e abril de 2013 (3V).
  • Atlético Nacional venceu 33 jogos nas últimas 10 edições da CONMEBOL Libertadores (33V 14E 21D). O clube colombiano é um dos 7 times que superaram as 30 vitórias nesse intervalo no torneio, o único que não é brasileiro ou argentino.
  • Derlis González, do Olímpia, realizou 12 finalizações na atual edição da CONMEBOL Libertadores sendo o jogador com mais chutes a gol nesta edição do torneio, embora não tenha marcado nenhum gol.

OPTA / AFP

Últimas Noticias