Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Vibrante início do Futsal em Buenos Aires
Vibrante início do Futsal em Buenos Aires
Suspense no encerramento da 5ª rodada
Suspense no encerramento da 5ª rodada
10 times clasificados após penúltima rodada
10 times clasificados após penúltima rodada
Museo Conmebol
Cree en Grande

Albiceleste estreia com empate na W Gold Cup

  • Argentina foi a primeira seleção sul-americana a fazer sua estreia no torneio da Concacaf.

  • Empatou em 0 a 0 com o México no primeiro jogo do Grupo A, do qual fazem parte os Estados Unidos e a República Dominicana.


A primeira Copa Ouro de futebol feminino começou com um empate sem gols entre Argentina e México no Dignity Health Sports Park em Carson, Califórnia, USA.

Colômbia e Brasil serão as próximas seleções sul-americanas a duelar no torneio na quarta-feira, 21 de fevereiro. Paraguai jogará na fase de grupos na quinta, dia 22.



– México 0 x 0 Argentina –

Terceira colocada na CONMEBOL Copa América Feminina 2022, a Argentina cedeu a posse de bola ao México desde o início do acirrado confronto.

Os esforços ofensivos do México foram recompensados com um pênalti aos nove minutos, quando Karen Luna foi derrubada na área de Romina Nunez. A capitã Rebeca Bernal cobrou o pênalti, mas o chute foi para fora da trave direita.

A seleção mexicana continuava encurralando as adversárias, principalmente pelo lado esquerdo na entrada da área, onde estava Maria Sánchez, a habilidosa ponta do Houston Dash, dos USA.

Ao México faltou efetividade na finalização, já que a Argentina não conseguia conectar-se com Yamila Rodriguez, sua referência ofensiva, e só chegava à área adversária com bolas longas.

Essa dinâmica continuou no segundo tempo, com o México tendo duas chances claras de gol, com Bernal e Jasmine Casarez.



– Números do jogo –

  • Este é o segundo empate entre México e Argentina, depois do 2 a 2 no Torneio Três Nações de 2005, em 12 partidas disputadas, com nove vitórias mexicanas e uma argentina.

  • Esta é a segunda vez que a Argentina não sofre gols contra o México, depois de uma vitória por 1 a 0 nos Jogos Pan-Americanos de 2007, no Rio de Janeiro.

  • Mariana Larroquette foi a líder da Argentina nesta partida em chutes (2), toques na área adversária (3), passes corretos (20) e duelos disputados (16) no jogo contra o México.

  • Argentina fez 19 cruzamentos na área do México, o maior registro nos últimos cinco jogos disputados, excluindo os Jogos Pan-Americanos e partida da Copa do Mundo de 2023 contra a África do Sul.

  • Sophia Braun fez 12 recuperações de bola, o maior registro de uma jogadora argentina jogando pela sua seleção, excluindo os Jogos Pan-Americanos de 2023.



CONMEBOL.com / AFP

Ultimas Noticias