NOTICIA DESTACADA

Equador quer continuar fazendo história na Copa do Mundo – Qatar 2022
Equador quer continuar fazendo história na Copa do Mundo – Qatar 2022
Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Uruguai e Coreia do Sul, 0-0 na estreia
Uruguai e Coreia do Sul, 0-0 na estreia

As emoções continuam na CONMEBOL Libertadores Futsal Feminina

  • A terceira jornada da CONMEBOL Libertadores Futsal Feminina 2022 foi completada nesta segunda-feira.
  • Todos os jogos são disputados no Polideportivo de Quillacollo, cidade a uns 15 quilômetros ao oeste de Cochabamba e que está situada a 2.425 metros de altura.
  • O Sport Colonial (7 pontos) e Taboão Magnus (6) dominam os Grupos A e B, respectivamente.

A CONMEBOL Libertadores Futsal Feminina 2022 começou no último sábado na cidade boliviana Quillacollo, na região de Cochabamba e nesta segunda-feira foi finalizada a terceira jornada do certame.

Onde ver?

Grupo B

No início da 3ª jornada da Fase de Grupos, em Cochabamba (Bolívia), Taboão Magnus do Brasil venceu o Santo Domingo do Equador por 8-4. Desta forma, alcançou o topo do Grupo B, com 6 unidades e uma importante diferença de gol (+10).

Por outro lado, o Fundación Juventas (Colômbia) fez um grande jogo contra o Marte Club (Peru), com uma goleada de 7-0 e conseguiu o primeiro triunfo, no Complejo Polideportivo Quillacollo em Cochabamba, Bolívia, para seguir de perto os líderes do Grupo B.

Grupo A

Em uma disputada partida no Grupo A, o Sport Colonial (Paraguai) ganhou do San Lorenzo (Argentina) por 2-1 e chegou a 7 unidades. O time paraguaio ficou a um passo da classificação para as semifinais da CONMEBOL Libertadores Futsal Feminina.

O último jogo da jornada teve uma grande quantidade de público no Polideportivo Quillacollo para ver uma goleada histórica: Always Ready (Bolívia) 11-0 sobre o Deportivo Valdivia (Chile). Perante seu público, a equipe anfitriã vivenciou uma noite de celebrações.

– Tabela Geral –

Nas edições anteriores, os brasileiros Unochapecó, Barateiro, Leões Da Serra e Cianorte ergueram o troféu, os dois primeiros em duas ocasiões cada um, portanto nesta edição parte da atenção estará enfocada em saber se o Taboão Magnus manterá a hegemonia do seu país.

Agora está sendo disputada a sétima versão do torneio, após a última há três anos atrás, que terminou com Ciamonte como campeão que traçou a marca de 6 títulos consecutivos para o Brasil.

Enquanto as equipes do Paraguai, duas vezes, e Argentina, Chile, Venezuela e Colômbia, uma vez conseguiram conquistar o vice-campeonato do certame que começou a ser disputado em 2013.

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias