NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Atlético Tucumán elimina The Strongest nos pênaltis

000_1oy5cu

O Atlético Tucumán argentino, que na ida na Bolívia caiu por 2 a 0, venceu nesta quarta-feira como local, pelo mesmo resultado e se classificou para a terceira fase da CONMEBOL Libertadores 2020 nos pênaltis, graças ao goleiro Cristian Lucchetti, que defendeu dois.

Na próxima instância, o Decano enfrentará o Independiente Medellín colombiano.

Os locais entraram decididos a procurar rapidamente o gol que lhes permitisse sonhar com a classificação.

Aos 22 minutos, o zagueiro Marcelo Ortiz marcou o 1-0 após um chute de escanteio da direita do ataque. E aos 57 minutos, Lucas Melano, uma das figuras da partida, transbordou e enviou um centro da direita do ataque que Leonardo Heredia converteu em gol com um poderoso cabeçaço na segunda trave.

O Atlético Tucumán venceu por 6-5 nas cobranças de pênalti.

-Estatísticas-

  • Atlético Tucumán venceu o The Strongest 2-0 e cortou uma racha de quatro jogos sem marcar na CONMEBOL Libertadores (4D).
  • The Strongest perdeu 0-2 para o Atlético Tucumán e alcançou 10 jogos sem vencer como visitante na CONMEBOL Libertadores (3E 7D), sem marcar em sete desses jogos.
  • The Strongest perdeu todos os jogos como visitante na Argentina pela CONMEBOL Libertadores (13D).
  • Atlético Tucumán venceu sua primeira rodada de pênaltis na CONMEBOL Libertadores; os argentinos venceram as duas rodadas contra equipes da Bolívia no certame (Newell’s eliminou Bolívar em 1988).
  • Guillermo Acosta se tornou o primeiro jogador do Atlético Tucumán a disputar mais de 20 partidas na CONMEBOL Libertadores (21).

 

 

 

EFE/AFP/OPTA/CONMEBOL.com

Ultimas Noticias