NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Brasil inicia treinos para jogo contra Bolívia

Com Neymar mas ainda incompleta a seleção brasileira começou, nesta segunda, os seus treinos para os jogos contra Bolívia e Chile, com os quais fechará o pré-mundial sul-americano, onde já está classificada ocupando o primeiro lugar.

Diante do exigente encontro em 3.600 metros de altura de La Paz, Tite decidiu convocar seus jogadores no centro da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) em Teresópolis, no Rio de Janeiro.

“O objetivo é ganhar os dois últimos jogos, somar o maior número de pontos possível e dar um passo importante na preparação para a Rússia”, disse o meio-campista do Manchester City, Fernandinho.

A CBF usou pela primeira vez vários helicópteros para deslocar os jogadores para evitar que eles acumulem fadiga adicional, informou a imprensa local.

Em um deles pousou a grande estrela da Seleção e do Paris Saint Germain, Neymar, que já estava no Brasil.

O atacante, que no sábado fez dois gols para a vitória do seu time contra Girondins de Burdeos, participou na tarde da primeira prática com os outros 15 convocados presentes, entre eles Thiago Silva, Dani Alves e Marquinhos, seus companheiros do clube francês.

Entre a noite de segunda e terça-feira se espera a chegada dos outros membros do grupo que viajará quarta-feira para a Bolívia.

Lá, a poderosa seleção do Tite enfrentará a equipe andina. Depois irá para São Paulo, onde jogará contra o Chile na terça-feira para fechar este Pré-mundial.

Com nove vitórias e um empate em suas partidas oficiais, o Brasil é o primeiro nas eliminatórias com 37 pontos, dez mais do que o segundo, o Uruguai.

 

 

AFP

Ultimas Noticias