Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Vai começar a CONMEBOL Libertadores de Futsal 2024 na capital argentina
Vai começar a CONMEBOL Libertadores de Futsal 2024 na capital argentina
Suspense no encerramento da 5ª rodada
Suspense no encerramento da 5ª rodada
10 times clasificados após penúltima rodada
10 times clasificados após penúltima rodada
Museo Conmebol
Cree en Grande

Brasil mantém a ponta no Grupo B



  • A Verde-Amarela derrotou a Bolívia por 2 a 0 na segunda rodada da fase de grupos da CONMEBOL Sub-20 Feminina.

  • A Colômbia fez sua estreia no Grupo B e venceu a seleção chilena por 2 a 0.


A seleção brasileira conquistou sua segunda vitória consecutiva na CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024 e lidera o Grupo B com seis pontos. Na outra partida da rodada, a Colômbia estreou no torneio com uma vitória.

A CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024, que está sendo disputada no Estádio Modelo Alberto Spencer, na cidade de Guayaquil – Equador, concede quatro ingressos para a Copa do Mundo da categoria que será disputada entre 31 de agosto e 22 de setembro na Colômbia.

Os jogos desta segunda-feira da terceira rodada do Grupo A, liderado pelo Paraguai com seis pontos, colocarão a Albirroja contra o Peru, que tem quatro pontos, e o Uruguai contra a Argentina. Equador terá jornada livre.



– Chile 0 x 2 Colômbia –

A Colômbia fez sua estreia e venceu o Chile por 2 a 0 na segunda rodada da CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024, enquanto a ‘Roja’ já acumula sua segunda derrota no torneio.

A meio-campista colombiana Gabriela Rodriguez abriu o placar depois de deixar várias adversárias para trás, finalizando e marcando aos 17 minutos. O segundo gol das ‘cafeteiras’ foi um gol contra de Bernardita Hernández aos 20′, quando ela tentou evitar que Rodríguez marcasse seu segundo gol.

Na próxima rodada, a Colômbia enfrentará a Venezuela e o Chile jogará contra a Bolívia.



– Números do Jogo –

  • A Colômbia venceu o Chile pela quinta vez em seis jogos na CONMEBOL Sub-20 Feminina (1E). Esta é a primeira vitória por mais de um gol de diferença.

  • A seleção ‘cafeteira’ venceu cinco das suas últimas seis partidas na CONMEBOL Sub-20 Feminina (1D), o mesmo número de vitórias das suas 11 partidas anteriores no torneio (5V 3E 3D).

  • A Colômbia é a primeira equipe da CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024 a vencer uma partida depois de receber um cartão vermelho. Gabriela Rodríguez, que abriu o placar, teve que deixar o campo.

  • Natalia Hernández (Colômbia) ganhou cinco faltas contra o Chile, o segundo maior registro até agora na CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024, atrás da boliviana Tatiana Suárez contra a Venezuela (6).

  • Montserrat Hernández foi a líder do Chile nesta partida em termos de intervenções com bola (81), passes no terço final (9, junto com Nicole Carter), recuperações (6) e interceptações (4).



– Bolívia 0 x 2 Brasil –

O Brasil venceu a Bolívia por 2 a 0 na segunda rodada para liderar o Grupo B e reduzir as chances da ‘Verde’ de ir para a Copa do Mundo da Colômbia.

Gisele Silva aos 10′ e Ana Carolina Chaves aos 16′ marcaram os gols do segundo triunfo da Seleção Canarinho, que também derrotou o Chile por 5 a 1 na primeira rodada do torneio.

O Brasil descansará na terceira rodada e na quarta fará seu retorno na próxima quinta-feira contra a Venezuela, que teve descanso neste domingo. A Bolívia enfrentará o Chile na terça-feira, dia 16.



– Números do Jogo –

  • O Brasil registrou nesta partida a maior posse de bola para uma equipe (71,5%) e o terceiro maior número de finalizações totais (26) em uma única partida na atual edição da CONMEBOL Sub-20 Feminina.

  • Esta é a sétima vitória do Brasil sobre a Bolívia em um mesmo número de jogos na CONMEBOL Sub-20 Feminina. No entanto, foi a partida com menor diferença de gols, superando a vitória por 3 a 0 em 2014.

  • O Brasil sofreu apenas um gol nas últimas 13 partidas da CONMEBOL Sub-20 Feminina, na vitória por 5 a 1 sobre o Chile na estreia da atual edição, mantendo o arco intacto nos 12 jogos restantes (12V).

  • Giovana Canali (Brasil) acumulou contra a Bolívia o segundo maior número de finalizações (8) e toques na área adversária (12) em uma partida da CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024, atrás apenas de Kishi Nuñez (Argentina) contra o Peru (12 e 14, respectivamente).

  • Mariana Ayala, da Bolívia, defendeu oito vezes com desvios contra o Brasil. Somente Naomi de León (Paraguai), contra o Equador, afastou mais bolas em uma única partida da CONMEBOL Sub-20 Feminina 2024 até o momento (9).


– Próxima Rodada –



CONMEBOL.com / EFE / OPTA

ÚLTIMAS NOTICIAS