Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

[smartslider3 slider="7"]
Museo Conmebol
Cree en Grande
Pesquisar
Close this search box.

Brasil prossegue seu trajeto na defesa do título


  • Os atuais campeões venceram o Equador por 3 a 1 em um dos duelos sul-americanos das oitavas de final.

  • Nas quartas de final, jogará contra o vencedor da partida entre Argentina e Venezuela.


Os dois gols de Estêvão e um de Luighi, fizeram o Brasil vencer o Equador nesta segunda-feira para avançar às quartas de final da Copa do Mundo Sub-17 da Indonésia 2023 e manter vivo o sonho de conquistar seu segundo título consecutivo e sua quinta estrela na categoria.



Em um confronto equilibrado nas oitavas, o Brasil começou um pouco distraído e teve dificuldades para encontrar seu ritmo, enquanto os equatorianos optaram por uma rápida troca de passes na tentativa de romper as linhas defensivas, com chances mais claras de gol nos primeiros minutos.

Depois de alguns sustos, a Seleção Canarinho começou a reagir e Dudu quase abriu o placar. A persistência foi recompensada quando Estêvão, uma das grandes estrelas dessa Copa do Mundo, marcou um gol maravilhoso com um chute cruzado aos 14 minutos de jogo.

O Equador continuou determinado a buscar o gol e Elkin Ruiz chegou muito perto de empatar após um erro na saída de bola do Brasil. O empate finalmente veio pouco antes do intervalo, depois do capitão Bermúdez ter convertido o primeiro gol do Equador em meio a uma enxurrada de chutes.

No segundo tempo, o cansaço se instalou nas duas equipes, impulsionado pelo calor escaldante que atingiu a tarde na cidade de Surakarta, e o ritmo do confronto entre os campeões e vice-campeões da CONMEBOL Sub-17 diminuiu consideravelmente.

Um Brasil desconectado voltou a dormir e cometeu uma série de erros, que o Equador, por sua vez, não conseguiu aproveitar, embora logo tenha tentado multiplicar as chegadas à área adversária.

Os brasileiros conseguiram ampliar a vantagem mais uma vez com Estêvão, com um tiro livre direto aos 71 minutos, que teve um pouco de sorte, pois a bola rebotou na defesa equatoriana.

Luighi, que entrou no lugar de Kauã Elias, selou a vitória dos brasileiros com um gol letal a um minuto do fim.



O Brasil enfrentará o vencedor do confronto entre Argentina e Venezuela no Estádio Jalak Harupat, em Bandung, na terça-feira, pelas quartas de final.



– Números do jogo –

  • O Brasil já venceu seis partidas de mata-mata da Copa do Mundo Sub-17, uma sequência que vem mantendo desde a disputa pelo terceiro lugar na edição de 2017: a última derrota da Seleção Canarinho foi na semifinal de 2017 (1-3 x Inglaterra).

  • Estêvão marcou seu segundo e terceiro gols nesta edição da Copa do Mundo Sub-17. No total, esteve diretamente envolvido em seis gols (três assistências), o maior número de um jogador até agora na competição.

  • Michael Bermudez tornou-se o primeiro jogador equatoriano a marcar três gols na mesma edição da Copa do Mundo Sub-17 desde 2013.

  • Estêvão (Brasil) completou todos os cinco dribles contra o Equador, tornando-se o terceiro jogador a tentar pelo menos cinco dribles e obter 100% de sucesso na Copa do Mundo Sub-17 de 2023, depois do companheiro de equipe Rayan contra o Irã (5/5) e Sékou Koné, de Mali, contra o Canadá (5/5).

  • Kauã Elias esteve diretamente envolvido nos gols das três últimas partidas do Brasil na Copa do Mundo Sub-17: no total, teve influência em cinco gols, marcando quatro e dando uma assistência.



CONMEBOL.com / EFE / OPTA

Ultimas Noticias