NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Brasil sagra-se campeão invicto da CONMEBOL Sub 17 Feminina

  • Vencedor de 7 partidas, 33 gols a favor e o arco intacto, Brasil grita campeão!
  • Chile ganhou do Paraguai e ficou com o último boleto para a Copa do Mundo.

A seleção do Brasil coroou-se campeã da CONMEBOL Sub 17 Feminina, após ganhar da Colômbia por 1-0 neste sábado, na última jornada da Fase Final, disputada em Montevidéu, onde no primeiro turno, Chile selou seu boleto para o Mundial, ao vencer do Paraguai por 2-0.

Desta forma, Brasil, Colômbia e Chile representarão a CONMEBOL na Copa do Mundo FIFA Sub 17, que será disputada neste ano na Índia, entre 11 e 30 de outubro.

A atacante Rhaíssa anotou, aos 76 minutos, o gol que deu os três pontos para a equipe dirigida por Simone Jatobá, que três dias atrás já tinha certificado sua presença no Mundial da categoria.

Com a vitória brilhante, o Brasil encerra com broche de ouro um certame onde ganhou as 7 partidas que disputou, marcou 33 gols e não sofreu nenhum. Além disso, a atacante Jhonson foi a máxima artilheira do torneio com 9 anotações.



Com o troféu erguido no estádio Charrúa de Montevidéu, Brasil chegou ao seu quarto título sul-americano da categoria, e soma dois a mais que os da Colômbia e três a mais que os conquistados pela Venezuela.

Um pouco antes deste jogo, a seleção do Chile ganhou do Paraguai por 2-0 e também classificou para a Copa do Mundo Feminina Sub 17.

Quando o relógio marcava 84 minutos e ‘La Roja’ estava ficando para fora com o empate parcial, Maite Tapia quebrou a resistência da goleira Araceli Leguizamón e decretou o primeiro gol do encontro.

Oito minutos depois, Katerine Cubillos, que tinha começado o jogo ocupando um lugar no banco de reservas, aproveitou uma boa jogada de Constanza Oliver para marcar o 2-0 a favor da conjunte dirigida por Alex Castro e classificar ao mundial.

Desta forma, Chile retornará a uma instância deste tipo após 12 anos. Naquela oportunidade, a ‘La Roja’ classificou para a copa organizada por Trinidad y Tobago após terminar no segundo lugar do torneio juvenil.


EFE/CONMEBOL.com

Ultimas Noticias