NOTICIA DESTACADA

Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Cascavel conquista seu primeiro título na CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
Independiente del Valle sagra-se bicampeão da CONMEBOL Sudamericana
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história
A 50 dias do Mundial: Equador quer fazer história

Campeões continentais protagonizam a acirrada Fase de Grupos da Sudamericana

  • Um novo sonho começa nesta terça-feira na busca da Grande Conquista.
  • Campeões continentais como os brasileiros Santos, Inter e São Paulo e os argentinos Independiente e Defensa y Justicia protagonizam a competitiva Fase de Grupos.

A CONMEBOL Sudamericana 2022 dá início a sua Fase de Grupos com grandes equipes como protagonistas do certame.

Uma delas, que ganhou prestígio continental graças à CONMEBOL Sudamericana, é o Defensa y Justicia, campeão do torneio em 2020 e da CONMEBOL Recopa 2021, que nesta quarta-feira inicia um novo capítulo contra Antofagasta.

Independiente, líder do palmarés da Libertadores (7 títulos) e co-líder da Sudamericana (2), visitam o Ceará em Fortaleza (nordeste do Brasil) nesta terça, quando inicia sua busca para recuperar seu brilho internacional.

Outro gigante é o São Paulo, que ganhou a Libertadores em 2005, começará sua viagem na quinta-feira na altura de Cusco (3.400 metros acima do nível do mar) contra o peruano Ayacucho.

O tricampeão da Libertadores Santos quer voltar ao esplendor de seus anos dourados.

Nesta terça-feira de abertura da fase de grupos, um adversário incômodo como o Banfield, que está no meio da tabela do campeonato argentino e está indo para sua segunda experiência na Sudamericana.

— Jogos da primeira jornada da Fase de Grupos

Grupo A

  • Quinta-feira, em Guayaquil: Barcelona (EQU) – Wanderers (URU)

Estádio: Isidro Romero Carbo

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Mario Díaz de VIvar (PAR)

Antecedentes:

  • Barcelona jogou 22 partidas contra adversários uruguaios nas competições da CONMEBOL (7V 6E 8D), permanecendo invicto nas últimas cinco contra clubes charruas (3V 2E).
  • Após vencer seis de suas primeiras oito partidas da CONMEBOL Sudamericana (2D), o Barcelona ganhou quatro nos seus 18 encontros no torneio (7E 7D).
  • Barcelona perdeu apenas um de seus últimos nove jogos em casa em competições CONMEBOL (5V 3E), mantendo seu arco intacto em cinco desses encontros.
  • Montevideo Wanderers perdeu apenas um de seus oito jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana (3V 4E). Essa queda foi em 2019 frente ao Corinthians, 0-2.
  • Os times equatorianos só perderam duas vezes quando visitados por equipes uruguaias na CONMEBOL Sudamericana (3V 3E): ambas foram 0-1 (Peñarol para Barcelona em 2010 e Nacional para LDU Loja em 2012).
  • Quinta-feira, em Caracas: Metroplitanos (VEN) x Lanús (ARG)

Estádio: Olímpico (UCV)

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Flavio Souza (BRA)

Antecedentes:

  • Lanus jogou contra clubes venezuelanos oito vezes em competições CONMEBOL (4V 3E 1D), mas esta é a primeira vez que enfrenta o Metropolitanos.
  • Metropolitanos venceu seus dois últimos jogos na CONMEBOL Sudamericana e, se ganhar, seria a mais longa racha de vitórias consecutivas da história do clube na competição. No momento, a atual iguala a duas outras vitórias em 2021 contra Academia Puerto Cabello (2-0, 1-0).
  • Lanus ganhou quatro de seus últimos cinco jogos fora de casa na CONMEBOL Sudamericana (1D) depois de passar 10 jogos sem ganhar (3E 7D).
  • Lanus marcou em seus últimos sete jogos fora de casa na CONMEBOL Sudamericana (4V 3E), seu maior tempo na competição.
  • Depois que equipes venezuelanas conseguiram quatro vitórias em casa contra clubes argentinos em competições CONMEBOL entre 2018 e 2019, agora passaram quatro jogos sem vencer ao receber equipes da Argentina (2E 2D).

Grupo B

  • Quinta-feira, em Cuiabá: Cuiabá (BRA) x Melgar (PER)

Estádio: Arena Pantanal

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Ivo Méndez (BOL)

Antecedentes:

  • Cuiabá jogará pela primeira vez em competições CONMEBOL contra um adversário não brasileiro, sendo que suas duas únicas partidas foram contra o Chapecoense (1V 1D).
  • Melgar acumula quatro vitórias como visitante em competições CONMEBOL em seus últimos nove jogos (1E 4D), duas vezes mais que em seus 20 jogos anteriores fora de casa (2V 2E 16D).
  • Melgar procurará cortar uma série de seis jogos sofrendo gols em competições CONMEBOL (2V 1E 3D), sua sequência mais longa após uma série de 14 jogos com o arco intacto entre 1982 e 2018 (1E 13D).
  • Quinta-feira, em Montevidéu: River Plate (URU) x Racing (ARG)

Estádio: Centenário

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

Antecedentes:

  • Racing nunca jogou contra equipes uruguaias pela CONMEBOL Sudamericana e leva cinco visitas a times uruguaios sem conhecer derrota nas competições CONMEBOL (2V 3E).
  • River Plate do Uruguai perdeu apenas uma de suas últimas oito partidas da CONMEBOL (6V 1E), após vencer apenas uma de suas 14 partidas anteriores (8E 5D).
  • River Plate do Uruguai leva três partidas invicto na CONMEBOL Sudamericana (3V), igualando sua melhor racha na competição entre 2013 e 2014 (2V 1E).
  • Racing tentará cortar uma racha de seis partidas sem vitórias na CONMEBOL Sudamericana (5E 1D). Sua última vitória foi contra o Independiente Medellín fora de casa na edição de 2017 (3-2).
  • As equipes uruguaias venceram apenas uma das últimas oito vezes que receberam equipes argentinas nas competições CONMEBOL (4E 3D), mas essa vitória veio no encontro mais recente: 2-0 para o Nacional contra o Argentinos Juniors na Libertadores de 2021.

Grupo C

  • Terça-feira, em Quito: Universidad Católica (EQU) x Unión La Calera (CHI)

Estádio: Olimpico Atahualpa.

Hora: 17:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Juan López (PAR)

Antecedentes:

  • Universidad Catolica do Equador leva três vitórias consecutivas como local na CONMEBOL Sudamericana e, se evitar a derrota novamente, será sua maior racha invicta em casa na competição, superando também as três partidas entre 2014 e 2015 (1V 2E).
  • Universidad Católica do Equador só enfrentou times chilenos apenas quatro vezes na CONMEBOL Sudamericana, com duas vitórias e duas derrotas em seu histórico.
  • Unión La Calera buscará sua primeira vitória fora de casa na CONMEBOL Sudamericana após seis partidas disputadas, onde teve quatro empates e duas derrotas.
  • Unión La Calera jogou apenas duas partidas contra rivais equatorianos nas competições CONMEBOL, ambas contra o LDU Quito na Libertadores 2021 (1E 1D).
  • Santiago García (Unión La Calera) foi o jogador que mais interceptou na fase prévia da CONMEBOL Sudamericana, com nove (empatado com Kevin Becerra do 9 de Octubre e Joel Cáceres do Hermanos Colmenárez).
  • Terça-feira, em Buenos Aires: Banfield (ARG) x Santos (BRA)

Estádio: Florencio Solá

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Derlis López (PAR)

Antecedentes:

  • Santos perdeu apenas uma de suas últimas 11 partidas contra adversários argentinos em competições CONMEBOL (6V 4E 1D), mantendo o arco zerado em cinco dessas partidas.
  • Banfield jogou quatro partidas contra times brasileiros nas competições CONMEBOL: uma vitória, um empate e duas derrotas nesses confrontos.
  • Santos tentará cortar uma racha de cinco jogos sem ganhar como visitante nas competições CONMEBOL (1E 4D). Sua última vitória foi na Libertadores 2021 contra o San Lorenzo 3-1.
  • Banfield perdeu apenas dois de seus nove jogos em casa na CONMEBOL Sudamericana (4V 3E), mas uma dessas derrotas veio em seu último encontro em casa: 0-2 contra o Defensa y Justicia em 2018.
  • Banfield buscará cortar uma racha de dois jogos sem marcar nas competições CONMEBOL (1E 1D), sendo esta a mais longa racha junto com outra em 2018, contando Libertadores e Sudamericana (2D).

Grupo D

  • Terça-feira, em Viña del Mar: Everton (CHI) x Jorge Wilstermann (BOL)

Estádio: Sausalito

Hora: 20:30 horário local – 22:30 GMT

Árbitro: Yael Falcón (ARG)

Antecedentes:

  • Jorge Wilstermann venceu suas duas últimas partidas contra rivais chilenos (Colo-Colo na Libertadores 2020) e não sofreu gols nesses dois confrontos (2-0 e 1-0).
  • Esta será a primeira vez que Everton enfrentará um time boliviano em competições CONMEBOL na história.
  • Everton acumula três derrotas em competições CONMEBOL e vai tentar quebrar sua maior série sem vitórias, igualada com a racha de três jogos de 1977 na Libertadores (2D 1E).
  • Jorge Wilstermann tentará cortar uma série de quatro partidas sem ganhar em competições CONMEBOL (1E 3D). A última vitória do Aviador fora de casa veio contra o Atlético Palmaflor na Sudamericana 2021 (2-1).
  • Everton disputou a fase preliminar da CONMEBOL Libertadores 2022, onde Juan Cuevas teve uma média de 1,7 chutes a gol por jogo, atrás apenas de Germán Cano (1,8) do Fluminense e Chico (2,0) do Bolívar.

  • Quinta-feira, em Cusco: Ayacuhco (PER) x São Paulo (BRA)

Estádio: Garcilaso

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Augusto Aragón (EQU)

Antecedentes:

  • São Paulo só perdeu uma vez contra equipes peruanas em competições CONMEBOL nas 18 partidas que disputou (13V 4E 1D), porém essa derrota foi jogando como visitante (1-2 x Binacional, em 2020).
  • Ayacucho conseguiu sua única vitória em competições CONMEBOL jogando como local: 2-0 x Sport Boys na edição atual da Sudamericana (10 PJ – 8D 1E).
  • Após não poder anotar gols nos primeiros 6 jogos que disputou nas competições CONMEBOL, Ayacucho está em uma racha de 4 partidas consecutivas marcando, sua racha mais longa na história.
  • São Paulo só perdeu 1 dos últimos 4 jogos que disputou como visitante na CONMEBOL Sudamericana (1V 2E), porém essa derrota foi em seu último encontro contra o Lanús, por 2-3.
  • As equipes peruanas recebendo times brasileiros na CONMEBOL Sudamericana só perderam uma vez nas 8 partidas que disputaram (5V 2E), sendo essa derrota na última visita brasileira: 0-3 do Sport Huancayo x Corinthians na edição 2021.

Grupo E

  • Quarta-feira, em Manta: 9 de Octubre (EQU) x Internacional (BRA)

Estádio: Jocay

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Andrés Merlos (ARG)

Antecedentes:

  • O 9 de Octubre enfrentará pela primeira vez um rival brasileiro em sua história em competições CONMEBOL.
  • Internacional está invicto em suas últimas 8 partidas contra rivais equatorianos em competições CONMEBOL (4V 4E). A última derrota foi contra a LDU Quito na Recopa 2009 (0-3).
  • O 9 de Octubre venceu 3 de seus últimos 5 jogos em competições CONMEBOL (1E 1D), após ganhar só 1 dos 17 anteriores (2E 14D).
  • Internacional não perdeu seus últimos 2 jogos como visitante em competições CONMEBOL, sem sofrer gols. A última vez que conseguiu se manter invicto fora de casa sem sofrer gols foi na Libertadores 2020, quando empatou quatro jogos 0-0 consecutivamente.
  • Após 6 partidas invicto como local contra equipes brasileiras em competições CONMEBOL entre 2019 e 2020 (4V 2E), os times equatorianos só conseguiram 4 vitórias em casa nos últimos 16 enfrentamentos contra rivais do Brasil (2E 10D).
  • Quinta-feira, em Assunção: Guaireña (PAR) x Independiente Medellín (COL)

Estádio: Defensores del Chaco

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Augusto Menendez (PER)

Antecedentes:

  • Guaireña enfrentará seu primeiro jogo da CONMEBOL Sudamericana contra uma equipe que não é de seu próprio país. Até agora disputou 4 encontros, todos contra clubes paraguaios (1V 1E 2D).
  • Independiente Medellín só ganhou 1 dos últimos 6 jogos que disputou como visitante no Paraguai em competições CONMEBOL (1E 4D), porém esse triunfo foi em sua última visita: 4-2 x Libertad na Libertadores 2020.
  • Independiente Medellín buscará seu segundo jogo sem perder como visitante na CONMEBOL Sudamericana: disputou 8 partidas na competição fora de casa, com 7 derrotas e 1 vitória (1-0 x Universidad Católica do Equador em 2016).
  • Após um invicto de 16 partidas contra equipes colombianas como locais na CONMEBOL Sudamericana (8V 8E) os clubes do Paraguai perderam as últimas 3 contra esses rivais em casa.
  • As equipes paraguaias não empatam como locais na CONMEBOL Sudamericana (com exceção de enfrentamentos contra equipes do mesmo país) desde abril de 2021, quando River de Assunção empatou 0-0 com Corinthians. Daí em diante, disputaram 10 partidas com 5 vitórias e 5 derrotas.

Grupo F

  • Terça-feira, em Goiânia: Atlético Goianiense (BRA) x Liga de Quito (EQU)

Estádio: Antonio Accioly

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

Antecedentes:

  • Ceará nunca perdeu como local em competições CONMEBOL (3V 2E) e só sofreu 3 gols nesse lapso, mantendo a barreira invicta em seus últimos 2 jogos.
  • Ceará enfrentou só uma equipe argentina em competições CONMEBOL: Arsenal de Sarandí na Sudamericana 2021. Duelaram em duas ocasiões na Fase de Grupos e ambos os jogos terminaram 0-0.
  • Independiente buscará cortar uma racha de 4 partidas sem vitórias contra equipes brasileiras jogando como visitante em competições CONMEBOL (2E 2D). O último triunfo foi sobre o Corinthians (2-1) na Libertadores 2018.
  • As últimas três vezes que equipes argentinas visitaram o Brasil na CONMEBOL Sudamericana terminaram em derrota, após manter um invicto de 6 partidas nos enfrentamentos anteriores (3V 3E).
  • Entre as equipes que disputaram pelo menos 4 partidas na edição de 2021 da CONMEBOL Sudamericana, Ceará foi uma das equipes que menos gols sofreu (2), junto com Atlético Goianiense.

  • Quarta-feira, em Antofagasta: Antofagasta (CHI) x Defensa y Justicia (ARG)

Estádio: Regional Calvo y Bascuñan

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Nicolás Gallo (COL)

Antecedentes:

  • Até essa partida, Antofagasta não enfrentou equipes argentinas em competições CONMEBOL. Só enfrentou equipes brasileiras e chilenas nos 6 encontros disputados em sua história.
  • Defensa y Justicia disputou duas partidas contra equipes chilenas em competições CONMEBOL, ambos contra Coquimbo Unido e com resultados favoráveis: um empate 0-0 como visitante e uma vitória 4-2 como local.
  • Antofagasta buscará quebrar uma racha de 3 derrotas consecutivas como local em competições CONMEBOL nas três partidas que disputou nesta condição.
  • Defensa y Justicia está em uma racha de 9 jogos invicto na CONMEBOL Sudamericana (6V 3E) que representam a totalidade da campanha 2020 onde terminou campeão do torneio. A última derrota foi em fevereiro de 2019, x Botafogo (0-3).
  • As equipes argentinas acumulam 5 jogos invictas no Chile na CONMEBOL Sudamericana (3V 2E). A última vitória chilena em casa contra equipes da Argentina foi do Temuco, por 1-0 x San Lorenzo em 2018.

Grupo G

  • Terça-feira, em Fortaleza: Ceará (BRA) x Independiente (ARG)

Estádio: Arena Castelão

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Leodán Gónzalez (URU)

Antecedentes:

  • Ceará nunca perdeu como local em competições CONMEBOL (3V 2E) e só sofreu 3 gols nesse lapso, mantendo a barreira invicta em seus últimos 2 jogos.
  • Ceará enfrentou só uma equipe argentina em competições CONMEBOL: Arsenal de Sarandí na Sudamericana 2021. Duelaram em duas ocasiões na Fase de Grupos e ambos os jogos terminaram 0-0.
  • Independiente buscará cortar uma racha de 4 partidas sem vitórias contra equipes brasileiras jogando como visitante em competições CONMEBOL (2E 2D). O último triunfo foi sobre o Corinthians (2-1) na Libertadores 2018.
  • As últimas três vezes que equipes argentinas visitaram o Brasil na CONMEBOL Sudamericana terminaram em derrota, após manter um invicto de 6 partidas nos enfrentamentos anteriores (3V 3E).
  • Entre as equipes que disputaram pelo menos 4 partidas na edição de 2021 da CONMEBOL Sudamericana, Ceará foi uma das equipes que menos gols sofreu (2), junto com Atlético Goianiense.
  • Quarta-feira, em Assunção: General Caballero JLM (PAR) x Deprotivo La Guaira (VEN)

Estádio: Defensores del Chaco

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Roberto Pérez (PER)

Antecedentes:

  • As equipes paraguaias jogando como locais na CONMEBOL Sudamericana nunca perderam contra rivais venezuelanos (5V 4E).
  • General Caballero venceu seus dois jogos disputados até o momento em competições CONMEBOL: 3-0 como visitante e 2-1 como local x Sol de América na fase prévia da CONMEBOL Sudamericana 2022.
  • A última derrota de equipes do Paraguai como locais contra times venezuelanos em competições CONMEBOL foi em 2009, quando Deportivo Táchira ganhou do Guaraní por 2-1 na Libertadores. A partir desse momento disputaram 26 partidas com 18 vitórias locais e 8 empates.
  • Após vencer o Hermanos Colmenárez em seu último jogo, Deportivo La Guaira tentará conseguir vitórias consecutivas em competições CONMEBOL pela primeira vez desde 2016, quando derrotou o Deportes Tolima (1-0) e o Emelec (4-2).
  • Deportivo La Guaira foi a equipe que menos faltas sofreu na primeira fase da CONMEBOL Sudamericana 2022, com 16.

Grupo H

  • Quarta-feira, no Rio de Janeiro: Fluminense (BRA) x Oriente Petrolero (BOL)

Estádio: Maracanã

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: José Argote (VEN)

Antecedentes:

  • Fluminense enfrentará seu segundo rival boliviano em competições CONMEBOL, após enfrentar o Nacional Potosí na Sudamericana de 2018, onde colheu uma vitória e uma derrota.
  • Oriente Petrolero disputou 6 partidas em competições CONMEBOL contra equipes brasileiras, terminando com uma vitória, um empate e quatro derrotas.
  • Fluminense está invicto em suas últimas 4 partidas como local em competições CONMEBOL (3V 1E). A última vez que perdeu em casa foi contra o Junior (1-2) na Libertadores 2021.
  • As equipes brasileiras receberam times bolivianos na Sudamericana em 9 ocasiões, todas terminaram com vitória para os locais, anotando 32 gols (3.5 de média) e 5 partidas com o arco intacto.
  • Fluminense nunca perdeu em seus 9 jogos inaugurais da CONMEBOL Sudamericana, ganhando em 5 oportunidades e empatando em outras 4.

  • Quarta-feira, em Santa Fe: Unión (ARG) x Junior (COL)

Estádio: 15 de Abril

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

Antecedentes:

  • Unión de Santa Fe enfrentou equipes de duas nacionalidades em suas duas participações anteriores em competições CONMEBOL: Equador e Brasil, sendo esta a primeira vez que confrontará rivais colombianos.
  • Unión de Santa Fe só perdeu 1 dos 4 jogos que disputou como local na CONMEBOL Sudamericana (2V 1E). Essa partida foi a única em que sofreu gol (0-1 x Emelec em 2020).
  • Os times argentinos têm um invicto de 7 jogos contra rivais colombianos na CONMEBOL Sudamericana (4V 3E). O último em vencer foi o Atlético Nacional x Huracán (3-0 em 2020).
  • Junior não perdeu seus últimos 3 jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana, mantendo o arco zerado nesse lapso (2V 1E). Se não perder do Unión, igualará sua marca mais longa sem derrotas fora de casa na competição (3V 1E entre 2015 e 2016).
  • Sebastián Viera, goleiro e capitão do Junior, é um dos jogadores com mais partidas disputadas na CONMEBOL Sudamericana entre os participantes de 2022. Disputou 39 partidas (igual que Miguel Paniagua) e chegou a anotar 1 gol.

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias