NOTICIA DESTACADA

Mastercard estende acordo com a CONMEBOL Libertadores até 2026 e inclui a CONMEBOL Libertadores Feminina em seu portfólio de patrocínios na região
Mastercard estende acordo com a CONMEBOL Libertadores até 2026 e inclui a CONMEBOL Libertadores Feminina em seu portfólio de patrocínios na região
CONMEBOL dispõe substancial aumento nos pagamentos de suas competições 2023
CONMEBOL dispõe substancial aumento nos pagamentos de suas competições 2023
Pelé e Maradona: o eterno reencontro dos astros do futebol mundial
Pelé e Maradona: o eterno reencontro dos astros do futebol mundial

Cobresal e Palestino igualam na ida sem gols

seg_26

Cobresal e Palestino empataram 0-0 no jogo de ida disputado 5ª feira à noite em El Salvador (norte), na chave de times chilenos da CONMEBOL Sudamericana-2021 que deixou aberta para a revanche.

Os times chilenos não conseguiram superar-se num jogo em que foi expulso o atacante da equipe local, Oscar Salinas, aos 64 minutos de jogo.

Palestino controlou as ações em grande parte do jogo, mas nem com um jogador a mais, devido a expulsão de Salinas, conseguiu vencer de visita a um Cobresal que manteve a ordem em sua defesa para evitar cair.

A revanche desta chave da Sudamericana entre equipes chilenas está marcada para 8 de abril em Santiago.

-Números do jogo-

  • Oito dos últimos 12 encontros entre equipes chilenas em competições CONMEBOL terminaram em empate.
  • Cobresal ficou na seca de gols em três de seus últimos quatro jogos em competições CONMEBOL (os anteriores na Libertadores 2016), porém se mantém invicto ante equipes do Chile em competições internacionais (1V 2E).
  • Palestino ficou sem anotar na maioria de seus duelos ante equipes do Chile em competições CONMEBOL (4 de 7), e ganhou apenas só destes encontros: ante O’Higgins, em 1979 (3E 3D).
  • O primeiro chute a gol do Palestino ante Cobresal chegou recém no minuto 44 de jogo (César Cortés); foi o único disparo do Tino-Tino no primeiro tempo (na segunda parte teve 10 disparos).
  • César Cortés, do Palestino, completou mais do triplo de passes (97) que qualquer jogador do Cobresal (máximo: Francisco Ayala, 31).

 

 

 

 

 

AFP / OPTA

Foto: @ClubDepCobresal

Últimas Noticias