NOTICIA DESTACADA

O 11 ideal Sul-Americano da fase de grupos do Mundial 2022
O 11 ideal Sul-Americano da fase de grupos do Mundial 2022
Brasil garante a liderança do Grupo G
Brasil garante a liderança do Grupo G
Argentina e a missão de continuar com o sonho mundialista
Argentina e a missão de continuar com o sonho mundialista

Colômbia revive nas Eliminatórias

  • A jóia Díaz brilhou para quebrar a seca goleadora a equipe ‘cafeteira’.
  • Colômbia mantém sua chance de conquistar o boleto de repescagem.

Colômbia, liderada por Luis Diaz, terminou uma seca de sete partidas sem gols (685 minutos) com uma vitória de 3-0 sobre a Bolívia em Barranquilla, na quinta-feira, pelas Eliminatórias Sul-Americanas, e apertou a briga pela repescagem para chegar ao Qatar 2022.

Diante de um adversário com pouco peso no ataque, os ‘cafeteros’ dominaram a ação e deram protagonistmo ao seu novo craque, que abriu o caminho para a vitória no final do primeiro tempo (39′) no estádio Metropolitano.

No tempo complementar, o lateral do Liverpool continuou a brilhar e armou o segundo com um cruzamento de canhota que Miguel Borja converteu em gol (72′). Já quase no final, Mateus Uribe sentenciou a goleada (90’).

Os colombianos agora têm 20 pontos e estão à frente do Chile (19), que perdeu para o Brasil.

Também pressionaram o Peru (21), que perdeu para o Uruguai e é inquilino transitório do quinto lugar, que lhes dá acesso a uma repescagem contra o quinto colocado das Eliminatórias Asiáticas.

Na próxima terça-feira, no último dia das eliminatórias, a Colômbia enfrentará a Venezuela.

– Números do jogo –

  • Colômbia rompeu a seca mais longa de sua história nas Eliminatórias. Foram sete jogos consecutivos sem gols até o tanto de Luis Fernando Diaz (4E 3D).
  • Colômbia voltou a vencer nas Eliminatórias após sete jogos (4E 3D). A última vez que venceu (3-1 contra o Chile 9/9/2021) também estiveram presentes no placar Luis Díaz e Miguel Borja.
  • É apenas a primeira partida em suas quatro últimas Eliminatórias Sul-Americanas que a Bolívia não conseguiu marcar um gol ao seu favor (1V 3D).
  • Colômbia permitiu apenas um gol contra em seus últimos cinco jogos em casa nas Eliminatórias (1V 3E 1D). É a segunda melhor marca de gols sofridos em seus últimos cinco em casa nas Eliminatórias atuais (empatado com Brasil e Equador, atrás do zero da Argentina).
  • Bolívia, em conjunto realizou 24 entradas totais. É seu segundo máximo nesta estatística nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas, registrando apenas um a menos do que o Equador em outubro de 2021.

AFP / OPTA

Últimas Noticias