NOTICIA DESTACADA

Com o sonho na mira, Argentina busca recuperação no jogo contra o México
Com o sonho na mira, Argentina busca recuperação no jogo contra o México
Valencia aproxima Equador das Oitavas de Final
Valencia aproxima Equador das Oitavas de Final
“Diego imortal”, o grito da CONMEBOL Tree Of Dreams dois anos após sua partida
“Diego imortal”, o grito da CONMEBOL Tree Of Dreams dois anos após sua partida

Começa o percurso rumo à Grande Conquista

  • A vigésima primeira edição da CONMEBOL Sudamericana começa nesta terça-feira.
  • 32 clubes iniciam a competição, com o objetivo de alcançar a fase de grupos.

A CONMEBOL Sudamericana 2022 começa com muitas partidas no calendário da primeira rodada.

A Fase 1, que se estenderá até 17 de março, apresenta duelos de eliminação direta em jogos de ida e volta entre clubes de um mesmo país, sem a presença de times da Argentina e do Brasil.

Nesta primeira fase, 32 clubes entrarão em ação em 16 grupos, incluindo os campeões da CONMEBOL Sudamericana, Cienciano do Peru (2003) e Liga de Quito (2009), e o colombiano Junior de Barranquilla, finalistas em 2018.

A fase de grupos contará com 32 equipes, os 16 classificados da primeira fase, seis da Argentina e seis do Brasil, e os quatro clubes da terceira fase da CONMEBOL Libertadores-2022.

O campeão do torneio, que terminará em 1º de outubro em uma única partida no estádio Mané Garrincha, em Brasília, disputará a CONMEBOL Recopa 2023 contra o campeão da CONMEBOL Libertadores-2022, e conquistará uma vaga na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores-2023.

O torneio ganhou grande destaque no torneio desde o seu início em 2002.

– Partidas a serem disputadas esta semana

– Terça-feira:

1- Em Mérida: Estudiantes de Mérida (VEN) x Metropolitanos (VEN).

Hora: 17:15 hora local – 22:15 GMT

Árbitro: Ivo Méndez (BOL)

– Antecedentes –

  • Metropolitanos e Estudiantes de Mérida nunca se enfrentaram nas competições CONMEBOL. O Metropolitanos ganhou seus dois jogos contra um adversário venezuelano (Academia Puerto Cabello) na primeira rodada da CONMEBOL Sudamericana do ano passado.
  • O Estudiantes de Mérida nunca avançou de fase na CONMEBOL Sudamericana. A equipe foi eliminada na primeira rodada em 2018 e 2019, e na segunda rodada em 2020.
  • Metropolitanos marcaram gols em apenas um de seus quatro jogos fora de casa na CONMEBOL Sudamericana (1V 1E 2D). Foi em seu único jogo fora de casa: uma vitória apertada sobre a Academia Puerto Cabello.
  • Marco Bustillo e Robinson Flores são os únicos dois jogadores que marcaram mais de um gol para o Metropolitanos na CONMEBOL Sudamericana. Ambos marcaram dois gols no torneio para o time venezuelano.
  • Wilson Mena e Alejandro Araque são os únicos jogadores que participaram em todos os seis jogos do Estudiantes de Mérida na história da CONMEBOL Sudamericana. Somente o goleiro ainda está com a equipe venezuelana.

2- Em Santa Cruz: Royal Pari (BOL) x Oriente Petrolero (BOL)

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: José Méndez (PAR)

– Antecedentes –

  • Oriente Petrolero e Royal Pari nunca se encontraram nas competições CONMEBOL. Esta é a primeira vez que Royal Pari enfrentará um time conterrâneo nestas competições.
  • Oriente Petrolero jogou 20 partidas na CONMEBOL Sudamericana (4V 8E 8D). É a segunda equipe boliviana com mais partidas na história do torneio, atrás apenas do Bolívar (48).
  • Royal Pari marcou gols em todas as suas partidas nas competições da CONMEBOL (2V 1E 5D). Em apenas uma delas, o time boliviano não sofreu gol: 1-0 contra Macará na Sudamericana de 2019.
  • Erwin Sánchez dirigirá o Oriente Petrolero pela segunda vez na CONMEBOL Sudamericana. O treinador esteve à frente da equipe em sua última vitória no torneio: 1-0 sobre o Guaraní em julho de 2012.
  • José Chávez é o único jogador do plantel atual do Royal Pari a marcar um gol com o time na CONMEBOL Sudamericana. Foi na vitória de 3-0 sobre Macará em maio de 2019.

3- Em Assunção: Sol de América (PAR) x General Caballero (PAR)

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Augusto Méndez (PER)

– Antecedentes –

  • General Caballero e Sol de América nunca se confrontaram em torneios CONMEBOL. Além disso, o Sol de América nunca jogou contra uma equipe paraguaia na CONMEBOL Sudamericana.
  • General Caballero disputará sua primeira partida nas competições CONMEBOL. É o décimo sexto clube paraguaio a participar na história da CONMEBOL Sudamericana.
  • Sol de América avançou sempre que jogou na primeira rodada da CONMEBOL Sudamericana: um total de cinco participações bem-sucedidas da CONMEBOL Sudamericana.
  • As três últimas partidas do Sol de América na primeira fase da CONMEBOL Sudamericana terminaram com o mesmo resultado: vitória de 1×0 para equipe paraguaia.
  • Nildo Viera é o único jogador do atual plantel do Sol de América a marcar gols para a equipe na história da CONMEBOL Sudamericana. O atacante tem dois gols marcados, um a menos que o artilheiro do Sol de América no torneio, C. Villagra.

4- Em Cusco: Cienciano (PER) x Melgar (PER)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Nicolás Gamboa (CHI)

– Antecedentes –

  • Melgar e Cienciano nunca se encontraram em competições CONMEBOL. Ambos enfrentarão um adversário de sua pátria pela segunda vez na história do torneio, tendo ambos vencido os jogos (Cienciano contra Alianza Lima em 2003 e Melgar contra Carlos Mannucci em 2021).
  • As duas equipes peruanas com mais vitórias na história da CONMEBOL Sudamericana estarão jogando: Cienciano, campeão em 2003, soma dez vitórias e Melgar nove.
  • Cienciano nunca foi eliminado na primeira fase na história da CONMEBOL Sudamericana. Além disso, está invicto em todas as seis de suas três participações anteriores nesta fase (5V 1E).
  • Bernardo Cuesta é o artilheiro do Melgar na CONMEBOL Sudamericana. O atacante tem sete gols marcados para a equipe peruana em 12 jogos disputados no torneio.
  • Além de ser a única equipe peruana que já ganhou a CONMEBOL Sudamericana, Cienciano também é a equipe peruana com a maior pontuação na história do torneio (29).

5- Em Chillán: Ñublense (CHI) x Unión La Calera (CHI)

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Luis Quiroz (EQU)

– Antecedentes –

  • Unión La Calera e Ñublense nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Será a primeira vez para ambas as equipes em enfrentar um rival de seu país nestes torneios.
  • Ñublense disputou só duas partidas em competições CONMEBOL. A equipe chilena venceu em casa (1-0) e perdeu como visitante (0-4) contra o Sport Áncash (Peru) na CONMEBOL Sudamericana 2008.
  • Unión La Calera buscará seu primeiro triunfo como visitante na história da CONMEBOL Sudamericana onde empatou 3 jogos e perdeu os 2 restantes.
  • Unión La Calera sofreu 0.7 gols por jogo na história da CONMEBOL Sudamericana. É a segunda melhor média entre as equipes que disputaram pelo menos 10 jogos no torneio, junto com Atlético Goianiense e Coquimbo Unido, e atrás de Montevideo Wanderers (0.5).
  • Nenhum dos jogadores da equipe atual do Ñublense formou parte da equipe na participação prévia, de 2008, na CONMEBOL Sudamericana.

– Quarta-feira:

6- Em Montevidéu: Liverpool (URU) x River Plate (URU)

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Yender Herrera (VEN)

– Antecedentes –

  • Não somente será o primeiro jogo entre ambas as equipes em competições CONMEBOL, senão também a primeira vez que o River joga contra um rival de seu país na CONMEBOL Sudamericana e a primeira vez que o Liverpool joga contra um conterrâneo em torneios CONMEBOL.
  • Liverpool manteve sua barreira invicta em 7 dos 8 jogos que jogou como loca na CONMEBOL Sudamericana (5V 2E 2D). A equipe uruguaia sofreu só 4 gols nessa condição e foram em partidas que terminaram em derrota: 1-2 x Independiente em 2012 e 1-2 x Sport Huancayo em 2020.
  • River Plate de Montevidéu não perdeu seus últimos três jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana (2V 1E). É sua maior racha invicta fora de casa na história do torneio, junto com outra sequência entre agosto e novembro de 2009 (2V 1E).
  • River Plate foi uma das equipes com mais viradas na edição passada da CONMEBOL Sudamericana: os uruguaios, do mesmo jeito que Aucas (Equador) e Libertad (Paraguai), venceram 2 jogos que começaram perdendo.
  • Hernán Figueredo e Andrés Rodales são os jogadores com mais partidas no Liverpool na história da CONMEBOL Sudamericana. O meio-campista é o único que forma parte da atual equipe uruguaia.

7- Em Ambato: Mushuc Runa (EQU) – Liga de Quito (EQU)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Carlos Betancur (COL)

– Antecedentes –

  • LDU Quito e Mushuc Runa nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Esta é apenas a segunda participação do Mushuc Runa na CONMEBOL Sudamericana e a primeira vez que enfrenta uma equipe de seu país neste torneio.
  • LDU Quito avançou em 9 das 10 vezes que disputou a primeira fase da CONMEBOL Sudamericana. A única vez que foram eliminados foi contra uma equipe equatoriana: El Nacional na edição de 2006.
  • Mushuc Runa participou só uma vez na CONMEBOL Sudamericana: foi em 2019 e a equipe equatoriana foi eliminada sem derrotas, após empatar duas vezes com o Unión Española na primeira fase e perder na fase de pênaltis.
  • LDU é a equipe com mais partidas disputadas (72, junto com o Libertad), mais vitórias (34, junto com o Independiente) e mais gols anotados (109) na história da CONMEBOL Sudamericana.
  • Só duas equipes equatorianas foram campeãs da CONMEBOL Sudamericana: LDU (2009) e Independiente del Valle (2019). Além disso, a LDU é uma das 7 equipes que disputaram mais de uma final do torneio, sendo vice-campeão em 2011.

8- Em Huancayo: Ayacucho (PER) x Sport Boys (PER)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Piero Maza (CHI)

– Antecedentes –

  • Sport Boys e Ayacucho nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Além disso, Sport Boys disputará a CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez em sua história.
  • Sport Boys volta a participar de uma competição CONMEBOL pela primeira vez após mais de 20 anos: o último torneio que disputou foi a CONMEBOL Libertadores de 2001.
  • Ayacucho participou da CONMEBOL Sudamericana nas três edições entre 2012 e 2014: nunca pôde superar a primeira fase na competição.
  • Em 14 partidas na história da CONMEBOL Sudamericana disputadas por equipes peruanas, os times locais venceram em 8 oportunidades e perderam em 4, com 2 empates.
  • Ayacucho é a única equipe que disputou mais de 5 jogos na CONMEBOL Sudamericana e nunca conseguiu anotar um gol (1E 5D).

9- Em Medellín: Independiente Medellín (COL) x América de Cali (COL)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Flavio de Souza (BRA)

– Antecedentes –

  • América de Cali e Independiente Medellín se enfrentaram 4 vezes em competições CONMEBOL. Todas essas partidas foram na CONMEBOL Libertadores. Cada equipe ganhou um jogo em 2005 e empataram os dois enfrentamentos entre eles em 2009.
  • Independiente Medellín nunca estreou com vitória em uma edição da CONMEBOL Sudamericana (1E 3D). A única vez que não perdeu em sua estreia foi contra o Universidad Católica do Equador em 2016 (1-1 em casa).
  • América de Cali enfrentou equipes colombianas em duas das três vezes anteriores que disputou a primeira fase da CONMEBOL Sudamericana. Em 2002 o time foi eliminado pelo Atlético Nacional e em 2008 a equipe avançou para a segunda fase após eliminar o Deportivo Cali.
  • América de Cali teve a segunda menor média de finalizações totais por jogo na edição passada da CONMEBOL Sudamericana. A equipe colombiana teve uma média de 6,5 finalizações por jogo, igual que Guayaquil City e só Nacional teve uma menor média (6).
  • Só dois jogadores da equipe atual do Independiente Medellín disputaram previamente com o clube na CONMEBOL Sudamericana: Andrés Ricaurte (2PJ) e Yulián Gómez (1PJ).

– Quinta-feira:

10- Em Santiago: Unión Española (CHI) x Antofagasta (CHI)

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Marlon Vera (EQU)

– Antecedentes –

  • Antofagasta e Unión Española nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Além disso, será o primeiro jogo do Unión Española contra um conterrâneo na CONMEBOL Sudamericana.
  • Unión Española perdeu só 1 de seus 6 jogos na CONMEBOL Sudamericana na primeira fase (1V 4E 1D). A derrota (em 2018 x Sport Huancayo) foi a única vez que a equipe não conseguiu passar desta rodada.
  • Antofagasta disputou só 4 partidas em competições CONMEBOL em sua história (1E 3D). A equipe chilena tentará superar a primeira fase da CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez, após duas eliminações na fase inicial (2019 e 2021).
  • Só 2 jogadores foram titulares nos 4 jogos do Antofagasta na história da CONMEBOL Sudamericana: J. Flores e F. Hurtado. O atacante continua na equipe chilena e tem a oportunidade de ficar no topo do ranking de jogadores com mais partidas com a equipe no torneio.
  • Luis Alberto Pavez é um dos três jogadores que disputou as 6 partidas do Unión Española na história da CONMEBOL Sudamericana (M. Dávila e D. Sánchez as outras 2). O defesa é o único que continua na equipe atual e tem a oportunidade de ser o único líder do ranking.

11- Em Assunção: Nacional (PAR) x Guaireña (PAR)

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

– Antecedentes –

  • Guaireña e Nacional do Paraguai se enfrentaram em competições CONMEBOL. Ambos foram eliminados contra rivais de seu país na primeira fase da edição passada da CONMEBOL Sudamericana.
  • Guaireña disputou só 2 jogos na história da CONMEBOL Sudamericana (2D): foi na edição passada do torneio contra o River Plate de Assunção, com gols de ambas as equipes em ambos os encontros.
  • As quatro partidas do Nacional do Paraguai contra times paraguaios na CONMEBOL Sudamericana terminaram empatadas. Em 2017 a equipe avançou contra o Olímpia pelo critério de gol fora de casa e em 2021 foi eliminado na fase de pênaltis contra o 12 de Octubre.
  • Guaireña foi a equipe com a maior média de gols sofridos na edição passada da CONMEBOL Sudamericana (3 por jogo, junto com Nacional Potosí e Cerro Largo). No total sofreu 6 gols em 2 jogos.
  • Nacional do Paraguai foi a única equipe que não sofreu nem anotou gols na edição passada da CONMEBOL Sudamericana (2E).

12- Em Barinas: Hermanos Colmenarez (VEN) x Deportivo La Guaira (VEN)

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Dilio Rodriguez (BOL)

– Antecedentes –

  • Deportivo La Guaira e Hermanos Colmenárez nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL.
  • Hermanos Colmenárez terá sua estreia na CONMEBOL Sudamericana x Deportivo La Guaira: Será a 22ª equipe venezuelana em participar do torneio.
  • Deportivo La Guaira superou a primeira fase em suas últimas duas participações na CONMEBOL Sudamericana (2015 e 2016). Em ambas as séries eliminatórias, a equipe empatou na partida disputada como visitante.
  • Arles Flores é o único jogador da equipe atual do Deportivo La Guaira que anotou 1 gol para o time na CONMEBOL Sudamericana: foi na vitória de 4-2 contra o Emelec em agosto de 2016.
  • Em 14 partidas disputadas entre times venezuelanos na história da CONMEBOL Sudamericana, foram mais as vitória visitantes (7) que as locais (6) e houve só 1 empate.

13- Em Cochabamba: Jorge Wilstermann (BOL) x Guabirá (BOL)

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Derlis López (PAR)

– Antecedentes –

  • Guabirá e Jorge Wilstermann nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. As duas equipes venceram suas duas partidas contra times conterrâneos na primeira fase da CONMEBOL Sudamericana na temporada passada.
  • Jorge Wilstermann não perdeu seus últimos 9 jogos contra equipes bolivianas em competições CONMEBOL (4V 5E). É sua maior racha invicta contra equipes conterrâneas na história destes torneios.
  • Guabirá venceu só 1 de seus 6 jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana (1V 5D). Foi em sua única visita a uma equipe boliviana na história do torneio: 2-1 x Nacional Potosí na edição passada.
  • Guabirá foi a segunda equipe com maior média de gols sofridos na CONMEBOL Sudamericana 2021 entre os times que disputaram mais de dois jogos (2.5, só atrás de Aragua com 2,6). No total, a equipe boliviana sofreu 20 gols em 8 jogos.
  • Serginho é o segundo jogador com mais partidas no Jorge Wilstermann na história da CONMEBOL Sudamericana (10). Se jogar contra o Guabirá, igualará Gilbert Álvarez na primeira posição.

14- Em Bogotá: La Equidad (COL) x Junior (COL)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Gustavo Tejera (URU)

– Antecedentes –

  • Junior e La Equidad nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Junior não perdeu seus últimos 4 jogos contra equipes colombianas na CONMEBOL Sudamericana (2V 2E).
  • La Equidad ganhou só 1 de seus últimos 5 jogos em casa na CONMEBOL Sudamericana (1V 1E 3D), após ter ganhado os 2 anteriores que jogou como local no torneio.
  • Junior avançou da primeira fase da CONMEBOL Sudamericana nas três vezes anteriores que disputou essa instância (2004, 2015 e 2016). Em duas dessas classificações (x Millonarios em 2004 e Melgar em 2015), conseguiu classificar embora tivesse perdido o jogo como visitante.
  • Junior teve a segunda melhor média de chutes a gol por jogo na edição passada da CONMEBOL Sudamericana. Foram 6,5 disparos entre as três traves por jogo da equipe colombiana, só atrás do Corinthians (6,8).
  • Stalin Motta é o jogador com mais partidas com La Equidad na história da CONMEBOL Sudamericana (23). O veterano anotou um gol com a equipe colombiana no torneio: o único da vitória contra Trujillanos em julho de 2013.

15- Em Manta: Delfín (EQU) x 9 de Octubre (EQU)

Hora: 19:30 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Carlos Ortega (COL)

– Antecedentes –

  • Delfín e 9 de Octubre nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. Ambas equipes participarão pela primeira vez da CONMEBOL Sudamericana. O enfrentamento entre Delfín e 9 de Octubre é o único da primeira fase do torneio em 2022 entre equipes que nunca jogaram na competição.
  • Delfín nunca enfrentou um time equatoriano em competições CONMEBOL. Uma vez finalizado o jogo, a equipe só precisará enfrentar representantes do Uruguai e do Peru para ter, pelo menos, um jogo contra um time de cada federação afiliada da CONMEBOL.
  • 9 de Octubre voltará a disputar uma partida em competições CONMEBOL quase 37 anos depois de sua última aparição. Seu último encontro também foi contra um time equatoriano: derrota 0-1 x El Nacional em julho de 1985 na CONMEBOL Libertadores.
  • Em 16 partidas na história da CONMEBOL Sudamericana disputadas por duas equipes equatorianas, os locais venceram 7 e perderam 6, além de 3 empates.
  • 9 de Octubre e Delfín se enfrentaram só 2 vezes na Primeira Divisão do Equador. 9 de Octubre está invicto contra este rival na máxima categoria do país (1V 1E).

16- Em Montevidéu: Wanderers (URU) x Cerro Largo (URU)

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Ángel Arteaga (VEN)

– Antecedentes –

  • Primeiro enfrentamento entre ambas as equipes em competições CONMEBOL: para Cerro Largo será a segunda vez em enfrentar um rival uruguaio neste tipo de torneios, enquanto para Montevideo Wanderers será o jogo número 14 (4V 5E 4D) contra oponentes do seu país.
  • Montevideo Wanderers eliminou Cerro na segunda rodada da CONMEBOL Sudamericana de 2019, sendo esta sua última série contra um rival uruguaio na competição.
  • Cerro Largo disputou só 2 jogos como visitante na história da CONMEBOL Sudamericana (2D): perdeu do Aurora (Bolívia) 2 – 1 em 2012, e perdeu 4 – 1 contra seu conterrâneo, Peñarol, em 2021.
  • Montevideo Wanderers sofreu só 7 gols em 14 jogos na CONMEBOL Sudamericana (0.5 de média). É a melhor média entre todas as equipes que disputaram pelo menos 10 jogos na história do torneio.
  • Cerro Largo foi a equipe com maior média de gols sofridos na edição passada da CONMEBOL Sudamericana (3 por jogo, junto com o Nacional Potosí e o Guaireña). A equipe sofreu 6 gols em 2 jogos.

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias