NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Confira os times classificados para a terceira fase

  • O Brasil, com Fluminense e América-MG, e o Equador, com Universidad Católica e Barcelona, foram os dois países que dominaram a segunda fase.
  • Entre os campeões, Estudiantes e Olímpia continuam no torneio.

Com a classificação do Olímpia na quinta-feira contra o Atlético Nacional, a Fase 2 da CONMEBOL Libertadores 2022 chegou ao fim.

Agora, oito times buscarão as quatro vagas na Fase de Grupos e, caso percam a série, avançarão para a CONMEBOL Sudamericana 2022.

Monagas 0-1 Everton (Global 3-1)

Everton perdeu por 1-0 do Monagas na Venezuela na terça-feira, mas fez valer o resultado da ida para avançar.

Oscar González aos 46’ foi o autor do único gol da partida. O time chileno enfrentará o Estudiantes na próxima rodada.

– Números do jogo –

  • Monagas é o primeiro time venezuelano a não sofrer gols numa partida da CONMEBOL Libertadores contra uma equipe chilena desde março de 2011, quando Caracas terminou com o arco intacto contra o Unión Española (2-0 jogando em casa).
  • Monagas é a primeira equipe venezuelana a vencer uma equipe chilena na CONMEBOL Libertadores desde 2013, quando Caracas derrotou Huachipato por 3-1 como local. No intervalo, as equipes do Chile tiveram sete vitórias em sete partidas contra representantes venezuelanos na competição.
  • Everton não marcou gols em apenas três de suas 14 partidas na história da CONMEBOL Libertadores. Dois deles foram contra equipes venezuelanas fora de casa: 0-1 hoje e 0-1 contra Caracas em 2009.
  • Óscar González é o quinto jogador do Monagas a marcar um gol na história da CONMEBOL Libertadores. Ele também é o único jogador a ter disputado todas as partidas da equipe venezuelana na história do torneio.
  • Monagas recebeu apenas quatro tiros (um no alvo) contra o Everton na vitória da volta. Foram seus melhores números nesses indicadores em suas oito partidas (2V 6D) na história da CONMEBOL Libertadores.

Fluminense 2 -0 Millonarios (Global 4-2)

Finalistas em 2008, o Fluminense venceu o colombiano Millonarios por 2×0 no Rio de Janeiro, graças aos gols de Willian Bigode (61′) e do ‘cafetero’ Jhon Arias (73′).

Com uma convincente vitória de 4-2 sobre o líder do campeonato colombiano, os brasileiros jogarão contra o Olímpia do Paraguai por um lugar na Fase de Grupos.

– Números do jogo –

  • Fluminense está invicto em seus últimos sete jogos da CONMEBOL Libertadores (5V 2E). Essa é sua mais longa racha invicta na história da competição.
  • Fluminense nunca perdeu um jogo em eliminatórias jogando em casa na história da CONMEBOL Libertadores (9V 3E).
  • O time carioca jogou quatro vezes no estádio São Januário na CONMEBOL Libertadores e nunca perdeu (3V 1E). Suas outras três partidas no estádio, de propriedade do rival da cidade, Vasco da Gama, foram na edição de 2013 do torneio.
  • Fluminense marcou gols em suas últimas 13 partidas da CONMEBOL Libertadores (7V 4E 2D). É a sua maior racha anotando gols na história do torneio.
  • Willian tornou-se o jogador mais velho a marcar um gol na edição atual da CONMEBOL Libertadores (35 anos e 102 dias). Além disso, o jogador brasileiro ganhou 11 dos 12 jogos em que marcou gol no torneio.
  • Millonarios realizou seis chutes a gol na derrota 0-2 contra o Fluminense. Foi seu maior número de finalizações em um jogo fora de casa na CONMEBOL Libertadores desde, pelo menos, o ano de 2013.

The Strongest 3-0 Plaza Colonia (Global 3-2)

Em La Paz, o novato Plaza Colonia do Uruguai acabou perdendo por 3-0 para The Strongest, desperdiçando uma vantagem de 2-0 da ida em Montevidéu.

Os gols da vitória foram convertidos por Rodrigo Amaral (2’) e Martín Prost (6’).

The Strongest jogará contra o vencedor da partida de quarta-feira contra o Universidad Catolica do Equador na próxima rodada.

– Números do jogo –

  • The Strongest venceu sete jogos consecutivos em casa contra equipes uruguaias na CONMEBOL Libertadores. Além disso, o time boliviano não recebeu um gol durante esta racha.
  • Quarta vitória nos últimos cinco jogos como local do The Strongest na CONMEBOL Libertadores (1D). Durante este intervalo, a equipe boliviana sofreu apenas dois gols (na derrota por 0-1 para o Boca e na vitória por 2-1 sobre o Santos).
  • É a primeira vez em oito partidas nas competições CONMEBOL que o Plaza Colonia sofreu mais de um gol – a equipe uruguaia só havia marcado três gols nas sete partidas anteriores.
  • Foi o jogo de maior posse de bola do The Strongest da temporada, levando em conta a CONMEBOL Libertadores e a Copa Tigo da Bolívia (61%); e a maior goleada juntamente com a vitória sobre o Atlético Palmaflor na competição local (3-0).
  • O uruguaio Rodrigo N. Amaral é o maior artilheiro até agora nesta temporada (3 gols) e o jogador que mais realizou finalizações no total (15) e que mais vezes fez chutes a gol (5), em ambos os casos levando em conta a CONMEBOL Libertadores e a Copa Tigo da Bolívia.

Guaraní 2 (4)-(5) 3 América MG (Global 3-3)

Em uma dramática disputa de pênaltis, depois de ter caído por 2-0 durante a partida, o América Mineiro eliminou o Guarani 5-4 para avançar para a terceira rodada da Copa Libertadores 2022, em uma partida disputada quarta-feira em Assunção.

Nos 90 minutos, os visitantes venceram por 3-2, ao remontar um 0-2, com o último gol chegando no terceiro minuto do tempo extra, para empatar a série 3 a 3. Os brasileiros marcaram no segundo tempo através de Washington Paulista (59 e 74 minutos) e Pedrinho, aos 90+2′.

O time paraguaio havia vencido o primeiro jogo por 1-0. Agora o América-MG confrontará o equatoriano Barcelona.

– Números do jogo –

  • Todas as equipes brasileiras que não fizeram gols em sua estreia na CONMEBOL Libertadores perderam seus jogos. Além do América Mineiro hoje, Bahia em 1960, Bangu em 1986, Sport em 1988 e Santo André en 2005 também estrearam com derrotas e sem anotar gols.
  • Guarani finalizou uma sequência de 19 partidas invictas de brasileiros contra paraguaios na CONMEBOL Libertadores (14V 5E). A última vitória paraguaia contra um brasileiro no torneio também tinha sido do Guarani: 1-0 x Corinthians na segunda fase de 2020.
  • Guarani venceu 6 de seus últimos 10 jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (6V 4E). É o mesmo número que a equipe paraguaia tinha ganhado em seus 63 jogos anteriores como visitante na história do torneio (6V 18E 39D).
  • Guarani sofreu 25 finalizações na vitória contra o América Mineiro. Foi seu segundo jogo com mais finalizações recebidas na CONMEBOL Libertadores desde pelo menos 2013, só menos que os 29 contra Junior em 2018, quando perdeu 0-1.
  • Josué Colmán anotou seu primeiro gol na história da CONMEBOL Libertadores em seu nono jogo no torneio. Foi a primeira vez que o jogador paraguaio realizou mais de um chute a gol em uma mesma partida (2).

Universidad Católica 2-0 Bolívar (Global 3-1)

Universidad Católica do Equador venceu Bolívar por 2-0 (3-1 global) em Quito na quarta-feira para selar sua vaga na terceira rodada da CONMEBOL Libertadores 2022.

O ‘Trencito Azul’ partiu para a próxima rodada graças ao gol de Santiago Zamora aos 11 minutos, e outro de Ismael Díaz aos 36 minutos.

Na partida de ida da segunda fase jogada em La Paz, o ‘Trencito Azul’ e os ‘celestes’ empataram por 1-1, deixando a série em aberto.

Agora o conjunto equatoriano enfrentará The Strongest da Bolívia.

– Números do jogo –

  • Bolívar não conseguiu superar o empate 1-1 em seu primeiro encontro da CONMEBOL Libertadores contra o Universidad Católica do Equador, porém mantém sua condição de invicto como local contra rivais equatorianos na competição (5V 3E).
  • Bolívar soma 4 jogos sem perder como local na CONMEBOL Libertadores (3V 1E) e acumula 25 encontros seguidos anotando em casa (49 gols no total), sua segunda melhor racha anotadora como local na competição após os 34 desde 1995 até 2006 (80 anotações).
  • Universidad Católica do Equador continua sem conhecer a vitória como visitante na CONMEBOL Libertadores após 9 encontros fora de casa (2E 7D). Não obstante, os equatorianos empataram em suas duas visitas mais recentes, marcando 3 gols no total.
  • Bolívar realizou 12 finalizações desde fora da área contra o Universidad Católica do Equador, a maior quantidade para um time boliviano em um jogo da CONMEBOL Libertadores desde 14 de maio de 2021: Always Ready x Olímpia (18 disparos dessa distância).
  • Ismael Díaz anotou o gol do empate para o Universidad Católica do Equador neste jogo e passou a ser o quarto anotador diferente da equipe equatoriana na CONMEBOL Libertadores no século XXI, junto com Juan Manuel Tévez, Walter Chalá e Guillermo de los Santos.

Estudiantes de La Plata 2-0 Audax Italiano (Global 2-1)

O Estudiantes de La Plata da Argentina se classificou para a terceira fase da CONMEBOL Libertadores 2022 ao vencer o Audax Italiano do Chile por 2-0 (1-0 no intervalo) em uma revanche disputada no estádio UNO em La Plata (50 km ao sul) na quarta-feira.

Agustín Rogel (45′) com uma cabeçada, e Leandro Díaz (84′) marcaram os gols do Estudiantes, que venceu a série com 2-1 no total, tendo Audax Italiano vencido o primeiro jogo por 1-0 em Rancagua.

Os tetracampeões do torneio enfrentarão o Everton do Chile na Fase 3.

– Números do jogo –

  • O Estudiantes venceu os cinco jogos em casa contra equipes chilenas na história da CONMEBOL Libertadores: nos dois últimos (contra o Cobreloa em 1983 e o de ontem à noite) a equipe Pincha não sofreu nenhum gol.
  • Nenhum empate foi registrado em dez jogos disputados pelo Estudiantes contra equipes chilenas na CONMEBOL Libertadores: sete vitórias para El Pincha e três derrotas (Cobreloa e Colo-Colo em 1983 e Audax na partida de ida desta série).
  • Com a vitória desta noite, o Estudiantes tem cinco vitórias em seis partidas oficiais em 2022 (incluindo a CONMEBOL Libertadores e a Copa de la LPF Argentina). Os Platenses, que só perderam a primeira partida contra Audax (1-0), tiveram seu maior número de remates (18) e chutes a gol (6) até agora nesta temporada.
  • Leandro Diaz, do Estudiantes, marcou o gol que garantiu ao Pincha uma vaga na próxima rodada: o atacante soma quatro gols em seis jogos em 2022 (Libertadores + Copa LPF) e é o artilheiro de seu time nesta temporada ao lado de Mauro Boselli.

Universitario 0-1 Barcelona (Global 3-0)

Barcelona do Equador ganhou do peruano Universitário de Deportes por 1-0 em Lima na quarta-feira para avançar para a terceira fase da CONMEBOL Libertadores 2022.

O gol do sofrido triunfo foi marcado pelo argentino Emmanuel Martínez aos 66 minutos.

Na ida, Universitario caiu por 2-0 contra o Barcelona em Guaiaquil. Na próxima rodada, Barcelona enfrentará o América Mineiro do Brasil, que eliminou o Guarani do Paraguai nos pênaltis (5-4).

– Números do jogo –

  • Essa é a primeira vitória do Barcelona como visitante ante Universitario pela CONMEBOL Libertadores (1E 1D). Além disso, chegou a cinco jogos consecutivos sem receber gols contra este adversário na competição (3V 2E).
  • Barcelona ganhou pela primeira vez como visitante no Peru na CONMEBOL Libertadores, onde havia jogado quatro partidas com um empate e três derrotas. A única vitória do El Ídolo em solo peruano contra a rivais peruanos nas competições da CONMEBOL veio em 2010 ante o Universidad César Vallejo (2-1).
  • Com a vitória de hoje por 1-0 sobre o Universitario, Barcelona selou sua oitava classificação para a próxima rodada da CONMEBOL Libertadores após vencer o primeiro jogo. Nunca foi eliminado após vencer a primeira partida.
  • Universitario teve 61% de posse de bola contra o Barcelona, sua maior média até agora em 2022 (incluindo seus jogos na Liga 1 do campeonato peruano), bem acima dos 44% de média até agora nesta temporada.
  • Leandro Martinez, autor do gol do Barcelona, liderou sua equipe em chutes a gol (três), duelos vencidos (14 de 18), faltas sofridas (cinco). Também deu duas assistências na partida contra o Universitario e soma 11 assistências na competição, a maior de sua equipe na competição.

Atlético Nacional 1-1 Olimpia (Global 4-2)

Olímpia entrou com tudo na terceira fase da CONMEBOL Libertadores 2022 eliminando o Atlético Nacional da Colômbia na quinta-feira, ficando com o último boleto para a rodada prévia à fase de grupos.

O time paraguaio, tricampeão do máximo torneio de clubes da CONMEBOL, precisou apenas de um empate 1-1 na volta em Medellín para tirar o Verdolaga do caminho.

Os ‘alvinegros’ selaram a chave graças a um gol do zagueiro central Saúl Salcedo aos 57 minutos, depois de ter começado com desvantagem devido ao gol de Andrés Andrade, no início do segundo tempo.

Na primeira partida há uma semana, em Assunção, a equipe Guarani venceu por 3-1. Agora o Olimpia confrontará o Fluminense do Brasil.

– Números do jogo –

  • Olímpia não perdeu em seus quatro últimos jogos contra o Atlético Nacional na CONMEBOL Libertadores (2V 2E). É sua maior racha invicta contra esse adversário na história do torneio.
  • Olímpia perdeu apenas um de seus últimos cinco jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (2V 2E 1D), tendo perdido os três anteriores. O único que perdeu nesses últimos cinco jogos foi para o eventual finalistas da edição 2021: Flamengo, em agosto desse ano.
  • O Atlético Nacional empatou seus dois últimos jogos em casa na CONMEBOL Libertadores, o último em 2021 e o primeiro em 2022. É a primeira vez que o Verdolaga empata consecutivamente como local no torneio há 30 anos. Em 1992, a equipe colombiana empatou sua primeira partida em casa na edição, após ter igualado como local na edição de 1991.
  • Jarlán Barrera marcou na ida aos 24 segundos do segundo tempo, e Andrés Andrade marcou aos 31 segundos da etapa final na volta. São os dois gols mais rápidos do Atlético Nacional no segundo tempo de jogo na CONMEBOL Libertadores no século XXI.
  • Saúl Salcedo disputou 21 jogos na CONMEBOL Libertadores, cinco com Huracán e 16 com Olímpia. Na noite passada, o zagueiro marcou seu primeiro gol no torneio, sendo também o primeiro gol fora de casa do Olímpia contra o Atlético Nacional na competição, após três jogos disputados.

CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias