NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Duelos por três passes para a 2ª fase

19-feb

Nesta quarta-feira serão disputados três jogos de revanche da Fase 1 da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

  • Huracán x Atlético Nacional
  • Sportivo Luqueño x Mineros
  • Oriente Petrolero x Vasco da Gama

 

Huracán precisa ganhar 

O argentino Huracán receberá na noite de quarta-feira, o Atlético Nacional de Medellín, buscando um milagre, obrigado a ganhar por uma diferença de quatro gols, na definição desta chave, da primeira rodada da CONMEBOL Sul-Americana.

A equipe colombiana fez seu dever de casa no duelo de ida, 3-0, decidido em apenas doze minutos.

Desse modo, conquistou ampla vantagem que lhe permite encarar com tranquilidade a revanche desta quarta-feira, já que continuará na disputa até mesmo se perder por dois gols, ou por três, se marcar algum contra o adversário.

O confronto será na quarta-feira às 19h15 local (22h15 GMT) no estádio Tomás Adolfo Ducó, em Buenos Aires, sendo apitado pelo juiz chileno Julio Bascuñán.

– Estatísticas –

  • Atlético Nacional nunca perdeu para Huracán em competições CONMEBOL (3V 2E); como visitante o venceu por 2-0 na fase de grupos e empatou em 0-0 pelas Oitavas de Final, ambos os jogos na Libertadores 2016.
  • Huracán ganhou somente dois de seus últimos 15 jogos em competições CONMEBOL (4E 9D); as vitórias foram de goleadas: 3-0 no Deportivo Lara na Libertadores 2019 e 4-0 no Deportivo Anzoátegui na Sul-Americana 2017.
  • Atlético Nacional não ganhou e nem marcou gols em seus últimos quatro jogos, como visitante, na Argentina, por competições CONMEBOL (1E 3D); a última vez que marcou foi na vitória por 2-0 sobre Huracán em fevereiro de 2016.
  • Rodrigo Gómez, do Huracán, recebeu oito faltas no jogo de ida contra Atlético Nacional; é a maior quantidade para um jogador, nas partidas de ida, da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020.
  • Atlético Nacional teve 12 jogadores que tentaram pelo menos um remate na vitória por 3-0 ante Huracán, no jogo de ida da CONMEBOL Sul-Americana 2020; Andrés Andrade deu três chutes a gol para o ‘Verdolaga’.

 

Luqueño busca selar passaporte ante Mineros

O Sportivo Luqueño paraguaio tentará sentenciar sua classificação para a segunda fase da CONMEBOL Sul-Americana, quando receber o venezuelano Mineros de Guayana, nesta quarta-feira, no estádio Luis Giagni, em Assunção.

A equipe de Luque, vizinha de Assunção, que venceu como visitante na Venezuela 3-2, será local fora do estádio, que foi fechado indefinidamente devido ao colapso de uma parte de suas arquibancadas.

A partida de volta desta chave da primeira fase está marcada para as 19h15 local (22h15 GMT), sob as ordens do árbitro peruano Michael Espinoza, auxiliado nas linhas por seus compatriotas Johnny Bossio e Jesús Sánchez.

– Estatísticas –

  • Sportivo Luqueño venceu seu único duelo contra Mineros nas competições CONMEBOL; foi por 3-2 na ida da primeira fase da atual Sul-Americana.
  • Sportivo Luqueño nunca perdeu em casa na CONMEBOL Sul-Americana; venceu sete jogos e empatou dois, com 19 gols marcados e apenas três sofridos.
  • Mineros não marcou nos últimos quatro jogos como visitante nas competições CONMEBOL (1E 3D), igualando sua maior racha histórica (4D entre 1995 e 1997).
  • Sportivo Luqueño completou 101 passes com 52,6% de eficácia na ida contra Mineros; ambos são os registros mais baixos para uma equipe nos jogos de ida da primeira etapa da CONMEBOL Sul-Americana 2020.
  • Edgar Jiménez, do Mineros, completou 91 passes na ida contra o Sportivo Luqueño; é a maior quantidade para um jogador nas partidas de ida da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

 

Oriente tentará superar Vasco

O Oriente Petrolero tentará recuperar ante o Vasco da Gama a escassa derrota por 1 a 0 sofrida na ida, quando o receber, na próxima quarta-feira, em Santa Cruz (leste) pela primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

Para superar a queda pelo mínimo do jogo de ida, o Oriente deve marcar pelo menos dois gols, mantendo seu arco em zero, caso contrário, sua situação poderia ficar complicada.

O jogo será disputado a partir das 20h30 locais (GMT na quinta-feira), no estádio Ramón ‘Tahuichi’ Aguilera em Santa Cruz, e será apitado pelo venezuelano José Ramón Argote, e seus compatriotas Jorge Urrego e Luis Murillo.

– Estatísticas –

  • Vasco da Gama venceu o Oriente Petrolero no único duelo entre os dois nas competições CONMEBOL; foi 1 a 0 na ida da primeira fase da atual Sul-Americana.
  • Oriente Petrolero venceu apenas um dos seus últimos 16 jogos nas competições CONMEBOL (6E 9D); a vitória foi de 2 a 0 no Universitario, na primeira fase da Libertadores 2018.
  • Vasco da Gama perdeu seus dois jogos como visitante na Bolívia nas competições CONMEBOL: 1-3 ante Aurora na Sul-Americana 2011 e 0-4 contra Jorge Wilstermann na Libertadores 2018.
  • Widen Saucedo, do Oriente Petrolero, foi o jogador que mais recebeu faltas (6) na ida (0-1) contra o Vasco da Gama na CONMEBOL Sul-Americana 2020.
  • Yago Pikachu, do Vasco da Gama, foi o jogador com mais toques (75) e o jogador que mais participou em remates (3 chutes, 4 chances criadas) na vitória por 1-0 sobre o Oriente Petrolero, na partida de ida da CONMEBOL Sul-Americana.

 

 

 

AFP / OPTA

Últimas Noticias