NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

Eliminatórias Sul-Americanas: disputa acirrada pela vaga na repescagem

  • Peru, Colômbia e Chile são as três seleções que disputam diretamente pelo boleto de repescagem.
  • O vencedor enfrentará a seleção que terminar na quinta posição das eliminatórias da Ásia.

Peru, Colômbia e Chile disputarão na terça-feira valendo tudo ou nada para conseguir o direito de jogar na repescagem, a única via disponível na América do Sul após a classificação do Brasil, Argentina, Equador e Uruguai nos quatro lugares diretos para o Mundial-2022

Antes de imaginar o jogo único de repescagem em junho contra o quinto classificado da Ásia, Peru (quinto, 21 pontos), Colômbia (sexta, 20 pontos) e Chile (sétimo, 19 pontos) deverão enfocar numa complicada última jornada do pré-mundial.

Peru x Paraguai

Peru é o único que depende de si mesmo e o que tem mais chances. Com um triunfo sobre o Paraguai na terça em Lima estará na repescagem, a via pela qual se classificou na Rússia-2018 com a liderança de seu atual treinador, o argentino Ricardo Gareca, após 36 anos sem classificar a um máximo encontro.

Em caso de empate, a ‘Blanquirroja’ deverá esperar que a Colômbia (20) não ganhe da Venezuela e o Chile (19) não triunfe sobre o Uruguai em Santiago.

Para a seleção ‘inca’, amiga das façanhas, não será fácil contra o Paraguai que, apesar de eliminado, ganhou do Equador com autoridade por 2-1 na jornada anterior, embora a equipe de Gustavo Alfaro já tenha conseguido a classificação.

A baixa de um dos principais destaques do Peru, o atacante André Carrillo, que sofre de um entorse no joelho esquerdo, é outro fator que colocará à prova a magia do ‘Tigre’ Gareca.

– Dados –

Estádio: Nacional (Lima)

Hora: 20:30 horário local – 22:30 GMT

Árbitro: Ferando Rapallini (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Antecedentes:

  • O Paraguai é um dos dois países contra os quais o Peru nunca perdeu em casa nas Eliminatórias (5V 2E), sendo o outro a Venezuela (7V 2E).
  • Peru não perdeu como local nos últimos cinco jogos nas Eliminatórias (3V 2E). É sua maior racha invicta em casa no torneio desde setembro de 2008, quando completou 9 sem derrotas (3V 6E).
  • Paraguai tentará conseguir vitórias consecutivas nas Eliminatórias Sul-Americanas pela primeira vez desde setembro – outubro de 2009, quando chegou a três vitórias seguidas no torneio.
  • Peru é a única seleção que não anotou gols de pênalti nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Yoshimar Yotún cobrou o único pênalti (contra a Argentina) para os peruanos na atual edição do torneio, porém falhou.
  • Julio Enciso, do Paraguai, é o jogador mais jovem com uma participação em um gol (gol ou assistência) nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. Tem apenas 18 anos e assistiu o primeiro gol do Paraguai em seu último jogo no torneio.

Venezuela x Colômbia

Com a mira em Lima, Colômbia tem menos opções: Primeiro deverá ganhar da ‘Vinhotinto’ como visitante e esperar que Peru perca pontos contra o Paraguai.

O triunfo de 3-0 sobre a Bolívia na quinta-feira na penúltima jornada terminou com uma incrível racha de 7 encontros sem triunfos e sem anotar.

Os ‘cafeteiros’ apostam tudo na nova estrela, o atacante Luis Díaz. O jogador do Liverpool abriu o caminho para um contundente 3-0 contra a Bolívia na quinta-feira enterrando a racha sem gols da equipe de Reinaldo Rueda.

No mínimo, Colômbia tem a obrigação de manter o caminho goleador nesta terça contra a Venezuela, porque se empatar dependerá de uma derrota do Peru para ir à repescagem.

– Dados –

Estádio: Cachamay (Puerto Ordaz)

Hora: 19:30 horário local – 22:30 GMT

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)

VAR: Raphael Traci (BRA)

Antecedentes:

  • Venezuela não sofreu gols nos últimos 4 jogos como local contra a Colômbia nas Eliminatórias (2V 2E). É sua maior sequência sem sofrer gols em casa contra um mesmo adversário na história do torneio.
  • Venezuela venceu seu último jogo em casa nas Eliminatórias Sul-Americanas e tentará conseguir vitórias consecutivas como local no torneio pela primeira vez desde outubro de 2011, quando ganhou da Bolívia após derrotar a Argentina.
  • Colômbia tentará vencer 2 jogos consecutivos das Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial 2022 pela primeira vez, após derrotar a Bolívia por 3-0. A última vez que venceu 2 jogos consecutivos no torneio foi em março de 2017.
  • Entre os 16 goleiros que disputaram pelo menos 4 partidas nas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2022, Wuilker Fariñez (Venezuela) é o mais jovem, com 24 anos. Além disso, é o único com menos de 28 anos entre esses jogadores.
  • David Ospina disputou 47 partidas nas últimas três edições das Eliminatórias Sul-Americanas, mais que qualquer outro jogador. O goleiro colombiano participou em 92% dos jogos de sua seleção nesse intervalo.

Chile x Uruguai

Chile é o que está mais complicado entre os três aspirantes à repescagem. Em sétimo com 19 pontos, tem que ganhar do Uruguai, que chega a Santiago encorajado pela classificação na jornada passada.

Contudo, ainda se ganhar da ‘Celeste’ deverá esperar uma série de combinações favoráveis para não ser eliminado pela segunda vez de forma consecutiva.

– Dados –

Estádio: San Carlos de Apoquindo (Santiago)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

VAR: German Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • Chile não perdeu nas últimas 4 partidas como local contra o Uruguai nas Eliminatórias (2V 2E). É sua racha invicta mais longa jogando em casa contra os uruguaios no torneio.
  • Chile venceu 4 de seus últimos 7 jogos nas Eliminatórias (4V 3D), após ter vencido apenas 1 de seus primeiros 10 no torneio (1V 4E 5D).
  • Uruguai ganhou seus últimos três jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas. A única vez que a ‘Celeste’ conseguiu mais vitórias consecutivas no torneio foi entre 1961 e 1969 (6V).
  • Chile é a equipe que mais pênaltis cometeu e mais gols sofreu desta forma nas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2022. Foram 6 pênaltis contra os chilenos, todos marcados.
  • Uruguai anotou só um gol de cabeça nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, o menor indicador entre todas as equipes, com exceção do Paraguai (0). Esse único gol foi anotado por Gastón Pereiro contra o Equador na vitória de 1-0 em setembro de 2021.

Bolívia x Brasil

O líder Brasil, classificado há várias jornadas, deverá subir à altura de La Paz (3.600 msnm) para visitar a Bolívia.

Após golear o Chile em ritmo de samba, o Brasil está alinhando sua equipe e testando alternativas com a mira no Mundial.

Por outro lado, a ‘Verde’ quer conquistar um triunfo e ter o luxo de derrubar o líder invicto das Eliminatórias.

– Dados –

Estádio: Hernando Siles (La Paz)

Hora: 19:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Eber Aquino (PAR)

VAR: Leodán González (URU)

Antecedentes:

  • Bolívia não perdeu nas últimas 5 partidas como local contra o Brasil nas Eliminatórias (3V 2E). É a maior racha invicta em casa de qualquer país contra os brasileiros na história do torneio.
  • Bolívia anotou gols em seus últimos 8 jogos como local nas Eliminatórias (4V 1E 3D). É sua maior racha de jogos consecutivos anotando na história do torneio, junto com outra sequência de 8 partidas entre as Eliminatórias de 1958 e 1974 (5V 1E 2D).
  • Brasil venceu seus últimos 2 jogos por 4-0. A seleção brasileira chegou a três vitórias consecutivas por uma diferença de, pelo menos, 4 gols apenas uma vez na história em todas as competições: abril de 1949
  • As partidas da Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2022 tiveram 61 gols (23 anotados, 38 sofridos), sendo a média de gols por jogo mais alta no torneio (3.6 gols por jogo).
  • Brasil anotou 5 gols em tempo adicional na etapa final dos jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022, mais que qualquer outra equipe. Além disso, os brasileiros não sofreram gols depois dos 90 minutos no torneio.

Equador x Argentina

‘Albiceleste’ viaja para Guaiaquil onde é esperada por um Equador com desejo de comemorar, junto com sua torcida, a classificação para o Qatar.

A ‘Tri’ pegou o ataque paraguaio de surpresa na jornada passada, ainda que perdeu por 3-1, mesmo assim, garantiu seu boleto ao Mundial.

Argentina é a seleção com mais vitórias consecutivas na história das Eliminatórias (20) e deseja aumentar essa racha contra os equatorianos, além de definir sua equipe para o Qatar.

– Dados –

Estádio: Isidro Romero Carbo (Guaiaquil)

Hora: 18:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Raphael Claus (BRA)

VAR: Nicolás Gallo (COL)

Antecedentes:

  • Equador perdeu só 1 dos últimos 4 jogos como local contra a Argentina nas Eliminatórias (2V 1E 1D). Foi justamente no último duelo entre os países no torneio em terreno equatoriano: 3-1 para a ‘Albiceleste’.
  • Equador não perdeu as últimas 5 partidas em casa nas Eliminatórias (3V 2E). É sua racha invicta mais longa como local no torneio desde março de 2016, quando completou 11 sem derrotas (9V 2E).
  • Argentina não perdeu suas últimas 9 partidas fora de casa nas Eliminatórias (6V 3E). É sua racha invicta mais longa como visitante no torneio.
  • O único jogador com menos de 20 anos que completou mais de 100 minutos de jogo nas Eliminatórias Sul-Americanas para o Mundial de 2022 é Jeremy Sarmiento, do Equador, que disputou 219 minutos em 4 jogos.
  • As partidas da Argentina nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 tiveram 33 gols (26 anotados, 7 sofridos). É a menor média de gols no torneio entre todas as equipes (2.1 gols por jogo).

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias