NOTICIA DESTACADA

Seis times comemoram na largada da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Seis times comemoram na largada da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Palestra antidoping na prévia da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Palestra antidoping na prévia da CONMEBOL Libertadores de Futsal 2022
Venda local para Espectadores Argentinos da Final CONMEBOL Sudamericana 2022
Venda local para Espectadores Argentinos da Final CONMEBOL Sudamericana 2022

Eliminatórias Sul-Americanas: Uma batalha emocionante pelas últimas vagas rumo ao Catar

  • Estão em jogo duas vagas diretas e uma de repescagem nestas duas últimas jornadas.
  • Equador, Uruguai, Peru, Chile e Colômbia na briga pelo boleto ao Catar 2022.

Com Brasil e Argentina já classificados para o Mundial, a luta fica ainda mais emocionante nestas duas últimas jornadas das Eliminatórias Sul-Americanas, onde as quatro melhores equipes têm passagem direta ao Catar e a quinta classificada disputará uma repescagem intercontinental.

– Tabela –

Uruguai x Peru

Um duelo direto: Uruguai recebe o Peru nesta quinta no Centenário. Ambos chegam com a obrigação de triunfar para continuar na briga por uma vaga ao Mundial.

A Celeste chega após duas vitórias, um 0-1 de visita sobre o Paraguai e uma goleada 4-1 sobre a Venezuela. Acomodou-se na tabela e, com a chegada de seu novo DT Diego Alonso, parece estar próxima do objetivo.

Já para o Uruguai não será tão fácil, na frente está o Peru, uma seleção que na última dupla jornada venceu a Colômbia, empatou com o Equador e sonha em voltar a um encontro mundialista com seu técnico Ricardo Gareca.

-Dados-

Estádio: Centenário (Montevidéu)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

VAR: Wagner Reway (BRA)

Antecedentes

  • Peru não perdeu nos últimos dois jogos contra o Uruguai nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 1E). A seleção ‘inca’ nunca chegou a três jogos consecutivos sem derrotas contra a ‘Celeste’ no torneio.
  • Uruguai venceu seus dois jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas desde que Diego Alonso assumiu como DT da equipe. A última vez que a ‘Celeste’ somou 3 vitórias consecutivas no torneio foi entre junho e setembro de 2013 (3V).
  • Peru ganhou seus últimos 2 jogos fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas. É a primeira vez que a seleção ‘inca’ soma vitórias consecutivas como visitante no torneio.
  • Diego Alonso foi apresentado como técnico do Uruguai no dia 14 de dezembro de 2021. Ricardo Gareca começou seu trabalho como treinador do Peru em março de 2015. O uruguaio é o treinador de seleções CONMEBOL com menos tempo na posição e o argentino é quem leva mais tempo no cargo.
  • Antes do início da jornada 17 das Eliminatórias Sul-Americanas, Uruguai e Peru são as únicas equipes separadas por só 1 ponto na tabela de posições. Além disso, a diferença de gols entre as equipes é também é só de uma unidade: o saldo do Uruguai é -4 (19 GF, 22 GC) e o do Peru é -3 (17 GF, 21 GC).

Colômbia x Bolívia

Para a Colômbia só servem os três pontos para continuar com chances e, para isso, deverá derrotar a Bolívia nesta quinta-feira no Metropolitano de Barranquilla.

A seleção ‘cafeteira’ tem urgência de vitória após perder como local contra o Peru e perder contra a Argentina na última dupla jornada das Eliminatórias.

Bolívia é o rival que chega a esta instância após perder da Venezuela e do Chile, portanto o triunfo seria um alívio.

-Dados-

Estádio: Metropolitano (Barranquilla)

Hora: 18:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes

  • Jogando como local, Colômbia ganhou todas as partidas que disputou contra a Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V). Além disso, os bolivianos nunca puderam marcar jogando como visitantes em terreno colombiano.
  • Colômbia não perdeu suas últimas 8 partidas contra a Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 2E). É sua maior racha invicta contra esse rival no torneio.
  • Bolívia soma 4 triunfos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. A Verde tentará vencer 5 partidas em uma mesma edição do torneio pela primeira vez com o formato atual (desde a classificação para a Copa do Mundo de 1998).
  • David Ospina é o jogador com mais presença nas últimas três edições da Eliminatórias Sul-Americanas. O goleiro colombiano disputou 46 partidas no torneio nesse intervalo e só perdeu 4 partidas com sua seleção.
  • Marcelo Moreno Martins é o máximo artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 (10 gols). O atacante boliviano também é o jogador com mais finalizações no torneio (60). Além disso, Moreno Martins realizou finalizações pelo menos uma vez em cada um dos 15 jogos que disputou na competição.

Brasil x Chile

Brasil recebe Chile nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, uma equipe que tem a obrigação de vencer para evitar estar fora da briga.

Classificado, invicto e com uma boa margem de pontos para terminar em primeiro lugar na tabela, o Brasil já está procurando variantes para moldar sua equipe para a Copa do Mundo. Brasil ainda soma 39 pontos e poderia ampliar sua vantagem contra o Chile nesta quinta.

Por outro lado, La Roja quer fazer história e surpreender derrubando o líder. Antes desta partida, a equipe treinada por Martin Lazarte não conseguiu vencer a Argentina e derrotou a Bolívia em La Paz.

O Chile só precisa vencer para manter viva sua esperança de participar na Copa do Mundo.

-Dados-

Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Darío Herrera (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Antecedentes

  • Brasil ganhou todos os seus jogos em casa contra o Chile nas eliminatórias sul-americanas (6V). O Chile é, junto com o Equador, o único país da CONMEBOL a perder em todas as suas visitas ao Brasil no torneio.
  • Brasil ganhou seus últimos 13 jogos em casa nas eliminatórias sul-americanas. É a mais longa série de vitórias de uma equipe em casa na história do torneio.
  • Chile venceu seus dois últimos jogos fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas. La Roja tentará enfileirar três vitórias como visitante no torneio pela primeira vez na história.
  • 13 jogadores diferentes marcaram pelo menos um gol para o Brasil nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas. É a melhor marca de todas as seleções nacionais do torneio. Neymar lidera os artilheiros do Brasil com sete gols marcados em 10 jogos.
  • Chile é a seleção que mais recebeu cartões amarelos nestas Eliminatórias Sul-Americanas (45): as outras nove seleções receberam em média 34,1 cartões amarelos na competição.

Paraguai x Equador

Paraguai enfrenta o Equador na quinta-feira, na 17ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Albirroja, necessitada de uma vitória, perdeu para o Uruguai e para o Brasil em seus dois últimos jogos, portanto precisa de uma vitória para recuperar a confiança e enfrentar o futuro com otimismo sob a orientação do técnico Guillermo Barros Schelotto.

Após dois empates consecutivos, o Equador só precisa de um ponto para se classificar para a Copa do Mundo e espera conseguir contra a Albirroja, que jogará em casa, em Ciudad del Este.

-Dados-

Estádio: Antonio Aranda (Ciudad del Este)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

VAR: Rodolpho Toski (BRA)

Antecedentes

  • Paraguai venceu todos os jogos em casa contra o Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas (8V). A Tri é a única equipe a perder em todas as suas visitas ao Paraguai na história da competição.
  • Os encontros Paraguai-Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas têm uma média de 3,4 gols por jogo (58G, 17PG). Essa é a média mais alta das partidas do Paraguai contra qualquer equipe no torneio.
  • Equador está invicto em seus últimos cinco jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas (2V 3E). Somente uma vez na história do torneio a Tri ficou invicta em seis jogos: entre junho de 2012 e março de 2013 (4V 2E).
  • Angel Romero marcou quatro gols e fez três assistências nas atuais eliminatórias sul-americanas. Esteve envolvido em 78% dos gols do Paraguai no torneio, a maior porcentagem de qualquer jogador de sua seleção na edição atual.
  • O Equador é a seleção mais marcou gols nos primeiros 15 minutos de uma partida nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas (6, junto com a Argentina). Por outro lado, o Paraguai é uma das três equipes que marcou menos gols naquele trecho de partidas (1, junto com Bolívia e Colômbia).

Argentina x Venezuela

Argentina enfrenta Venezuela na penúltima rodada das Eliminatórias.

Com a classificação já no bolso, a Albiceleste outra das equipes invictas, espera dar aos seus fãs mais um motivo para comemorar com uma vitória em casa.

Ferida e em último lugar, a Venezuela está planejando suas novas estratégias para o futuro sob o novo técnico José Néstor Pékerman.

-Dados-

Estádio: Antonio Vespucio Liberti (Buenos Aires)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

VAR: Víctor Carrillo (PER)

Antecedentes

  • Argentina nunca perdeu como local contra a Venezuela nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 1E). Venezuela só conseguiu ponto em sua última visita à seleção ‘Albiceleste’: 1-1 em setembro de 2017.
  • Argentina não sofreu gols em suas últimas 5 partidas como local nas Eliminatórias Sul-Americanas (4V 1E). É sua maior racha sem sofrer gols em casa na história da competição.
  • Venezuela perdeu só 2 de seus últimos 5 jogos contra a Argentina nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 2E 2D), após perder os 10 anteriores contra esse rival na competição.
  • Emiliano Martínez defendeu 25 dos 28 chutes a gol que recebeu nestas Eliminatórias Sul-Americanas. Sua eficácia de 89.3% é a maior entre todos os goleiros que disputaram pelo menos 5 jogos na edição atual.
  • Venezuela é a equipe com mais tentativas de dribles nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas (355). A ‘Vinhotinto’ é uma das únicas seleções que alcançaram duas centenas de dribles completos na atual edição do torneio (200, Brasil tem 204).

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias