NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Eliminatórias Sul-Americanas: Uma batalha emocionante pelas últimas vagas ao Catar

  • Estão em jogo duas vagas diretas e uma de repescagem nestas duas últimas jornadas.
  • Equador, Uruguai, Peru, Chile e Colômbia na briga pelo boleto ao Catar 2022.

Com Brasil e Argentina já classificados para o Mundial, a luta fica ainda mais emocionante nestas duas últimas jornadas das Eliminatórias Sul-Americanas, onde as quatro melhores equipes têm passagem direta ao Catar e a quinta classificada disputará uma repescagem intercontinental.

– Tabela –

Uruguai x Peru

Um duelo direto: A seleção do Uruguai recebe o Peru nesta quinta, no Centenário. Ambos chegam com a obrigação de triunfar, para continuar na briga por uma vaga ao Mundial.

A Celeste chega após duas vitórias, um 0-1 de visita sobre o Paraguai e uma goleada 4-1 sobre Venezuela. Acomodou-se na tabela e com a chegada de seu novo DT Diego Alonso, parece estar próxima do objetivo.

Já para o Uruguai não será tão fácil, na frente está o Peru, uma seleção que na última dupla jornada venceu a Colômbia e empatou com o Equador e sonha em voltar a um encontro mundialista com seu técnico Ricardo Gareca.

-Dados-

Estádio: Centenário (Montevidéu)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

VAR: Wagner Reway (BRA)

Antecedentes

  • Peru não perdeu nos últimos dois jogos contra o Uruguai nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 1E). A seleção ‘inca’ nunca chegou a três jogos consecutivos sem derrotas contra a ‘Celeste’ no torneio.
  • Uruguai venceu seus dois jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas desde que Diego Alonso assumiu como DT da equipe. A última vez que a ‘Celeste’ somou 3 vitórias consecutivas no torneio foi entre junho e setembro de 2013 (3V).
  • Peru ganhou seus últimos 2 jogos fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas. É a primeira vez que a seleção ‘inca’ soma vitórias consecutivas como visitante no torneio.
  • Diego Alonso foi apresentado como técnico do Uruguai no dia 14 de dezembro de 2021. Ricardo Gareca começou seu trabalho como treinador do Peru em março de 2015. O uruguaio é o treinador de seleções CONMEBOL com menos tempo na posição e o argentino é o que leva mais tempo no cargo.
  • Antes do início da jornada 17 das Eliminatórias Sul-Americanas, Uruguai e Peru são as únicas equipes separadas por só 1 ponto na tabela de posições. Além disso, a diferença de gols entre as equipes é também de só uma unidade: o saldo do Uruguai é -4 (19 GF, 22 GC) e o do Peru é -3 (17 GF, 21 GC).

Colômbia x Bolívia

Para a Colômbia só servem os três pontos para continuar com chances e, para isso, deverá derrotar a Bolívia nesta quinta-feira no Metropolitano de Barranquilla.

A seleção ‘cafeteira’ está com urgência de uma vitória após perder como local contra o Peru e perder contra a Argentina na última dupla jornada das Eliminatórias.

Bolívia é o rival que chega a esta instância após perder da Venezuela e do Chile, portanto um triunfo seria alívio.

-Dados-

Estádio: Metropolitano (Barranquilla)

Hora: 18:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes

  • Jogando como local, Colômbia ganhou todas as partidas que disputou contra a Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V). Além disso, os bolivianos nunca puderam marcar jogando como visitantes em terreno colombiano.
  • Colômbia não perdeu suas últimas 8 partidas contra a Bolívia nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 2E). É sua maior racha invicta contra esse rival no torneio.
  • Bolívia soma 4 triunfos nas Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022. A Verde tentará vencer 5 partidas em uma mesma edição do torneio pela primeira vez com o formato atual (desde a classificação para a Copa do Mundo de 1998).
  • David Ospina é o jogador com mais presença nas últimas três edições da Eliminatórias Sul-Americanas. O goleiro colombiano disputou 46 partidas no torneio nesse intervalo e só perdeu 4 partidas com sua seleção.
  • Marcelo Moreno Martins é o máximo artilheiro das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2022 (10 gols). O atacante boliviano também é o jogador com mais finalizações no torneio (60). Além disso, Moreno Martins realizou finalizações pelo menos uma vez em cada um dos 15 jogos que disputou na competição.

Brasil x Chile

Brasil recebe Chile nesta quinta-feira no Rio de Janeiro, uma equipe que tem a obrigação de vencer para evitar estar fora da luta.

Classificado, invicto e com uma boa margem de pontos para terminar em primeiro lugar na tabela, o Brasil já está procurando variantes para moldar sua equipe para a Copa do Mundo. O Brasil ainda soma 39 pontos e poderia ampliar sua vantagem contra o Chile na quinta-feira.

Por outro lado, La Roja quer fazer história e surpreender derrubando o líder. Antes desta partida, a equipe treinada por Martin Lazarte não conseguiu vencer a Argentina e derrotou a Bolívia em La Paz.

O Chile só precisa vencer para manter vivas suas esperanças de chegar à Copa do Mundo.

-Dados-

Estádio: Maracanã (Rio de Janeiro)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Darío Herrera (ARG)

VAR: Mauro Vigliano (ARG)

Antecedentes

  • Brasil ganhou todos os seus jogos em casa contra o Chile nas eliminatórias sul-americanas (6V). O Chile é, junto com o Equador, o único país da CONMEBOL a perder em todas as suas visitas ao Brasil no torneio.
  • Brasil ganhou seus últimos 13 jogos em casa nas eliminatórias sul-americanas. É a mais longa série de vitórias de uma equipe em casa na história do torneio.
  • Chile venceu seus dois últimos jogos fora de casa nas Eliminatórias Sul-Americanas. La Roja tentará enfileirar três vitórias como visitante no torneio pela primeira vez na história.
  • 13 jogadores diferentes marcaram pelo menos um gol para o Brasil nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas. É a melhor marca de todas as seleções nacionais do torneio. Neymar lidera os artilheiros do Brasil com sete gols marcados em 10 jogos.
  • Chile é a seleção que mais recebeu cartões amarelos nestas Eliminatórias Sul-Americanas (45): as outras nove seleções receberam em média 34,1 cartões amarelos na competição.

Paraguai x Equador

Paraguai enfrenta o Equador na quinta-feira, na 17ª jornada das Eliminatórias Sul-Americanas.

Albirroja, necessitada de uma vitória, perdeu para o Uruguai e para o Brasil em seus dois últimos jogos, portanto precisa de uma vitória para recuperar a confiança e enfrentar o futuro com otimismo sob a orientação do técnico Guillermo Barros Schelotto.

Após dois empates consecutivos, o Equador só precisa de um ponto para se classificar para a Copa do Mundo e espera conseguir contra a Albirroja, que jogará em casa, em Ciudad del Este.

-Dados-

Estádio: Antonio Aranda (Ciudad del Este)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

VAR: Rodolpho Toski (BRA)

Antecedentes

  • Paraguai venceu todos os jogos em casa contra o Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas (8V). A Tri é a única equipe a perder em todas as suas visitas ao Paraguai na história da competição.
  • Os encontros Paraguai-Equador nas Eliminatórias Sul-Americanas têm uma média de 3,4 gols por jogo (58G, 17PG). Essa é a média mais alta das partidas do Paraguai contra qualquer equipe no torneio.
  • Equador está invicto em seus últimos cinco jogos nas Eliminatórias Sul-Americanas (2V 3E). Somente uma vez na história do torneio a Tri ficou invicta em seis jogos: entre junho de 2012 e março de 2013 (4V 2E).
  • Angel Romero marcou quatro gols e fez três assistências nas atuais eliminatórias sul-americanas. Esteve envolvido em 78% dos gols do Paraguai no torneio, a maior porcentagem de qualquer jogador de sua seleção na edição atual.
  • O Equador é a seleção mais marcou gols nos primeiros 15 minutos de uma partida nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas (6, junto com a Argentina). Por outro lado, o Paraguai é uma das três equipes que marcou menos gols naquele trecho de partidas (1, junto com Bolívia e Colômbia).

Argentina x Venezuela

Argentina enfrenta Venezuela na penúltima rodada das Eliminatórias.

Com a classificação já no bolso, a Albiceleste outra das equipes invictas, espera dar aos seus fãs mais um motivo para comemorar com uma vitória em casa.

Ferida e em último lugar, a Venezuela está planejando suas novas estratégias para o futuro sob o novo técnico José Néstor Pékerman.

-Dados-

Estádio: Alberto J. Armando (Buenos Aires)

Hora: 20:30 horário local – 23:30 GMT

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

VAR: Víctor Carrillo (PER)

Antecedentes

  • Argentina nunca perdeu como local contra a Venezuela nas Eliminatórias Sul-Americanas (6V 1E). Venezuela só conseguiu ponto em sua última visita à seleção ‘Albiceleste’: 1-1 em setembro de 2017.
  • Argentina não sofreu gols em suas últimas 5 partidas como local nas Eliminatórias Sul-Americanas (4V 1E). É sua maior racha sem sofrer gols em casa na história da competição.
  • Venezuela perdeu só 2 de seus últimos 5 jogos contra a Argentina nas Eliminatórias Sul-Americanas (1V 2E 2D), após perder os 10 anteriores contra esse rival na competição.
  • Emiliano Martínez defendeu 25 dos 28 chutes a gol que recebeu nestas Eliminatórias Sul-Americanas. Sua eficácia de 89.3% é a maior entre todos os goleiros que disputaram pelo menos 5 jogos na edição atual.
  • Venezuela é a equipe com mais tentativas de dribles nas atuais Eliminatórias Sul-Americanas (355). A ‘Vinhotinto’ é uma das únicas seleções que alcançaram duas centenas de dribles completos na atual edição do torneio (200, Brasil tem 204).

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias