NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Emocionante 1ª semana da Fase de Grupos encerra com três jogos

5-mar-1

Nesta quinta-feira desce a cortina da intensa primeira semana da Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2020.

  • Estudiantes de Mérida x Racing (Grupo F)
  • Binacional x São Paulo (Grupo D)
  • Alianza Lima x Nacional (Grupo F)

 

Racing mede o venezuelano Estudiantes de Mérida

Racing, o último campeão da Argentina, estreará nesta quinta-feira na CONMEBOL Libertadores-2020 contra o Estudiantes de Mérida, clube venezuelano que reaparece no evento continental após duas décadas de ausência.

A participação anterior dos alvirrubros na Libertadores data de 1999, quando eles chegaram às quartas de final.

Já o Racing de Avellaneda é o favorito do Grupo F, completado pelo Nacional do Uruguai e Aliança Lima do Peru.

A partida será disputada no Estádio Metropolitano de Mérida a partir das 18h00 (22h00 GMT), com o brasileiro Raphael Claus como o juiz principal.
 

– Estatísticas –

  • Estudiantes de Mérida e Racing Club se enfrentarão pela primeira vez em competições CONMEBOL.
  • Estudiantes de Mérida não joga na CONMEBOL Libertadores desde 1999. Nessa edição, chegou às quartas de final e terminou com cinco vitórias e cinco derrotas.
  • Racing Club não venceu nenhum dos seus últimos 12 jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores (7E 5D), é a maior racha histórica na competição; seu triunfo mais recente foi em março de 2015, por 2-0, ante o Sporting Cristal.
  • Estudiantes de Mérida perderam suas quatro partidas contra equipes da Argentina na CONMEBOL Libertadores; todos foram em 1987, com dois gols marcados e 11 sofridos.
  • Lisandro López é o jogador do Racing Club que participou em mais gols desde a sua estreia em 2016 na CONMEBOL Libertadores; fez isso em nove, com cinco marcados e quatro assistidos.

 

Binacional estreia na Libertadores ante o poderoso São Paulo

O Deportivo Binacional, que surpreendeu ao ser campeão peruano 2019, sonha em fazer história em sua estreia na CONMEBOL Libertadores ao receber, nesta quinta-feira, o poderoso São Paulo do Brasil, na primeira rodada do Grupo D.

O encontro será realizado no estádio Guillermo Briceño, na cidade andina de Juliaca, a uma altitude de 3.800 metros, a partir das 19h00 locais (00h00 GMT de sexta-feira) e será arbitrado pelo paraguaio José Méndez.

O grupo D também é formado pelo Liga de Quito e pelo River Plate da Argentina, vice-campeão da edição anterior do torneio continental, vencida pelo Flamengo do Brasil na primeira final do certame, disputada em Lima.

O clube andino, promovido à primeira divisão em 2018, está em terceiro lugar na tabela do torneio Abertura que completou a quinta rodada, com três vitórias, um empate e uma derrota.

O São Paulo retorna à fase de grupos da Copa Libertadores após três anos.
 

– Estatísticas –

  • Deportivo Binacional e São Paulo se enfrentarão pela primeira vez em competições CONMEBOL.
  • Deportivo Binacional participará pela primeira vez da CONMEBOL Libertadores nesta edição, será a equipe 23 do Peru.
  • São Paulo não venceu nenhum dos últimos cinco jogos na CONMEBOL Libertadores (1E 4D); é a sua maior racha sem vitórias na competição desde 1992 (2E 3D).
  • Deportivo Binacional já jogou em competições CONMEBOL, em 2019 disputou a Sul-Americana e perdeu seus dois jogos contra o Independiente.
  • São Paulo nunca perdeu para um time do Peru na CONMEBOL Libertadores; venceu nove dos 12 duelos (3E), mas apenas um dos quatro mais recentes.

 

Alianza Lima recebe o Nacional na Libertadores

O popular clube peruano Alianza Lima recebe, na quinta-feira, pelo Grupo F da CONMEBOL Libertadores, o campeão uruguaio Nacional, um histórico da competição continental.

O clube andino tentará cortar uma racha de 17 jogos sem vencer no principal torneio sul-americano de clubes (três empates e 14 derrotas) no duelo contra os charruas, no estádio Alejandro Villanueva, em Lima.

A partida começará às 21h00 (02h00 GMT de sexta-feira) e será arbitrada pelo brasileiro Bruno Arleu de Araújo.

– Estatísticas –

  • Nacional perdeu apenas um de seus quatro duelos contra o Alianza Lima na CONMEBOL Libertadores (2V 1E); a derrota foi por 0-1 em sua última visita, em 2012.
  • Alianza Lima não venceu nenhum dos seus últimos 17 jogos na CONMEBOL Libertadores (3E 14D); a vitória mais recente foi contra o Nacional, por 1 a 0 na edição de 2012.
  • Nacional perdeu apenas três de seus 12 jogos fora de casa desde 2016 na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores (4V 5E).
  • Alianza Lima venceu apenas dois de seus 10 jogos contra times uruguaios na CONMEBOL Libertadores (3E 5D); as vitórias foram 1-0 em casa, em 1998 contra Peñarol e em 2012 contra Nacional.
  • Nacional não venceu nenhum dos seus últimos quatro jogos como visitante no Peru na CONMEBOL Libertadores (2E 2D); não marcou nos três mais recentes, incluindo o 0-1 contra o Alianza Lima, em 2012.

 

 

 

 

 

AFP / OPTA

Últimas Noticias