NOTICIA DESTACADA

CONMEBOL organiza workshop com patrocinadores em Córdoba
CONMEBOL organiza workshop com patrocinadores em Córdoba
Mudança de horário nas Semifinais: Independiente del Valle x Melgar
Mudança de horário nas Semifinais: Independiente del Valle x Melgar
Colômbia e Brasil partem às quartas de final do Mundial Feminino Sub-20
Colômbia e Brasil partem às quartas de final do Mundial Feminino Sub-20

Especialistas fazem análise e debatem sobre o futuro do futebol feminino sul-americano

  • Esta reunião de especialistas, organizada pela Direção de Desenvolvimento da CONMEBOL, foi realizada na cidade de Bucaramanga, no âmbito da CONMEBOL Copa América Feminina 2022.
  • Foram dois dias de discussões e troca de experiências técnicas, identificação de desafios e oportunidades para o desenvolvimento do futebol feminino na região.

A Confederação Sul-Americana de Futebol, através da Direção de Desenvolvimento, realizou no sábado 23 e domingo 24 de julho na cidade de Bucaramanga, Colômbia, uma oficina de análise e desenvolvimento do futebol feminino na região, juntamente com os treinadores da CONMEBOL Copa América Feminina 2022.

Os especialistas debateram, compartilharam opiniões e experiências sobre o futebol feminino sul-americano e sobre como aumentar o interesse e a participação das mulheres em diferentes áreas do esporte.

As apresentações foram realizadas por Fabimar Franchi, Gerente de Desenvolvimento do Futebol Feminino da CONMEBOL; Hesterine de Reus, representante da UEFA; Graciela Garay, Diretora de Ética e Conformidade da CONMEBOL; e membros do grupo de análise técnica da CONMEBOL Copa América Feminina 2022.

Os técnicos e equipes de trabalho das seleções participantes da competição, que se encontra na Fase Final, participaram do debate.

Em parceria com a UEFA através do programa UEFA Assist, Hesterine de Reus apresentou tópicos como Desenvolvimento e Programa de jogadoras de elite, Scouting e identificação do talento, gerando depois espaços de diálogo com os diretores técnicos.

“Com minha experiência neste encontro e no futebol na América do Sul, especialmente com o nível de detalhe que os treinadores têm, aprendi muito sobre os desafios que eles enfrentam no trabalho com as jogadoras de talento. Espero realmente que as diretrizes e as estruturas os ajudem a serem criativos na busca de soluções para seus desafios e, mais uma vez, espero que eles consigam algo com isso”, disse Hesterine de Reus.

Fabimar Franchi apresentou as competições CONMEBOL e programas de desenvolvimento, reforçando a estratégia 2018-2024 focada na transformação do futebol feminino sul-americano, tornando-o uma referência global que oferece oportunidades, fomenta valores e capacidades técnicas, além de melhorar os incentivos para todas as mulheres e garotas dentro e fora dos gramados. Após sua apresentação, ele também abriu uma mesa redonda com os participantes.

Graciela Garay falou sobre a Cultura de Ética e Integridade no Futebol, destacando os pilares da CONMEBOL 2022 – 2026, regulamentos e políticas da CONMEBOL, bem como o canal de denúncias e a Certificação ISO 37001.

Gerardo Pelusso e Vanessa Arauz, instrutores CONMEBOL, apresentaram o trabalho realizado pelo grupo de análise na competição, destacando que é a primeira vez que este estudo é realizado na CONMEBOL Copa América Feminina.

A CONMEBOL continua impulsionando o desenvolvimento do futebol feminino sul-americano. A partir deste ano, a CONMEBOL Copa América Feminina será disputada a cada dois anos e terá, pela primeira vez, prêmios monetários, o que se traduz em oportunidades de desenvolvimento e competição para as mulheres do continente.

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias