NOTÍCIA DESTACADA

CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial
CONMEBOL Copa América de Beach Soccer dá o pontapé inicial
Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Juízes designados para a 6ª rodada
Juízes designados para a 6ª rodada

Finalíssima será Paraguai x Argentina pela CONMEBOL Copa América de Futsal

  • Invictos e após uma grande performance, argentinos e paraguaios se enfrentarão pelo título continental.
  • Argentina possui dois títulos em sua história e Paraguai irá em busca do seu primeiro.

Neste sábado foram revelados os finalistas da CONMEBOL Copa América de Futsal, que será disputada no SND Arena da cidade de Assunção.

Paraguai e Argentina são as melhores seleções do certame, após deixar no caminho a Colômbia e o Brasil respectivamente e, neste domingo, a partir das 17h00 (horário local), se enfrentarão para definir o novo campeão.

Paraguai 4-2 Colômbia

Paraguai confirmou presença na final após derrotar a Colômbia por 4-2 na primeira semifinal.

A seleção anfitriã esperou o momento certo e derrotou uma equipe colombiana que começou com vantagem através da anotação de Camilo Sánchez (12’).

Até então, as ações e o protagonismo eram dos ‘cafeteiros’ porém, uma falha do goleiro José Sánchez foi aproveitada por Arnaldo Báez que, com uma finalização aos 17’, anotou o gol do empate.

No segundo tempo a tensão do jogo subiu, não obstante, foi a seleção paraguaia que soube administrar melhor suas chances e conseguiram a vantagem por meio de Francisco Martínez (29’).

O desespero tomou conta da ‘Tricolor’, que descuidou sua zaga, e um gol de Julio Mareco (34’) veio através de um contra-ataque lateral.

O DT ‘cafeteiro’, Roberto Castillo, esgotou suas opções e mandou sua equipe buscar o desconto, que chegou mais uma vez pelos pés de Sánchez (37’).

O tempo se tornou inimigo para a Colômbia que, diante de seu desespero, viu seu arco cair mais uma vez. Um veloz ataque terminou com a definição do capitão Juan Salas (39’) para fechar o placar e a classificação da seleção paraguaia.

Brasil (1) 3-3 (2) Argentina

Argentina derrotou o Brasil por 2-1 nos pênaltis, após empatar 3-3 no clássico sul-americano.

A ‘Albiceleste’ mostrou seu grande potencial e, após varios avisos, marcou seu primeiro gol por meio de Lucas Bolo (7’).

Com tranquilidade e paciência, a Verde-Amarela encontrou seu jogo e foi martelando a equipe dirigida por Matías Lucuix e encontrou um pênalti, em que Ferrão (11’) marcou o empate.

Com a partida igualada, a perfomance física predominou mais do que a técnica e, com o ânimo diminuído, o primeiro tempo terminou.

No segundo tempo, as coisas começaram a melhorar para a seleção Canarinho que, após um tiro livre de Matheus aos 27’, encontrou a vantagem parcial.

Os argentinos usaram sua velocidade e, com chegadas muito profundas, ameaçaram as redes do goleiro brasileiro, que finalmente não conseguiu evitar o empate de Ángel Claudino (30’).

Com o empate, a ‘Albiceleste’ invadiu melhor o campo rival e Leandro Cuzzolino (34’) aumentou o placar, aproveitando um tiro livre sem barreira, logo depois que o goleiro Thiago Mendez defendeu uma chance clara de gol e fosse expulso do encontro.

Entretanto, as coisas não terminaram aí para o Brasil, que chegou ao empate em um movimento fortuito que Borruto (36′) acabou empurrando involuntariamente para dentro de sua própria rede.

A igualdade não foi rompida e a partida foi para a prorrogação, em que apesar do cansaço ambas seleções deram contra-ataques, e a figura dos goleiros Sarmientos e Diego tornou-se gigante.

Entretanto, na definição por pênaltis, Nico Sarmiento venceu a disputa, parando três cobranças do Brasil, finalmente classificando a Argentina.

– 9º e 7º lugar –

A Fase Final iniciou e no primeiro jogo Peru ficou com o 9º lugar após derrotar o Chile, enquanto Equador venceu a Bolívia nos pênaltis após empatar 2-2, para escalar ao sétimo lugar do torneio.

Chile 2-3 Peru

Gols: CHI: Nicolás Chacon (1′); Esteban Gonzalez (27′) /EQU: Sebastián Obando x2 (6′ e 39’) Eduardo Millares (32′).

Equador 2(7) – 2 (6) Bolívia

Gols: EQU: David Nazareno (35′); Johao Segura (39′) / BOL: Romer Herrera (13′); Saul Gareca (29′).

– A Final –

Ultimas Noticias