NOTICIA DESTACADA

A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
A Festa Sul-Americana chega a Córdoba!
Veja os classificados para a seguinte rodada da CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Veja os classificados para a seguinte rodada da CONMEBOL Libertadores Futsal 2022
Absolut Sport é o Parceiro Oficial de Pacotes de Viagem das Finais da CONMEBOL Libertadores e CONMEBOL Sudamericana
Absolut Sport é o Parceiro Oficial de Pacotes de Viagem das Finais da CONMEBOL Libertadores e CONMEBOL Sudamericana

Finalíssima será Paraguai x Argentina pela CONMEBOL Copa América de Futsal

  • Invictos e após uma grande performance, argentinos e paraguaios se enfrentarão pelo título continental.
  • Argentina possui dois títulos em sua história e Paraguai irá em busca do seu primeiro.

Neste sábado foram revelados os finalistas da CONMEBOL Copa América de Futsal, que será disputada no SND Arena da cidade de Assunção.

Paraguai e Argentina são as melhores seleções do certame, após deixar no caminho a Colômbia e o Brasil respectivamente e, neste domingo, a partir das 17h00 (horário local), se enfrentarão para definir o novo campeão.

Paraguai 4-2 Colômbia

Paraguai confirmou presença na final após derrotar a Colômbia por 4-2 na primeira semifinal.

A seleção anfitriã esperou o momento certo e derrotou uma equipe colombiana que começou com vantagem através da anotação de Camilo Sánchez (12’).

Até então, as ações e o protagonismo eram dos ‘cafeteiros’ porém, uma falha do goleiro José Sánchez foi aproveitada por Arnaldo Báez que, com uma finalização aos 17’, anotou o gol do empate.

No segundo tempo a tensão do jogo subiu, não obstante, foi a seleção paraguaia que soube administrar melhor suas chances e conseguiram a vantagem por meio de Francisco Martínez (29’).

O desespero tomou conta da ‘Tricolor’, que descuidou sua zaga, e um gol de Julio Mareco (34’) veio através de um contra-ataque lateral.

O DT ‘cafeteiro’, Roberto Castillo, esgotou suas opções e mandou sua equipe buscar o desconto, que chegou mais uma vez pelos pés de Sánchez (37’).

O tempo se tornou inimigo para a Colômbia que, diante de seu desespero, viu seu arco cair mais uma vez. Um veloz ataque terminou com a definição do capitão Juan Salas (39’) para fechar o placar e a classificação da seleção paraguaia.

Brasil (1) 3-3 (2) Argentina

Argentina derrotou o Brasil por 2-1 nos pênaltis, após empatar 3-3 no clássico sul-americano.

A ‘Albiceleste’ mostrou seu grande potencial e, após varios avisos, marcou seu primeiro gol por meio de Lucas Bolo (7’).

Com tranquilidade e paciência, a Verde-Amarela encontrou seu jogo e foi martelando a equipe dirigida por Matías Lucuix e encontrou um pênalti, em que Ferrão (11’) marcou o empate.

Com a partida igualada, a perfomance física predominou mais do que a técnica e, com o ânimo diminuído, o primeiro tempo terminou.

No segundo tempo, as coisas começaram a melhorar para a seleção Canarinho que, após um tiro livre de Matheus aos 27’, encontrou a vantagem parcial.

Os argentinos usaram sua velocidade e, com chegadas muito profundas, ameaçaram as redes do goleiro brasileiro, que finalmente não conseguiu evitar o empate de Ángel Claudino (30’).

Com o empate, a ‘Albiceleste’ invadiu melhor o campo rival e Leandro Cuzzolino (34’) aumentou o placar, aproveitando um tiro livre sem barreira, logo depois que o goleiro Thiago Mendez defendeu uma chance clara de gol e fosse expulso do encontro.

Entretanto, as coisas não terminaram aí para o Brasil, que chegou ao empate em um movimento fortuito que Borruto (36′) acabou empurrando involuntariamente para dentro de sua própria rede.

A igualdade não foi rompida e a partida foi para a prorrogação, em que apesar do cansaço ambas seleções deram contra-ataques, e a figura dos goleiros Sarmientos e Diego tornou-se gigante.

Entretanto, na definição por pênaltis, Nico Sarmiento venceu a disputa, parando três cobranças do Brasil, finalmente classificando a Argentina.

– 9º e 7º lugar –

A Fase Final iniciou e no primeiro jogo Peru ficou com o 9º lugar após derrotar o Chile, enquanto Equador venceu a Bolívia nos pênaltis após empatar 2-2, para escalar ao sétimo lugar do torneio.

Chile 2-3 Peru

Gols: CHI: Nicolás Chacon (1′); Esteban Gonzalez (27′) /EQU: Sebastián Obando x2 (6′ e 39’) Eduardo Millares (32′).

Equador 2(7) – 2 (6) Bolívia

Gols: EQU: David Nazareno (35′); Johao Segura (39′) / BOL: Romer Herrera (13′); Saul Gareca (29′).

– A Final –

Últimas Noticias