NOTICIA DESTACADA

Programa Evolução da CONMEBOL continua com palestras e capacitações
Programa Evolução da CONMEBOL continua com palestras e capacitações
Brasil é a primeira seleção sul-americana nas oitavas de Final
Brasil é a primeira seleção sul-americana nas oitavas de Final
Brasil e um passo fundamental para avançar às oitavas de final
Brasil e um passo fundamental para avançar às oitavas de final

Fortes emoções na semana de ida da 2ª Fase

  • Boa parte dos times locais conseguiram uma leve vantagem para a revanche.
  • Fluminense e Guarani surpreenderam com triunfos como visitantes.

Finalizaram as partidas de ida da 2ª Fase da CONMEBOL Libertadores 2022, com séries ainda abertas e sem tendências de vencedores, a exceção do chileno Everton que goleou o Monagas no primeiro encontro.

– Terça-feira

Everton 3-0 Monagas

O chileno Everton mostrou hierarquia ao derrotar o venezuelano Monagas por 3-0 no jogo de ida disputado no estádio Sausalito da cidade de Viña del Mar, na segunda fase da CONMEBOL Libertadores 2022.

Os gols do Everton foram anotados pelos atacantes argentinos Lucas Di Yorio aos 17 e 52 minutos, e Ismael Sosa aos 25’.

Números do jogo

  • Everton está em uma racha de 5 partidas como local na CONMEBOL Libertadores sem perder (3V 2E). Sua última derrota foi contra o Libertad na edição de 1977 desta competição.
  • Após marcar 2 gols contra o Monagas, Everton conseguiu anotar mais de um gol em um primeiro tempo de um jogo da CONMEBOL Libertadores pela primeira vez em sua história.
  • Everton marca mais de 2 gols em um jogo da CONMEBOL Libertadores pela primeira vez em sua história no torneio.
  • Óscar González disputou 7 jogos da CONMEBOL Libertadores para o Monagas, passando a ser o jogador com mais presença na equipe venezuelana na competição, além de ser o único jogador em estar presente em todos os jogos do elenco Tricolor na Libertadores.
  • Lucas Di Yorio é o primeiro jogador do Everton em anotar 2 gols em uma mesma partida da CONMEBOL Libertadores desde Jorge Spedaletti em 1977 x Olímpia. Além disso, foi o jogador com mais finalizações nesta partida: 6 disparos (4 deles foram chutes a gol).

Millonarios 1-2 Fluminense

Fluminense mostrou experiência internacional e ganhou por 2-1 nesta terça-feira em sua visita ao Millonarios, nos 2.600 metros de altura de Bogotá, no jogo de ida da 2ª Fase da Copa Libertadores 2022.

O venezuelano Eduardo Sosa adiantou os locais ao minuto 7, porém foi expulso pouco depois e abriu as portas para a virada dos cariocas através de David Braz (43’) e Germán Cano (77’).

Números do jogo

  • Fluminense é a primeira equipe em derrotar o Millonarios como visitante em uma partida de instâncias eliminatórias na CONMEBOL Libertadores. A equipe colombiana estava com uma marca de 6 vitórias e 3 empates em 9 partidas disputadas nesta etapa.
  • Fluminense nunca perdeu em sua partida de estreia em uma edição da CONMEBOL Libertadores (5V 3E). Além disso, o Flu começou ganhando nas três edições na qual Abel Braga foi seu treinador (2012, 2013 e 2022).
  • Eduardo Sosa anotou em seus últimos 2 jogos na CONMEBOL Libertadores, após não ter anotado em seus primeiros 4 no torneio. O venezuelano tinha anotado com o Zamora contra o Guarani em maio de 2017 antes de anotar o primeiro gol do Millonarios contra o Fluminense.
  • David Braz anotou gols com 4 times diferentes na história da CONMEBOL Libertadores (Fluminense, Grêmio, Flamengo e Santos). O único jogador brasileiro que o supera é Alecsandro, que anotou pelo menos 1 gol com 5 equipes diferentes na competição.
  • Fred superou Thiago Neves e agora é o jogador do Fluminense com mais partidas com o clube na história da CONMEBOL Libertadores (29). Além disso, o atacante é o principal artilheiro da equipe brasileira na história do torneio (15 gols).

– Quarta-feira

Plaza Colonia 2-0 The Strongest

O uruguaio Plaza Colonia venceu nesta terça-feira por 2-0 contra o boliviano The Strongest em Montevidéu, no jogo de ida da segunda fase da Copa Libertadores-2022.

Juan Mascia anotou os 2 gols do encontro, em um placar que pôde ter sido maior a favor do time local, que falharam um pênalti e jogaram mais da metade do jogo com um jogador a mais.

Números do jogo

  • Plaza Colonia consegue sua segunda vitória em dois jogos contra times bolivianos em competições CONMEBOL como local, em ambos terminou com o arco invicto (a anterior foi o 1-0 Blooming na Sudamericana 2016).
  • Nos últimos 36 jogos entre equipes uruguaias e bolivianas em competições CONMEBOL somente foi registrado um empate (0 a 0 entre Nacional e Oriente Petrolero na CONMEBOL Sudamericana 2015): 21 triunfos de times do Uruguai e 14 de equipes bolivianas.
  • A vitória desta noite é a quarta consecutiva e com o arco intacto de uma equipe uruguaia jogando como local contra uma boliviana na CONMEBOL Libertadores: Peñarol 4-0 San Jose em 2019, Peñarol 1-0 Wilstermann em 2020 e Wanderers 1-0 Bolivar em 2021.
  • Juan Cruz Mascia marcou os 2 primeiros gols do Plaza Colonia na história da CONMEBOL Libertadores. Além disso, esta noite o jogador marcou mais gols na competição que em seus 13 jogos anteriores disputados com as camisas do Nacional e Wanderers (1 gol).
  • A estreia do Plaza Colonia na Libertadores foi seu último jogo com mais chutes a gol (10), maior precisão de passes (acertou 86.7% dos 503 tentados) e com mais recuperações (58) dos 7 que disputou em competições CONMEBOL.

Bolívar 1-1 Universidad Católica

Universidad Católica do Equador fez um bom negócio nesta quarta, aos 3.600 m de altitude de La Paz ao empatar 1-1 com o Bolívar da Bolívia, na ida da segunda fase da CONMEBOL Libertadores 2022.

Os gols foram anotados por Francisco Da Costa (8′) para os locais e Ismael Díaz (11′) para os visitantes.

Números do jogo

  • Bolívar não conseguiu superar o empate 1-1 em seu primeiro encontro da CONMEBOL Libertadores contra o Universidad Católica do Equador, porém mantém sua condição de invicto como local contra rivais equatorianos na competição (5V 3E).
  • Bolívar soma 4 jogos sem perder como local na CONMEBOL Libertadores (3V 1E) e acumula 25 encontros seguidos anotando em casa (49 gols no total), sua segunda melhor racha anotadora como local na competição após os 34 desde 1995 até 2006 (80 anotações).
  • Universidad Católica do Equador continua sem conhecer a vitória como visitante na CONMEBOL Libertadores após 9 encontros fora de casa (2E 7D). Não obstante, os equatorianos empataram em suas duas visitas mais recentes, marcando 3 gols no total.
  • Bolívar realizou 12 finalizações desde fora da área contra o Universidad Católica do Equador, a maior quantidade para um time boliviano em um jogo da CONMEBOL Libertadores desde 14 de maio de 2021: Always Ready x Olímpia (18 disparos dessa distância).
  • Ismael Díaz anotou o gol do empate para o Universidad Católica do Equador neste jogo e passou a ser o quarto anotador diferente da equipe equatoriana na CONMEBOL Libertadores no século XXI, junto com Juan Manuel Tévez, Walter Chalá e Guillermo de los Santos.

América 0-1 Guaraní

O Guarani do Paraguai amargou a estreia histórica do América Mineiro na CONMEBOL Libertadores ao derrotá-lo por 1-0 em sua visita em Belo Horizonte, resultado que o motiva para fechar seu passe à terceira fase na próxima semana em Assunção.

Embora foram registradas 25 finalizações sobre o arco rival, 6 delas foram chutes a gol do colombiano Devis Vásquez, os ‘coelhos’ de Marquinhos Santos não encontraram a fórmula do gol no Estadio Independencia, na capital do Estado de Minas Gerais (centro).

Porém para os visitantes, em troca, foi suficiente um contra-ataque no encerramento do jogo, de Josué Colman (90+1′), para sair com a vitória e também respirar um pouco, após um fraco começo na liga.

Números do jogo

  • Todas as equipes brasileiras que não fizeram gols em sua estreia na CONMEBOL Libertadores perderam seus jogos. Além do América Mineiro hoje, Bahia em 1960, Bangu em 1986, Sport em 1988 e Santo André en 2005 também estrearam com derrotas e sem anotar gols.
  • Guarani finalizou uma sequência de 19 partidas invictas de brasileiros contra paraguaios na CONMEBOL Libertadores (14V 5E). A última vitória paraguaia contra um brasileiro no torneio também tinha sido do Guarani: 1-0 x Corinthians na segunda fase de 2020.
  • Guarani venceu 6 de seus últimos 10 jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (6V 4E). É o mesmo número que a equipe paraguaia tinha ganhado em seus 63 jogos anteriores como visitante na história do torneio (6V 18E 39D).
  • Guarani sofreu 25 finalizações na vitória contra o América Mineiro. Foi seu segundo jogo com mais finalizações recebidas na CONMEBOL Libertadores desde pelo menos 2013, só menos que os 29 contra Junior em 2018, quando perdeu 0-1.
  • Josué Colmán anotou seu primeiro gol na história da CONMEBOL Libertadores em seu nono jogo no torneio. Foi a primeira vez que o jogador paraguaio realizou mais de um chute a gol em uma mesma partida (2).

Barcelona 2-0 Universitario

Com gols que nasceram do banco de reservas, o Barcelona do Equador derrotou o Universitário de Deportes do Peru por 2-0 (0-0) na quarta-feira em Guayaquil na ida da segunda etapa da CONMEBOL Libertadores-2022.

O time ‘Torero’, que retornará a visita na próxima quarta-feira em Lima, obteve a vitória com gols de Erick Castillo (60′) e Carlos Garces (80′).

Números do jogo

  • O Barcelona do Equador rompeu uma racha de duas partidas em casa sem marcar gols na CONMEBOL Libertadores (1E 1D): Em toda a história da competição, El Ídolo nunca passou mais de duas partidas sem marcar gols em casa.
  • O Barcelona jogou cinco partidas como local contra equipes peruanas na CONMEBOL Libertadores e nunca perdeu (4V 1E). Além disso, sempre manteve o arco zerado.
  • Barcelona realizou 26 chutes a gol na partida, o maior número para a equipe equatoriana em uma partida da CONMEBOL Libertadores desde, pelo menos, 2013. Barcelona vinha de rematar 22 vezes na semana passada contra o Montevideo City Torque (0-0).
  • Barcelona terminou a partida com 65,1% de posse de bola, a mais alta em uma partida da CONMEBOL Libertadores para a equipe de Guayaquil, desde ter atingido 71,8% contra o Defensor Sporting em 12 de fevereiro de 2019.
  • Erick Castillo e Carlos Garcés foram os autores dos gols do Barcelona sobre o Universitario após saírem do banco. A última vez que El Ídolo fez essa façanha tinha sido na partida contra o Fluminense em 13 de agosto de 2021, quando Adonis Preciado e Gabriel Cortéz anotaram.

Audax Italiano 1-0 Estudiantes de La Plata

O chileno Audax Italiano conquistou uma dura vitória por 1 a 0 sobre o Estudiantes de La Plata na ida da segunda rodada nesta quarta-feira da CONMEBOL Libertadores 2022.

O único gol da Audax foi anotado pelo meio-campista Jorge Henríquez aos seis minutos de jogo. A vitória foi suficiente para o time encarar a revanche contra um time experiente na competição.

Números do jogo

  • Audax Italiano marcou gols em cada um de seus 13 últimos jogos da CONMEBOL Libertadores (7V 2E 4D), após a seca nos seus dois primeiros jogos da competição (1E 1D).
  • O jogo de hoje foi o segundo que o Audax Italiano disputou como local em instâncias eliminatórias da CONMEBOL Libertadores. Ambos terminaram com o mesmo resultado: vitória de 1×0 para a equipe chilena.
  • Estudiantes voltou a jogar no Chile pela CONMEBOL Libertadores depois de quase 39 anos e o resultado foi o mesmo de sua última visita ao país: derrota por 1×0. Naquela vez, Colo Colo o venceu em abril de 1983.
  • Audax Italiano tinha recebido apenas um cartão vermelho em seus 14 jogos anteriores da CONMEBOL Libertadores. Dessa vez, contra o Estudiantes de la Plata, levou dois cartões vermelhos em um intervalo de quatro minutos.
  • O gol de Henríquez para Audax Italiano aos 5:16 foi o mais rápido da história do clube na CONMEBOL Libertadores, excluindo os gols contras. O anterior foi marcado por Miguel Angel Romero após 10 minutos contra o Sportivo Luqueño em 2008.

– Quinta-feira

Olimpia 3-1 Atlético Nacional

Olímpia do Paraguai deu um golpe oportuno na CONMEBOL Libertadores 2022 nesta quinta com uma vitória suada de 3×1 sobre o Atlético Nacional da Colômbia na ida da segunda rodada.

Os gols da vitória dos tricampeões mundiais foram obras de Alejandro Silva (7′) e Fernando Cardozo (81′ e 90+2′). O Verdolaga fez o desconto através de Jarlan Barrera no minuto 46.

Números do jogo

  • Olímpia ganhou quatro de seus sete jogos contra o Atlético Nacional pela CONMEBOL Libertadores (1E 2D). ‘El Decano’ também venceu seus últimos cinco jogos em casa contra times colombianos na competição.
  • As equipes paraguaias ganharam nove de seus últimos 13 jogos recebendo times colombianos na CONMEBOL Libertadores (2E 2D).
  • Olímpia venceu os três jogos da CONMEBOL Libertadores apesar de ter menos posse de bola que seus adversários em cada um deles: esta noite foi de 42%, um pouco acima de sua média de 40% na Copa.
  • Dorlan Pabon, do Atlético Nacional, foi o jogador com mais finalizações na partida (5), apenas uma a menos de seu recorde pessoal desta temporada em todas as competições (6), contra o Alianza Petrolera em 12 de fevereiro.
  • Atlético Nacional rematou 16 vezes contra o Olímpia, um a mais do que a equipe paraguaia combinando os dois jogos da série anterior ante UCV do Peru (15).
  • Apesar da derrota, o Atlético Nacional somou 3,47 gols esperados de 16 finalizações contra os 1,52 do Olímpia de 15. Como resultado, foi o time visitante que dispôs de maior probabilidade de chutes a gol em termos estatísticos.

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias