NOTÍCIA DESTACADA

Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Palestras educativas antidoping na prévia da CONMEBOL Copa América de Beach Soccer 2022
Juízes designados para a 6ª rodada
Juízes designados para a 6ª rodada
Confira os times que avançaram à Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022
Confira os times que avançaram à Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022

“Ganhar a CONMEBOL LIBERTADORES ficará sempre na minha memória”

Después de toda a negociação, Alejandro Guerra deixou Atlético Nacional e se ficou como reforço do Palmeiras, do Brasil. Para o meio-campista foi complicado tomar a decisão de sair do campeão da América, mais considerou que era o tempo justo para um novo ar.

 

Después de toda a negociação, Alejandro Guerra deixou Atlético Nacional e se ficou como reforço do Palmeiras, do Brasil. Para o meio-campista foi complicado tomar a decisão de sair do campeão da América, mais considerou que era o tempo justo para um novo ar.

“Não foi fácil, por todas as alegrias que viví no Nacional, o clube que me deu um nome na América do Sul. Foi difícil, porém é parte do trabalho e espero que seja o melhor”, afirmou o ‘Lobo’, em declarações ao programa “El Alargue”.

“Ganhar a CONMEBOL LIBERTADORES BRIDGESTONE é uma coisa que vai ficar gravado no meu coração e memoria. Também, quando cantavam ‘venezolano’ no estádio… Isso para mim é inesquecível”, disse Guerra, que reiterou seu agradecimento aos torcedores e todos na instituição ‘verdolaga’.

O volante é otimista frente ao desafio que se aproxima e deseja responder para a confiança dos diretivos e corpo técnico do verdão dentro do campo, nos três anos pelos que assinou com o clube.

Por último, se referiu a Aldo Leao Ramírez, quem foi o primeiro reforço confirmado do elenco antioquenho e destacou sua experiência no futebol internacional

 

 

FútbolRed

Ultimas Noticias