NOTICIA DESTACADA

CONMEBOL organiza workshop com patrocinadores em Córdoba
CONMEBOL organiza workshop com patrocinadores em Córdoba
Mudança de horário nas Semifinais: Independiente del Valle x Melgar
Mudança de horário nas Semifinais: Independiente del Valle x Melgar
Colômbia e Brasil partem às quartas de final do Mundial Feminino Sub-20
Colômbia e Brasil partem às quartas de final do Mundial Feminino Sub-20

Gigantes tocam o topo no encerramento da 3ª jornada da Fase de Grupos

  • Palmeiras e Flamengo, finalistas da edição passada, voltam a firmar uma nova vitória e se instalam na ponta de seus respectivos grupos.
  • Veja aqui o resumo da terceira semana da Fase de Grupos.

Na quinta terminou uma rodada intensa de jogos em que vários campeões se situaram no topo da tabela.

Grupo A

– Terça, em Sucre: Independiente Petrolero (BOL) 1-2 Deportivo Táchira (VEN)

Números do jogo

  • Foi a primeira derrota do Independiente Petrolero jogando como local nas competições CONMEBOL. Seu histórico em casa em torneios continentais agora se equilibra com uma vitória, um empate e esta derrota.
  • Deportivo Táchira ganhou pela primeira vez como visitante nos últimos 28 jogos disputados em competições CONMEBOL (1V 6E 21D). Este triunfo põe fim a sua racha histórica mais longa sem ganhar fora de casa em torneios continentais.
  • É a primeira vez na história que um time da Venezuela sai vitorioso em terras bolivianas na CONMEBOL Libertadores. Até a vitória de hoje do Deportivo Táchira, as equipes venezuelanas tiveram um empate e 14 derrotas visitando a Bolívia na competição.
  • Após uma média de quatro gols sofridos por partida fora de casa na CONMEBOL Libertadores (4D) entre fevereiro de 2020 e maio de 2021, o Deportivo Táchira sofreu apenas dois gols em suas duas últimas saídas de seu país na competição (1V 1E).

– Quarta, em Guayaquil: Emelec (EQU) 1-3 Palmeiras (BRA)

Números do jogo

  • Palmeiras estende sua série invicta, a mais longa da história da CONMEBOL Libertadores, para 17 partidas (12V 5E). O clube brasileiro marcou gols em cada um de seus últimos 11 jogos fora de casa no torneio (7V 4E).
  • O Palmeiras venceu suas últimas seis partidas contra equipes equatorianas na CONMEBOL Libertadores, sua maior série de vitórias contra equatorianos no torneio.
  • O Palmeiras venceu suas três primeiras partidas da fase de grupos pela terceira temporada consecutiva. Em apenas uma de suas 18 aparições anteriores, alcançou 100% de eficácia em suas três primeiras partidas nesta fase, a primeira foi tinha sido em 1968.
  • Rony marcou seu 13º gol pelo Palmeiras na Libertadores, superando Alex como o artilheiro do Verdão na história do torneio. Palmeiras venceu cada uma das 10 partidas em que Rony anotou.

Grupo B

– Terça, em Assunção: Libertad (PAR) 1-0 Athletico Paranaense (BRA)

Números do jogo

  • Libertad conseguiu três vitórias consecutivas em casa na CONMEBOL Libertadores pela segunda vez nos últimos 10 anos da competição. A ocasião anterior foi entre fevereiro e abril de 2019 (4V).
  • Libertad marcou gols em seus últimos sete jogos da CONMEBOL Libertadores (4V 2E 1D). É sua maior racha anotando no torneio em partidas consecutivas desde os 10 jogos entre abril de 2012 e março de 2013 (5V 5E).
  • Libertad foi a primeira equipe paraguaia a enfrentar o Athletico Paranaense na CONMEBOL Libertadores e manteve seu arco intacto. O Furacão chegou a anotar em cada uma de suas seis partidas anteriores contra times paraguaios no torneio (4V 1E 1D).
  • Martín Silva foi o responsável pela primeira defesa de pênalti de um goleiro do Libertad na CONMEBOL Libertadores desde, pelo menos, 2013. Todos os oito pênaltis anteriores enfrentados pelo Gumarelo nesse intervalo foram convertidos.
  • Cristian Riveros é o jogador mais velho a marcar um gol pela Libertadores na história da CONMEBOL Libertadores, aos 39 anos e 192 dias na partida contra o Athletico Paranaense.

– Quarta, em La Paz: The Strongest (BOL) 1-1 Caracas FC (VEN)

Números do jogo

  • Caracas empatou com The Strongest em seu primeiro jogo contra esse time nas competições CONMEBOL e conquistou pontos pela primeira vez na Bolívia no torneio.
  • The Strongest aumentou sua racha para 6 jogos sem perder como local na CONMEBOL Libertadores (4V 2E), marcando um total de 11 gols nesse intervalo.
  • Caracas é a segunda equipe venezuelana que consegue marcar na Bolívia na CONMEBOL Libertadores, após Unión Atlético Maracaibo em março de 2007 (2-2 x Real Potosí).
  • Apesar do empate, The Strongest realizou 31 finalizações no jogo contra o Caracas, 8 deles foram chutes a gol. Rodrigo Amaral foi o jogador com mais finalizações na equipe boliviana (6).
  • Samson Akinyoola marcou o gol do Caracas sobre The Strongest e se posiciona como o segundo máximo artilheiro africano na CONMEBOL Libertadores, com 3 gols, atrás de Ibrahim Salisu (8).

Grupo C

– Terça, em Buenos Aires: Vélez Sarsfield (ARG) 1 x 2 Nacional (URU)

Números do jogo

  • Nacional está invicto enfrentando o Vélez na CONMEBOL Libertadores, com 3 vitórias e 2 empates nesses encontros.
  • Com sua vitória sobre o Vélez, Nacional corta uma racha de 5 jogos sem conseguir vitórias como visitantes na CONMEBOL Libertadores (2E 3D).
  • Nacional não conseguia vencer na Argentina marcando mais de um gol na CONMEBOL Libertadores desde a vitória de 2-0 do Banfield na edição de 2010. Desde esse jogo, Nacional conseguiu 4 vitórias na Argentina, todas por 1-0 (3E 3D).
  • Emmanuel Gigliotti anotou sua primeira dobradinha em um mesmo jogo na CONMEBOL Libertadores na vitória sobre o Vélez. Previamente tinha anotado 2 gols, ambos com a camisa do Independiente na edição de 2018.

– Terça, em La Plata: Estudiantes de La Plata (ARG) 2 x 0 Red Bull Bragantino

Números do jogo

  • Estudiantes acumula 6 partidas consecutivas com triunfos como local na CONMEBOL Libertadores, sua racha mais longa desde a sequência de 7 vitórias entre fevereiro de 2010 e março de 2011.
  • Estudiantes está em uma racha de duas vitórias como local na CONMEBOL Libertadores contra equipes do Brasil pela segunda vez na história. A anterior foi quando conseguiu vencer 3 partidas entre abril de 2006 e abril de 2009.
  • Equipes argentinas têm um invicto de 3 jogos (2V 1E) contra equipes do Brasil como locais na CONMEBOL Libertadores, a racha mais longa desde os três jogos entre maio e julho de 2021 (3E).
  • Agustín Rogel anotou seu quarto gol na CONMEBOL Libertadores 2022, sendo o zagueiro com mais gols no atual torneio, e o único com mais de 1 gol convertido.
  • Com seu gol sobre Red Bull Bragantino, Mauro Boselli iguala Juan Ramón Verón como máximo artilheiro do Estudiantes de La Plata na Libertadores, com 13 gols.

Grupo D

– Terça, em Quito: Independiente del Valle (EQU) 1 x 1 Atlético Mineiro (BRA)

Números do jogo

  • Independiente Del Valle continua invicto na CONMEBOL Libertadores 2022 (1V 2E). É a segunda vez que estreia sem derrotas em seus três primeiros jogos na fase de grupos do torneio. A anterior foi em 2020 (3V).
  • Atlético Mineiro não perdeu suas últimas 16 partidas na CONMEBOL Libertadores (9V 7E). Só Flamengo e Sporting Cristal tiveram rachas invictas mais longas que a atual do Galo na história do torneio, ambos com 17 jogos sem perder.
  • As últimas duas equipes brasileiras que visitaram o Independiente Del Valle na Libertadores não foram derrotadas (Atlético Mineiro e Palmeiras), após 4 derrotas de equipes do Brasil fora de casa contra a equipe equatoriana.
  • Com o gol anotado hoje, Hulk é o segundo máximo artilheiro do Atlético Mineiro na história da CONMEBOL Libertadores, com 8 gols, junto com Juan Cazares e Guilherme, só atrás de Jô (11).
  • Junior Sornoza anotou 3 gols jogando contra o Atlético Mineiro pela CONMEBOL Libertadores, sua máxima marca contra um rival no torneio.

– Quarta, em Belo Horizonte: América Mineiro (BRA) 2 x 3 Deportes Tolima (COL)

Números do jogo

  • Deportes Tolima venceu seu primeiro jogo como visitante no Brasil na história da CONMEBOL Libertadores (1V 1E 4D). Além disso, anotou 3 gols sobre o América Mineiro, após ter anotado só 1 nas 5 visitas anteriores.
  • Foi a primeira vitória de uma equipe colombiana anotando pelo menos 3 gols no Brasil na CONMEBOL Libertadores desde a vitória do Independiente Medellín sobre Athletico Paranaense em maio de 2005 (0-4).
  • O segundo gol de Anderson Plata é o gol mais demorado do Deportes Tolima na história da CONMEBOL Libertadores. É o primeiro tanto do Tolima nos acréscimos do segundo tempo desde o gol de Janio Cabezas sobre Deportivo Táchira em 1982.
  • O gol de Pedrinho aos 54 minutos contra o Tolima foi o primeiro do América Mineiro em casa na Libertadores, após 324 minutos disputados. O Coelho não tinha anotado em seus três últimos jogos como local no torneio.
  • Anderson Plata anotou 3 gols em seus últimos 2 jogos na CONMEBOL Libertadores, após marcar apenas 1 nos últimos 16 jogos no torneio.

Grupo E

– Terça, em São Paulo: Corinthians (BRA) 2 x 0 Boca Juniors (ARG)

Números do jogo

  • Corinthians bateu Boca pela segunda vez em sete partidas disputadas na CONMEBOL Libertadores (3E 2D): a única vez que o Timão tinha derrotado os ‘Xeneizes’ foi no jogo de volta da final da edição 2012.
  • Corinthians ganhou 5 de suas últimas 7 apresentações em competições CONMEBOL (2D): todas as vitórias terminaram com seu arco intacto.
  • Corinthians só perdeu 1 de seus últimos 10 confrontos com times argentinos em competições CONMEBOL (3V 6E): contra o Independiente na Libertadores de 2018.
  • Maycon, do Corinthians, anotou pela primeira (e segunda) vez um gol na CONMEBOL Libertadores em 12 jogos disputados. O último gol do meio-campista em uma competição internacional tinha sido para o Shakhtar Donetsk contra Hoffenheim na UEFA Champions League da temporada 2018/19.

Quinta, em La Paz: Always Ready (BOL) 2 x 2 Deportivo Cali (COL)

Números do jogo

  • Este foi o primeiro empate do Always Ready como local na CONMEBOL Libertadores em oito jogos na competição (3V 1E 4D).
  • Com este empate, Deportivo Cali termina uma racha de 14 derrotas consecutivas como visitante na CONMEBOL Libertadores, a pior racha da equipe colombiana fora de casa na máxima competição continental.
  • Deportivo Cali anotou exatamente dois gols por jogo como visitante em 4 de suas últimas 6 visitas pela CONMEBOL Libertadores. Porém, este é o primeiro em 6 jogos que consegue um ponto (1E 5D).

Grupo F

– Quarta, em Fortaleza: Fortaleza (BRA) 2 x 1 Alianza Lima (PER)

Números do jogo

  • Fortaleza não empatou no placar final em nenhum dos jogos que disputou em competições CONMEBOL. Com o resultado de hoje conta com dois triunfos e três derrotas.
  • Alianza Lima, após 11 jogos consecutivos sem marcar gol como visitante em competições CONMEBOL (2E 9D), conseguiu anotar, ao menos, um gol em 3 de seus últimos 4 jogos fora de casa na CONNMEBOL Libertadores (4D).
  • Com a vitória do Fortaleza sobre Alianza Lima, são agora 47 partidas consecutivas nas quais equipes brasileiras, como locais, não perdem jogando contra os peruanos na CONMEBOL Libertadores (43V 4E).
  • Yago Pikachu realizou sua terceira assistência na atual CONMEBOL Libertadores, passando a ser o jogador com mais assistências na competição (junto com Luis Henrique do Fluminense).

– Quarta, em Santiago: Colo Colo (CHI) 1 x 2 River Plate (ARG)

Números do jogo

  • River só perdeu 1 de seus últimos 12 jogos como visitante na CONMEBOL Libertadores (6V 5E). Além disso, não sofreu gols em 4 de suas últimas 8 apresentações fora de casa.
  • River chegou a sua sexta vitória consecutiva e sua sétima partida jogando como visitante no Chile em competições CONMEBOL: quatro na CONMEBOL Libertadores e duas na Copa Mercosul.
  • Colo-Colo é a primeira equipe em anotar um gol sobre River na atual CONMEBOL Libertadores. O ‘Millonario’ recebeu 22 finalizações (14 gols) no atual torneio.
  • Juan Martín Lucero anotou o único tanto do Colo-Colo na partida. O argentino é o artilheiro do Cacique até agora em 2022 (CONMEBOL Libertadores + Primeira Divisão do Chile) com 7 gols em 12 jogos.
  • Desde que voltou a jogar com continuidade após sua lesão, Matías Suárez (River Plate) tem uma média de 1 gol em cada 103 minutos (4 gols em 411 minutos disputados).

Grupo G

– Quarta, em Assunção: Cerro Porteño (PAR) 1 x 0 Peñarol (URU)

Números do jogo

  • Cerro Porteño derrotou o Peñarol e deixou equilibrada a marca entre ambos na CONMEBOL Libertadores, com um empate e duas vitórias cada. Cerro Porteño se mantém invicto como local contra o Peñarol (2V 1E).
  • Cerro Porteño, com este triunfo sobre o Peñarol, soma duas vitórias seguidas na CONMEBOL Libertadores, ambas como local. A equipe paraguaia não conseguia vitórias consecutivas em uma mesma edição do torneio desde 2019 (4).
  • Já são cinco vitórias consecutivas do Cerro Porteño como local contra rivais uruguaios em competições CONMEBOL, deixando seu arco invicto em três delas.
  • Juan Patiño, capitão do Cerro Porteño, venceu 8 duelos individuais (quatro por via aérea), interceptou 3 bolas e desviou outras 9, todos são registros máximos da equipe paraguaia neste jogo.

– Quinta, em Assunção: Olímpia (PAR) 0 x 0 Colón (ARG)

Números do jogo

  • Olimpia aumentou para cinco partidas sua racha invicta como local na CONMEBOL Libertadores (3V 2D), sua melhor série sem cair em casa na competição desde as 8 partidas consecutivas entre março de 2016 e abril de 2019 (7V 1E).
  • O empate com o Olimpia fez que Colón cortasse sua pior racha histórica de derrotas consecutivas como visitante na CONMEBOL Libertadores (4D).
  • É a primeira partida na história do Colón como visitante na CONMEBOL Libertadores que pôde manter seu arco zerado (2E 6D).
  • É apenas o segundo jogo do Colón em competições CONMEBOL jogando como visitante, desde pelo menos 2013, em não receber nenhum cartão amarelo no encontro (4V 2E 4D).
  • As 6 defesas realizadas em só um jogo por Gastón Olveira, do Olímpia, significam o máximo para o goleiro uruguaio em 18 jogos de competições CONMEBOL (empatado com as 6 contra o Santos em fevereiro 2019).

Grupo H

Terça, em Córdoba: Talleres (ARG) 1 x 0 Sporting Cristal (PER)

Números do jogo

  • Talleres chega a 5 partidas sem derrotas jogando como local na CONMEBOL Libertadores (3V 2E), deixando sua barreira invicta em cada uma das vitórias.
  • É a primeira vez na história em sua participação na CONMEBOL Libertadores, que Talleres venceu um jogo com um gol e uma assistência de jogadores que ingressaram desde o banco (Matías Godoy e Matías Esquivel)
  • Matías Godoy, do Talleres, que disputou só 51 minutos contra o Sporting Cristal, conseguiu sua partida com mais assistências de finalização (3) do ano (incluindo CONMEBOL Libertadores e Copa da LPF) e entregar o passe para gol para que Matías Esquivel marcasse o único gol do jogo.

Quinta, em Santiago: Universidad Católica (CHI) 2 x 3 Flamengo (BRA)

Números do jogo

  • Flamengo ganhou do Universidad Católica pela primeira vez fora de casa em seu quarto jogo como visitante contra esse adversário na CONMEBOL Libertadores (1V 3D). Também anotou mais de um gol pela primeira vez nessas partidas.
  • Flamengo venceu seus últimos 5 jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores. É a maior racha vencedora como visitante na história junto com América, Palmeiras (2x) e Universitario.
  • É a segunda temporada consecutiva que o Flamengo estreia com três vitórias na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores, após nunca ter vencido os primeiros 3 jogos em suas 15 participações anteriores nesta fase.
  • Pela primeira vez, Universidad Católica teve a seu favor 2 gols contras em um só jogo da CONMEBOL Libertadores. Assim, são sete gols contra a favor dos ‘Cruzados’ na história do torneio; todos como locais.
  • Com os dois gols de hoje, Gabigol fez 26 conversões na CONMEBOL Libertadores, superando Fred e Palhinha (25), sendo o segundo máximo artilheiro brasileiro na história do torneio, só atrás de Luizão (29).
  • Desde suas estreias com o Flamengo na CONMEBOL Libertadores 2019, Gabi (31) e Bruno Henrique (30) são os jogadores com mais participações em gols no torneio. Gabi é o artilheiro neste intervalo (25 gols) e Bruno Henrique é jogador com mais assistências (14).

CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias