Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

Chaveamento da CONMEBOL Libertadores de Futsal: veja como ficaram os caminhos para a próxima etapa
Chaveamento da CONMEBOL Libertadores de Futsal: veja como ficaram os caminhos para a próxima etapa
Modificação no regulamento da CONMEBOL Copa América™
Modificação no regulamento da CONMEBOL Copa América™
Veja os primeiros classificados às quartas de final
Veja os primeiros classificados às quartas de final
Museo Conmebol
Cree en Grande

Grandes jogos na 2ª rodada da fase de grupos da Libertadores



  • Os duelos da 2ª rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores serão disputados de 9 a 11 de abril.

  • Dezesseis jogos serão realizados em sete países sul-americanos.


Uma nova jornada da CONMEBOL Libertadores 2024 começa na terça-feira, 9 de abril, com a 2ª rodada da fase de grupos, na qual os 32 clubes participantes se enfrentarão com o objetivo de chegar mais perto das oitavas de final.

Veja a seguir todos os dados da 2ª rodada da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2024.



– Terça, 09 de abril:


Em La Plata: Estudiantes (ARG) x The Strongest (BOL)

Estádio: Jorge Luis Hirschi

Horário: 19h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Nicolás Gallo (COL)

VAR: Juan E. López (PAR)

Antecedentes:

  • Estudiantes e The Strongest nunca se enfrentaram na CONMEBOL Libertadores.

  • Dos 70 jogos do Estudiantes em casa, o clube ganhou 55 deles na CONMEBOL Libertadores. O Pincha tem a melhor porcentagem de vitórias entre os clubes com mais de seis jogos em casa. (79%).

  • The Strongest venceu como local em sua estreia na CONMEBOL Libertadores 2024. O Tigre tentará vencer uma partida fora da Bolívia pela primeira vez na história do torneio, após apenas uma conquista como local.


Em Porto Alegre: Grêmio (BRA) x Huachipato (CHI)

Estádio: Arena do Grêmio

Horário: 19h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Leodan González (URU)

VAR: José Burgos (URU)

Antecedentes:

  • Grêmio e Huachipato dividiram um grupo na edição de 2013 da CONMEBOL Libertadores, a única vez que se encontraram no torneio. Os Acereros ficaram invictos em suas duas partidas contra o Imortal (1V e 1E): 2 a 1 como visitante e 1 a 1 em casa.

  • Grêmio perdeu apenas quatro dos 54 jogos em casa na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores (38V, 12E e 4D). Uma dessas derrotas foi contra o Huachipato: 1 a 2 na edição de 2013.

  • Huachipato só havia participado duas vezes da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores: 1975 e 2023. Em sua primeira participação, os Acereros não venceram nenhuma partida fora de casa (1E e 2D). Na segunda vez que participaram, não perderam fora de casa (2V e 1E).


Em Assunção: Libertad (PAR) x Deportivo Táchira (VEN)

Estádio: La Huerta

Horário: 20h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Andrés Rojas (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Antecedentes:

  • Libertad e o Deportivo Táchira se enfrentaram quatro vezes na CONMEBOL Libertadores: na fase de grupos de 2004 e nas eliminatórias de 2010. O time que jogou como visitante nunca ganhou a partida. O Gumarelo venceu um jogo e empatou outro quando jogou em casa, enquanto o Aurinegro venceu os dois jogos como local.

  • Houve gols de ambos os times em cada um dos seis jogos na casa do Libertad contra adversários venezuelanos na CONMEBOL Libertadores: quatro vitórias para o Gumarelo, um empate e uma derrota.

  • Deportivo Táchira tem duas vitórias fora da Venezuela na história da CONMEBOL Libertadores, uma delas no Paraguai: 2 a 1 contra o Guaraní em 2009.


No Rio de Janeiro: Fluminense (BRA) x Colo-Colo (CHI)

Estádio: Maracanã

Horário: 21h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

VAR: Juan Soto (VEN)

Antecedentes:

  • Fluminense e Colo-Colo nunca se enfrentaram na CONMEBOL Libertadores: essa será uma das duas partidas da 2ª rodada entre ex-campeões, juntamente com River Plate x Nacional.

  • Fluminense marcou gols em cada um dos seus últimos 13 jogos em casa pela CONMEBOL Libertadores (8V, 4E e 1D). Essa é a melhor sequência de gols do Flu, jogando em casa, na história do torneio.

  • Colo-Colo não perdeu seus dois últimos jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (1V e 1E): a última vez que o Cacique enfileirou três vitórias consecutivas como visitante foi entre março e abril de 2018 (1V e 2E).


Em Barranquilla: Junior (COL) x Universitario (PER)

Estádio: Metropolitano Roberto Meléndez

Horário: 21h00 (hora local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Leandro Rey (ARG)

VAR: Hernán Mastrangelo (ARG)

Antecedentes:

  • Junior e Universitario se enfrentaram quatro vezes na CONMEBOL Libertadores, sempre na fase de grupos (2000 e 2001). O Tiburón nunca perdeu (3V e 1E).

  • Junior está invicto em seus últimos cinco jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (2V e 3E). Sendo que seus três últimos jogos dessa série terminaram em empate com o mesmo placar (1 a 1).

  • Universitario sofreu gols em cada um dos seus últimos 11 jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (1V, 1E e 9D). Nas duas vezes em que marcou, evitou a derrota: 3 a 1 x Deportivo Capiatá em 2017 e 1 a 1 x Carabobo em 2020.



– Quarta, 10 de abril:


Em Quito: Independiente Del Valle (EQU) x San Lorenzo (ARG)

Estádio: Banco Guayaquil

Horário: 17h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Jhon Hinestroza (COL)

VAR: Fernando Vejar (CHI)

Antecedentes:

  • Independiente Del Valle enfrentou o San Lorenzo duas vezes na CONMEBOL Libertadores, ambas na fase de grupos de 2014. O time argentino continua invicto contra o IDV, vencendo por 1 a 0 em casa e empatando em 1 a 1 como visitante.

  • Independiente Del Valle perdeu apenas um de seus 31 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (19V, 11E e 1D). Essa é a menor porcentagem de derrotas entre as equipes com mais de 20 jogos na competição (3%).

  • A última vitória do San Lorenzo fora de casa na CONMEBOL Libertadores foi em sua última visita ao Equador: 1 a 0 x Emelec, nas oitavas de final em 2017.


Em Assunção: Cerro Porteño (PAR) x Alianza Lima (PER)

Estádio: Ueno La Nueva Olla

Horário: 18h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

VAR: Jhon Perdomo (COL)

Antecedentes:

  • Cerro Porteño e o Alianza Lima já se enfrentaram quatro vezes na CONMEBOL Libertadores, duas nas semifinais de 1978 e duas na fase de grupos de 2002. Nunca houve uma vitória para os visitantes nesses encontros. O Ciclón venceu duas partidas quando jogou como local, enquanto os Blanquiazules ganharam uma e empataram outra em casa.

  • Cerro Porteno triunfou em nove de suas onze partidas em casa contra adversários peruanos na CONMEBOL Libertadores. As exceções foram o empate com o Universitario em 1991 (0 a 0) e a derrota para o Cusco em 2013 (0 a 1).

  • A única vitória do Alianza Lima nos últimos 12 anos da CONMEBOL Libertadores foi no Paraguai: 2 a 1 x Libertad na fase de grupos do ano passado.


Em Belo Horizonte: Atlético Mineiro (BRA) x Rosario Central (ARG)

Estádio: Arena MRV

Horário: 19h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

VAR: Augusto Méndez (PER)

Antecedentes:

  • O confronto entre Atlético Mineiro e Rosario Central é o único da 2ª rodada entre dois times que já disputaram uma final continental: Rosário venceu a Copa CONMEBOL em 1995, derrotando o Galo nos pênaltis.

  • Atlético Mineiro está invicto em seus últimos nove jogos da CONMEBOL Libertadores contra adversários argentinos (5V e 4E). Nos seus últimos quatro jogos, o Galo não sofreu nenhum gol (2V e 2E).

  • A última vitória do Rosário Central fora de casa na CONMEBOL Libertadores foi no Brasil: 1 a 0 x Grêmio, nas oitavas de final em 2016.


Em Montevidéu: Peñarol (URU) x Caracas (VEN)

Estádio: Campeón del Siglo

Horário: 21h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Felipe González (CHI)

VAR: Rodrigo Carvajal (CHI)

Antecedentes:

  • Peñarol e Caracas já fizeram dois jogos entre si na CONMEBOL Libertadores, ambos nas eliminatórias de 2012. O Fogonero está invicto contra o time venezuelano, vencendo por 4 a 0 em casa e empatando em 1 a 1 como visitante.

  • Peñarol tem uma sequência invicta em casa, em seus 13 últimos jogos na CONMEBOL Libertadores (11V e 2E). Também manteve suas traves zeradas em nove jogos nesse período (8V e 1E).

  • Caracas é o time venezuelano com o maior número de vitórias fora de casa na CONMEBOL Libertadores (8).


No Rio de Janeiro: Flamengo (BRA) x Palestino (CHI)

Estádio: Maracanã

Horário: 21h30 (hora local) – 00:30h (GMT)

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

VAR: Germán Delfino (ARG)

Antecedentes:

  • A disputa entre Flamengo e Palestino na CONMEBOL Libertadores será inédita. O Mengão está invicto nos últimos sete jogos contra times chilenos no torneio (5V e 2E).

  • Flamengo venceu suas últimas 13 partidas em casa na CONMEBOL Libertadores. Somente três clubes conseguiram alcançar a 14ª vitória consecutiva em casa na história do torneio: El Nacional (19), São Paulo (18) e Corinthians (14).

  • Palestino venceu seus dois últimos jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores: é a primeira vez que o time chileno registra duas vitórias consecutivas jogando como visitante.


Em São Paulo: São Paulo (BRA) x Cobresal (CHI)

Estádio: Cícero Pompeu de Toledo – Morumbi

Horário: 21h30 (hora local) – 00:30h (GMT)

Árbitro: Carlos Ortega (COL)

VAR: Yadir Acuña (COL)

Antecedentes:

  • Será a primeira partida em que São Paulo e Cobresal se enfrentarão na CONMEBOL Libertadores. O Tricolor paulista perdeu apenas uma de suas últimas dez partidas contra equipes chilenas no torneio (5V, 4E e 1D).

  • São Paulo marcou gols em 50 de seus 54 jogos em casa na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores (37V, 10E e 7D).

  • Cobresal perdeu seus três últimos jogos fora de casa em sua última fase de grupos da CONMEBOL Libertadores (2016), depois de ficar invicto nessa fase em sua primeira participação no torneio (1V e 2E em 1986).


Em Guaiaquil: Barcelona (EQU) x Talleres (ARG)

Estádio: Monumental Banco Pichincha

Horário: 21h00 (hora local) – 02:00h (GMT)

Árbitro: Esteban Ostojich (URU)

VAR: Andrés Cunha (URU)

Antecedentes:

  • Barcelona e Talleres vão se enfrentar pela primeira vez no torneio. O Ídolo venceu seus dois últimos jogos em casa contra adversários argentinos: 1 a 0 x Boca Juniors e 3 a 1 x Vélez.

  • Excluindo os jogos contra adversários brasileiros, o Barcelona não perdeu em seus últimos sete jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (5V e 2E). O time está a quatro jogos sem sofrer gols nessa sequência (3V e 1E).

  • Talleres sofreu gols em apenas um de seus últimos quatro confrontos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (2V, 1E e 1D). Sua única derrota fora de casa nesse intervalo foi para o Vélez, nas quartas de final de 2022 (0 a 3).



– Quinta, 11 de abril:


Em La Paz: Bolívar (BOL) x Millonarios (COL)

Estádio: Hernando Siles

Horário: 18h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

VAR: Carlos Orbe (EQU)

Antecedentes:

  • Bolívar e Millonarios jogaram entre si duas vezes na CONMEBOL Libertadores, ambas nas oitavas de final da edição de 1989. Cada clube venceu o jogo que disputou em casa.

  • Bolívar marcou gols em 29 dos últimos 30 jogos da CONMEBOL Libertadores em casa (19V, 6E e 5D). A exceção foi a última: 0 a 1 x Internacional nas quartas de final da edição do ano passado.

  • Millonarios já venceu em sete dos 10 países sul-americanos que visitou na CONMEBOL Libertadores. Falta ganhar na Bolívia (2D), Venezuela (1E e 2D) e no Paraguai (1E e 2D).


Em Quito: LDU Quito (EQU) x Botafogo (BRA)

Estádio: Rodrigo Paz Delgado

Horário: 17h00 (hora local) – 22:00h (GMT)

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

VAR: Andrés Cunha (URU)

Antecedentes:

  • LDU e Botafogo se enfrentarão pela primeira vez na CONMEBOL Libertadores. Como visitantes, os clubes brasileiros venceram as duas últimas partidas com a Liga.

  • No quesito número de jogos disputados, LDU vai empatar com a Universidad de Chile na CONMEBOL Libertadores (163): ambas passarão a ocupar a 24ª posição no ranking geral.

  • Botafogo está invicto em seus dois últimos jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (2E). Apenas uma vez o Fogão enfileirou três jogos ganhos fora de casa na Copa, em suas três primeiras partidas na competição (2V e 1E em 1963).


Em São Paulo: Palmeiras (BRA) x Liverpool (URU)

Estádio: Alianz Parque

Horário: 21h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)

VAR: Benjamín Saravia (CHI)

Antecedentes:

  • Palmeiras e Liverpool nunca se enfrentaram na CONMEBOL Libertadores. O Verdão venceu seus últimos três jogos contra adversários uruguaios no torneio.

  • Palmeiras empatará com Universidad Católica na quantidade de jogos disputados na CONMEBOL Libertadores (236): os dois dividirão o 11º lugar no ranking geral do torneio.

  • O jogo com o Palmeiras será o 12ª do Liverpool na história da CONMEBOL Libertadores, cinco deles contra times brasileiros.


Em Buenos Aires: River Plate (ARG) x Nacional (URU)

Estádio: Mas Monumental

Horário: 21h00 (hora local) – 00:00h (GMT)

Árbitro: Cristian Garay (CHI)

VAR: Juan Lara (CHI)

Antecedentes:

  • River Plate (391) e Nacional (420) são os dois times com o maior número de partidas na história da CONMEBOL Libertadores. Este será o sétimo jogo entre eles na história da Copa, com quatro vitórias do Millonario, um empate e uma derrota.

  • River Plate está invicto em seus últimos nove jogos em casa contra times uruguaios na CONMEBOL Libertadores (7V e 2E). Millonario não sofreu nenhum gol do Nacional nos últimos três jogos (2V e 1E).

  • Nacional ganhou sete jogos fora de casa na Argentina na CONMEBOL Libertadores, o maior número entre todos os times não argentinos. O Bolso é o segundo clube que jogou o maior número de partidas fora de casa na Argentina na Copa (31PJ), atrás apenas do Peñarol (36).




CONMEBOL.com / OPTA

Ultimas Noticias