NOTÍCIAS DESTACADA

CONMEBOL, em conjunto com as Associações Membro, concede prêmios para aumentar a competitividade nos torneios locais
CONMEBOL, em conjunto com as Associações Membro, concede prêmios para aumentar a competitividade nos torneios locais
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana

Jogos e históricos da última rodada da Fase de Grupos

libertadores-generico
  • O último trem rumo às fases eliminatórias da CONMEBOL Libertadores 2022 distribuirá nove boletos esta semana. Os campeões Boca Juniors, Corinthians e Olímpia, e outros clubes, aspiram um lugar entre os classificados.

Grupo A

– Terça, em Guayaquil: Emelec (EQU) x Independiente Petrolero (BOL)

Antecedentes:

  • Emelec nunca perdeu em casa para os rivais bolivianos na CONMEBOL Libertadores (8V e 1E). São seis vitórias seguidas jogando em casa contra equipes da Bolívia no torneio.
  • Emelec perdeu apenas quatro de seus últimos 13 jogos na CONMEBOL Libertadores (4V, 5E e 4D). Essas quatro derrotas foram para equipes brasileiras, enquanto os ‘Elétricos’ permanecem invictos contra argentinos, venezuelanos e bolivianos que enfrentaram nesse período (2V e 5E).
  • São quatro vitórias para os times bolivianos como visitantes no Equador na CONMEBOL Libertadores. É o segundo território estrangeiro com mais vitórias para as equipes bolivianas como visitantes no torneio, atrás da Venezuela (6). No entanto, a última foi há 41 anos: Técnico Universitario (2) e The Strongest (3), em abril de 1981.
  • Emelec converteu oito gols em 67 remates na CONMEBOL Libertadores 2022, o terceiro lugar em efetividade na Fase de Grupos com 12,1%, atrás apenas do Palmeiras (20%) e do Flamengo (20,3%).
  • Independiente Petrolero escalou 28 jogadores diferentes na CONMEBOL Libertadores 2022. O maior número entre as equipes na atual Fase de Grupos do torneio.

– Terça, em São Paulo: Palmeiras (BRA) x Deportivo Táchira (VEN)

Antecedentes:

  • O Deportivo Táchira é o rival que o Palmeiras mais enfrentou na CONMEBOL Libertadores contra o qual mantém 100% de vitórias. São cinco vitórias do Verdão sobre os ‘Aurinegros’ em cinco jogos disputados entre eles.
  • O Palmeiras venceu todas as 13 partidas contra times venezuelanos na CONMEBOL Libertadores. Nos seis jogos em casa, o Verdão nunca sofreu gols.
  • O Deportivo Táchira venceu sua última partida fora de casa na CONMEBOL Libertadores e tentará acumular duas vitórias como visitante pela primeira vez na história do torneio.
  • O Palmeiras é o único time que tem mais pontos do que a soma dos outros times em seu grupo da CONMEBOL Libertadores 2022. São 15 pontos do Verdão contra 13 dos rivais Deportivo Táchira (7), Emelec (5) e Independiente Petrolero (1).
  • Deportivo Táchira é o time que mais marcou gols nos primeiros 15 minutos de partida na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (4). Palmeiras marcou apenas um gol nesse intervalo, justamente contra o Táchira na primeira rodada.

Grupo B

– Quinta, em Assunção: Libertad (PAR) x The Strongest (BOL)

Antecedentes:

  • The Strongest é o adversário que o Libertad mais vezes enfrentou na CONMEBOL Libertadores sem perder nenhum jogo. São três vitórias do ‘Gumarelo’ sobre o ‘Tigre’, além de dois empates entre eles no torneio.
  • Libertad venceu seus últimos três jogos em casa na CONMEBOL Libertadores. A única vez que ‘Gumarelo’ teve uma sequência maior de vitórias em casa foi entre fevereiro e abril de 2019 (4V).
  • The Strongest perdeu apenas um de seus últimos oito jogos na CONMEBOL Libertadores (3V, 4E e 1D). O Tigre não recebeu mais de um gol em nenhuma dessas partidas, mantendo por quatro vezes seu arco invicto nesse período.
  • Libertad é o time que cometeu menos faltas na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 41. O time ‘Gumarelo’ também é o segundo com menos impedimentos (4, empatado com o Red Bull Bragantino e atrás do Universidad Católica com 3).
  • Metade dos jogadores que participaram de pelo menos uma partida do The Strongest na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 são estrangeiros, a maior proporção entre as equipes, empatado com o Independiente Petrolero.

– Quinta, em Curitiba: Athletico Paranaense (BRA) x Caracas FC (VEN)

Antecedentes:

  • A Venezuela é o único país da CONMEBOL que não tem um time derrotado pelo Athletico Paranaense na CONMEBOL Libertadores. A única partida do Furacão contra um time venezuelano foi 0 a 0 contra o Caracas, na primeira rodada da Fase de Grupos da atual edição do torneio.
  • O Athletico Paranaense não perdeu nos últimos seis jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (4V e 2E). A única vez que o Furacão teve uma sequência invicta maior que a atual foi entre maio de 2005 e março de 2014 (6V e 1E).
  • Caracas não perdeu em seus últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores (1V e 2E). É apenas a terceira vez que acumula três vitórias no torneio, sua maior racha invicta até agora.
  • Athletico Paranaense e Caracas são duas das três equipes da Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 que tiveram todos os seus gols marcados por jogadores estrangeiros. O terceiro é o The Strongest, também do mesmo grupo.
  • Os jogos do Caracas na CONMEBOL Libertadores 2022 tiveram apenas seis gols, a menor marca entre as equipes na atual Fase de Grupos, com média de 1,2 por partida.

Grupo C

– Terça, em Montevidéu: Nacional (URU) x Red Bull Bragantino (BRA)

Antecedentes:

  • Os times brasileiros venceram os últimos três jogos do Nacional na CONMEBOL Libertadores. Só uma vez os brasileiros conseguiram quatro vitórias consecutivas sobre o ‘Bolso’ no torneio: entre as edições de 1998 e 2002.
  • O Nacional perdeu apenas seis de seus últimos 21 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (10V, 5E e 6D). Todas essas derrotas foram com times brasileiros (2) ou argentinos (4).
  • As equipes brasileiras só perderam um entre os últimos oito jogos contra times uruguaios na CONMEBOL Libertadores (5V, 2E e 1D), após caírem nas três partidas anteriores para os uruguaios no torneio.
  • Emanuel Gigliotti marcou três dos quatro gols do Nacional na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022. É a maior proporção entre os jogadores na atual fase do torneio (75%, junto com Dario Benedetto do Boca Juniors).
  • Red Bull Bragantino é o time que mais utilizou jogadores nascidos em ou a partir do ano 2000, na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 13 jogadores.

– Terça, em Buenos Aires: Vélez Sarsfield (ARG) x Estudiantes (ARG)

Antecedentes:

  • Apenas um visitante conseguiu vencer os últimos 16 jogos entre times argentinos na CONMEBOL Libertadores (1V 4E 11D). Na partida entre Vélez e Estudiantes correspondente à primeira rodada da atual Fase de Grupos, o ‘Pincha’ jogou em casa e venceu por 4 a 1.
  • Depois de perder seu último jogo como local para o Nacional, Vélez vem tentando evitar duas derrotas consecutivas em casa na CONMEBOL Libertadores. O ‘Fortín’ perdeu duas partidas seguidas em casa, apenas uma vez na história do torneio, na edição de 2002 (contra Monarcas e Nacional).
  • Estudiantes não sofreu nenhum gol nos últimos três jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (2V e 1E). A única vez que manteve o arco zerado como visitante no torneio foi entre 1969 e 1971 (5 – 4V e 1E).
  • Lucas Pratto, do Vélez, jogou 86 partidas em CONMEBOL Libertadores. Entre os jogadores que participaram de pelo menos uma partida na atual edição do torneio, o ‘Urso ‘só fica atrás do goleiro Fábio (87).
  • Estudiantes é o time que menos sofreu gols na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com apenas 1, e o time com mais arcos invictos na atual fase do torneio (4).

Grupo D

– Quarta, em Quito: Independiente del Valle (EQU) x América Mineiro (BRA)

Antecedentes

  • As equipes brasileiras não perderam nas duas últimas visitas ao Independiente Del Valle na CONMEBOL Libertadores, depois de perder os últimos quatro jogos fora de casa para o ‘Negriazul’ no torneio.
  • O Independiente Del Valle perdeu apenas um de seus 26 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (15V, 10E e 1D). É a menor porcentagem de derrotas entre as equipes que jogaram mais de 20 jogos em casa no torneio (3,8%). A derrota foi justamente contra um brasileiro: 0 a 1 versus Palmeiras em 2021.
  • América Mineiro marcou três gols a mais fora de casa na CONMEBOL Libertadores (6 x 3). Apenas quatro equipes têm uma diferença positiva maior fora de casa: Deportivo Capiatá (4), Argentinos Juniors (4), Sport Boys (5) e Universidad Los Andes Mérida (6).
  • Junior Sornoza, do Independiente Del Valle, é o jogador que mais gerou passes para seus companheiros na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 24 chances criadas.
  • América Mineiro realizou somente 6,8% de seus remates na Fase de Ggrupos da CONMEBOL Libertadores 2022 de cabeça, o segundo menor percentual entre as equipes, ganhando apenas do Nacional (6,7%).

– Quarta, em Belo Horizonte: Atlético Mineiro (BRA) x Deportes Tolima (COL)

Antecedentes

  • O Atlético Mineiro venceu seus últimos cinco jogos contra times colombianos na CONMEBOL Libertadores, incluindo sua única partida contra o Tolima, a última dessa sequência (2 a 0 fora).
  • Atlético Mineiro buscará terminar a Fase de Ggrupos da CONMEBOL Libertadores invicto pela segunda temporada consecutiva, tendo conseguido essa façanha apenas uma vez em suas sete participações anteriores no torneio.
  • Tolima não perdeu em seus últimos quatro jogos na CONMEBOL Libertadores (2V e 2E). Apenas duas vezes o clube colombiano conseguiu enfileirar pelo menos cinco jogos sem derrotas na mesma edição do torneio: 2007 (4V e 1E) e 1982 (4V e 4E).
  • Julián Quiñónez tem 14 partidas pelo Tolima na CONMEBOL Libertadores, das quais venceu seis. O zagueiro é o quarto jogador com mais participações com o clube colombiano no torneio, e o que leva mais vitórias com a equipe (empatado com Antony Silva e Gerardo Vallejo).

Grupo E

– Quinta, em Buenos Aires: Boca Juniors (ARG) x Deportivo Cali (COL)

Antecedentes:

  • São 11 confrontos entre Boca Juniors e Deportivo Cali na CONMEBOL Libertadores, com cinco vitórias para o ‘Xeneize’, duas para o ‘Azucareros’ e quatro empates. Deportivo Cali é o segundo adversário mais comum do Boca no torneio, atrás apenas do River Plate (28PJ).
  • O Boca Juniors nunca perdeu em casa para times colombianos na CONMEBOL Libertadores (11V e 3E), incluindo nove arcos zerados nos últimos 10 jogos em casa contra rivais desse país (9V e 1E).
  • Deportivo Cali não perdeu nos últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores (1V e 2E). É sua maior racha invicta no torneio desde março de 2004, quando completou quatro sem perder (2V e 2E).
  • Boca Juniors tem a maior média de posse de bola na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (61,4%), além de ser o time com maior efetividade nos passes (85,2%).
  • Deportivo Cali é o time que mais cometeu faltas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 82. Seu jogador Yimmy Congo é o líder individual nesse indicador, com 16.

– Quinta, em São Paulo: Corinthians (BRA) x Always Ready (BOL)

Antecedentes:

  • O Corinthians venceu os três jogos em casa contra times bolivianos na CONMEBOL Libertadores, marcando pelo menos três gols em cada uma dessas partidas. O diferencial do Timão nas três vitórias é de 12 a 3.
  • O time paulista venceu seus últimos quatro jogos em casa na CONMEBOL Libertadores. É sua maior sequência de vitórias em casa desde 2012, quando ganhou cinco consecutivas na edição que saiu campeão.
  • Always Ready nunca perdeu nem sofreu gols em jogos contra times brasileiros na história da CONMEBOL Libertadores (2V e 1E). São dois “2 a 0” em casa e um “0 a 0” como visitante.
  • O Corinthians é o segundo time com melhor efetividade nos jogos aéreos na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022. O Timão ganhou 60.2% de suas disputas, ficando atrás somente do River Plate (60.7%).
  • Always Ready é o que mais marcou gols de pênalti (2) e sofreu mais gols dessa forma também (2, empatado com o Tolima) na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022.

Grupo F

– Quarta, em Santiago: Colo Colo (CHI) x Fortaleza (BRA)

Antecedentes:

  • O Colo-Colo perdeu apenas um dos seus últimos oito jogos em casa para times brasileiros na CONMEBOL Libertadores (4V, 3E e 1D). A única derrota nesse período foi para o Palmeiras, nas quartas de final de 2018 (0-2).
  • Colo-Colo não empatou em seus últimos 10 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (5V 5D), após uma sequência de três empates em casa no torneio. O último empate em casa foi contra um time brasileiro, em fevereiro de 2017: 1 a 1 x Botafogo.
  • Fortaleza não perdeu em seus últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores (2V e 1E), após cair nas duas primeiras partidas. Se permanecer invicto, o Leão será classificado para as Oitavas de Final.
  • Pablo Solari, do Colo-Colo, finalizou quatro vezes na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, o máximo entre os jogadores. Colo-Colo também lidera entre os clubes em chutes a gol (8).
  • Yago Pikachu participou de cinco dos seis gols do Fortaleza na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (1 gol + 4 assistências). É a maior proporção entre os jogadores na atual fase do torneio (83%, junto com Júnior Sornoza, do Independiente Del Valle).

– Quarta, em Buenos Aires: River Plate (ARG) x Alianza Lima (PER)

Antecedentes:

  • Alianza Lima e River Plate se enfrentaram sete vezes na CONMEBOL Libertadores. O ‘Millonario’ está invicto contra a equipe ‘azul e branca’ no torneio (5V e 2E), vencendo todas as vezes que jogou em casa (3V).
  • O River Plate perdeu apenas um dos 15 jogos em casa contra peruanos na CONMEBOL Libertadores (13V, 1E e 1D). Essa derrota foi há 52 anos, no único desses jogos que o River não marcou: 0-1 x Universitario em junho de 1967.
  • Alianza Lima venceu apenas uma de 12 partidas na Argentina na CONMEBOL Libertadores (1V, 1E e 10D). A vitória foi há 56 anos, em março de 1966: 1 a 0 contra o Boca Juniors.
  • Além de ser o time com maior média de passes feitos por jogo (536,8), o River Plate tem o jogador com mais tentativas de passes na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022: Enzo Fernández (353).
  • Allianza Lima é o time com mais interceptações de jogadas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 77. Seu jogador Yordi Vilchez lidera o ranking individual nesse indicador, com 22 interceptações.

Grupo G

– Quarta, em Montevidéu: Peñarol (URU) x Colón (ARG)

Antecedentes:

  • Peñarol venceu seus dois últimos jogos em casa contra times argentinos na CONMEBOL Libertadores. ‘Los Carboneros’ nunca somaram três vitórias consecutivas em casa contra equipes da Argentina no torneio.
  • Peñarol não perdeu em seus últimos 12 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (10V 2E). É sua maior racha invicta em casa no torneio desde 2002 e 2011 (11V e 4E).
  • Colón não perdeu em seus últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores (2V e 1E). É sua maior sequência invicta na história do torneio.
  • Apenas 19,2% dos remates do Peñarol na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 foram com a perna esquerda, a terceira menor porcentagem, apenas à frente de Independiente Petrolero (18,5%) e Deportivo Táchira (13,3%).
  • O Colón é o terceiro time com mais chutes a gol na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 35, superado apenas pelo River Plate (42) e Palmeiras (44).

– Quarta, em Assunção: Cerro Porteño (PAR) x Olímpia (PAR)

Antecedentes

  • Cerro Porteño perdeu apenas dois dos últimos 14 jogos em casa para o Olímpia na CONMEBOL Libertadores (5V, 7E e 2D), mas venceu só um dos últimos sete clássicos em casa no torneio (1V, 4E e 2D).
  • Cerro Porteño perdeu apenas três dos 25 jogos em casa contra compatriotas na CONMEBOL Libertadores (11V, 11E e 3D). Contudo, todas essas derrotas foram frente ao Olímpia.
  • Olímpia marcou exatamente um gol em cada um dos últimos seis jogos fora de casa na CONMEBOL Libertadores (1V, 1E e 4D). É sua maior racha de gols de visitante desde 2002, quando completou sete consecutivas com gols (2V, 1E e 4D).
  • Claudio Aquino, do Cerro Porteño, completou 24 dribles na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, a maior marca entre os jogadores. Seu nível de acertos de 75% (24/32) é o melhor entre os futebolistas com mais de 15 dribles tentados.
  • Olímpia é o time com mais entradas realizadas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com 113, junto com o River. A equipe ‘listrada’ também é a segunda com mais interceptações de bola (72, atrás do Alianza Lima, com 77).

Grupo H

– Terça, no Rio de Janeiro: Flamengo (BRA) x Sporting Cristal (PER)

Antecedentes:

  • Peru e Venezuela são os únicos países CONMEBOL que nunca tiveram um time que chegou a derrotar o Flamengo na CONMEBOL Libertadores. São quatro vitórias e um empate do Rubro-Negro sobre equipes peruanas no torneio, incluindo um 2 a 0 contra Sporting Cristal.
  • O Flamengo segue invicto na CONMEBOL Libertadores 2022 (4V e 1E). O Rubro-Negro busca terminar a fase de grupos invicto pela segunda temporada consecutiva, depois de conseguir duas vezes em suas 10 participações anteriores no torneio no Século XXI (2007 e 2018).
  • Sporting Cristal empatou seus últimos dois jogos na CONMEBOL Libertadores. É a primeira vez que os Celestes encadeiam dois encontros sem derrotas no torneio desde fevereiro de 2016, quando empataram em três jogos consecutivos.
  • O Flamengo é o time que menos recebeu chutes a gol na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com apenas 11 (empatado com Estudiantes e Boca Juniors). Dos cinco gols sofridos pelo Rubro-Negro, apenas dois foram chutes do adversário (3 gols contra).
  • Flamengo e Sporting Cristal são dois dos cinco times que ainda não finalizaram na trave na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, juntamente com Deportivo Cali, Nacional e Independiente Petrolero.

– Terça, em Santiago: Universidad Católica (CHI) x Talleres (ARG)

Antecedentes:

  • Universidad Católica perdeu apenas um de seus últimos cinco jogos em casa contra times argentinos na CONMEBOL Libertadores (2V, 2E e 1D). Mas foi só no último dessa sequência: 0-2 x Argentinos Juniors na anterior edição do torneio.
  • Universidad Católica não empatou em seus últimos 13 jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (7V e 6D). Seu último empate em casa no torneio foi em abril de 2017 com um time argentino: 1-1 x San Lorenzo.
  • Talleres não perdeu seus últimos três jogos na CONMEBOL Libertadores (1V e 2E). Se não cair ante o Universidad Católica, igualará sua maior racha invicta na história do torneio, de quatro partidas entre 2002 e 2019 (1V e 3E).
  • Branco Ampuero, do Universidad Católica, tem a melhor efetividade em passes (95,8%) entre os jogadores com mais de 15 tentativas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022.
  • Talleres é o único que não usou jogadores nascidos antes de 1990 na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022. Seu jogador mais veterano em participar de um jogo foi Rafael Pérez, nascido em janeiro de 1990.

OPTA

Ultimas Noticias