NOTICIA DESTACADA

2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
2 times brasileiros e 1 equatoriano conquistam leve vantagem no torneio
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
CONMEBOL deixa de exigir teste negativo de COVID para suas competições
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental
Detentores de direitos televisivos confirmados para a Sub-20 Intercontinental

Líderes se enfrentam na 3ª rodada da Fase de Grupos

  • Começa hoje uma semana decisiva na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores
  • Os líderes de grupos irão se enfrentar e marcarão o caminho nesta terceira jornada.

Quatro duelos de destaque: Colo Colo enfrenta River Plate na quarta em Santiago pelo Grupo F; Atlético Mineiro como visitante pega o Independiente del Valle em Quito, na terça pelo Grupo D; o Athletico Paranaense joga contra o Libertad em Assunção e Red Bull Bragantino enfrentará o Estudiantes em La Plata, ambos nesta terça pelos Grupos B e C.

Os oito clubes mencionados são líderes em suas respectivas chaves com uma pequena distância à frente de seus rivais de grupo, mesmo considerando a grande fragilidade do Alianza Lima e do Fortaleza (ambos com zero pontos) na chave F, que tem como líderes River e Colo Colo com 6 pontos.

Estarão em risco a liderança do Cerro Porteño (4) e do Flamengo (6). O Peñarol (3) disputará o primeiro posto com o Cerro Porteño na quarta-feira em Assunção tentando conquistar a liderança do Grupo G. O chileno Universidad Católica (3) tentará deter a marcha perfeita do Mengão na quinta-feira em Santiago, jogando pela chave H.

Assim também acontece no Grupo E: Deportivo Cali, Always Ready, Boca Juniors e Corinthians, respectivamente, têm 3 pontos e todos com uma derrota

– Jogos da terceira rodada da fase de grupos

Grupo A

Terça, em Sucre: Independiente Petrolero (BOL) – Deportivo Táchira (VEN)

Dados

Estádio: Olímpico Patria

Hora: 18h15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Nicolás Gamboa (CHI)

Histórico

  • É a primeira vez que Independiente Petrolero e Deportivo Táchira jogam em competições CONMEBOL. Por outro lado, é a segunda vez consecutiva de CONMEBOL Libertadores que Deportivo Táchira enfrentará um time boliviano.
  • • As equipes bolivianas nunca perderam para times da Venezuela como local em CONMEBOL Libertadores (14V e 1E). Ademais, nesses jogos, os times da Bolívia têm uma média de quatro gols por partida.
  • • A maior goleada do Deportivo Táchira em CONMEBOL Libertadores foi sobre uma equipe boliviana: 7-2 contra o Always Ready na última edição do campeonato.
  • • 59.2% dos 434 passes do Independiente Petrolero em CONMEBOL Libertadores 2022 foram para frente, a maior porcentagem entre as equipes da atual Fase de Grupos.

– Quarta-feira em Guayaquil: Emelec (EQU) x Palmeiras (BRA)

Informações

Estádio: George Capwell

Hora: 19h00 hora local – 00:00 GMT

Árbitro: Patricio Loustau (ARG)

Histórico

  • • Palmeiras e Emelec se enfrentaram duas vezes em CONMEBOL Libertadores, ambas com vitórias do Verdão. Seus jogos foram na edição de 1995 do torneio.
  • • Emelec perdeu apenas um de seus últimos cinco jogos em casa em CONMEBOL Libertadores (1V, 3E, 1D). Foram duas partidas com os brasileiros nesse intervalo: 2-0 com o Flamengo e 0-1 na disputa com o Cruzeiro, ambos em 2019.
  • • Palmeiras não perdeu em seus últimos 16 jogos como visitante em CONMEBOL Libertadores (11V, 5E). Sua última derrota foi fora de casa há três anos: 0-1 diante do San Lorenzo em abril de 2019.
  • • Emelec é o único time que empatou suas duas partidas na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, com o mesmo resultado de jogo (1-1) diante do Deportivo Táchira e Independiente Petrolero.

Grupo B

– Terça-feira em Assunção: Libertad (PAR) x Athletico Paranaense (BRA)

Informações

Estádio: Defensores del Chaco

Hora: 18h15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Gustavo Tejera (URU)

Histórico

  • • Libertad e Athletico Paranaense se enfrentaram duas vezes em CONMEBOL Libertadores, ambas com vitória do Furacão. Seus jogos foram da edição de 2005 do torneio, quando a equipe brasileira terminou como vice-campeã.
  • • Libertad não perdeu em seus últimos cinco jogos em casa em CONMEBOL Libertadores (3V, 2E). Essa é sua melhor marca como invicto no campeonato desde uma de oito jogos entre 2012 e 2013 (5V, 3E).
  • • Athletico Paranaense marcou gols em seis jogos contra equipes paraguaias em CONMEBOL Libertadores (4V, 1E, 1D). Sua única derrota para o Paraguai foi em 2005 diante do Cerro Porteño (1-2).
  • • Athletico Paranaense é uma das equipes que menos recebeu gols na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, junto com River Plate. O Furacão recebeu somente cinco chutes a gol no torneio.

– Quarta-feira em La Paz: The Strongest (BOL) x Caracas FC (VEN)

Informações

Estádio: Hernando Siles

Hora: 22h00 hora local – 00:20 GMT

Árbitro: Guillermo Guerrero (URU)

Histórico

  • • The Strongest e Caracas nunca se enfrentaram em CONMEBOL Libertadores. Caracas visita a Bolívia pela segunda vez no campeonato sendo a última em 2008 jogando contra Real Potosí (1-3).
  • • The Strongest ganhou suas três partidas em CONMEBOL Libertadores recebendo rivais venezuelanos com uma média de 4.7 gols por partida nesses confrontos (14 gols).
  • • Caracas buscará a vitória no sexto país diferente em CONMEBOL Libertadores: já venceu na como visitante na Venezuela (1), Perú (1), Argentina (1), Colômbia (1) e Chile (4).

Grupo C

– Terça-feira em Buenos Aires: Vélez Sarsfield (ARG) x Nacional (URU)

Informações

Estádio: José Amalfitani

Hora: 19h15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Eber Aquino (PAR)

Histórico

  • • Vélez e Nacional se enfrentaram quatro vezes em CONMEBOL Libertadores, com o “Bolso” invicto nesses confrontos (2V e 2E).
  • • Vélez perdeu apenas um de seus últimos sete jogos como local diante de equipes uruguaias em CONMEBOL Libertadores (5V, 1E, 1D), marcando gols em todos esses confrontos.
  • • Nacional não sofreu gols em seus últimos dois jogos de equipes argentinas em CONMEBOL Libertadores (1V, 1E). A única vez que enfileirou três zagas invictas jogando com equipes argentinas no campeonato foi entre 2007 e 2009 (2V, 1E).
  • • Vélez marcou dois gols em jogadas de lance livre na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022, mais que qualquer outro time.

– Terça-feira em La Plata: Estudiantes de La Plata (ARG) x Red Bull Bragantino (BRA)

Informações

Estádio: Jorge Hirschi

Hora: 19h15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Kevin Ortega (PER)

Histórico

  • • Estudiantes e Red Bull Bragantino nunca se enfrentaram em CONMEBOL. Será a quarta visita da equipe brasileira à Argentina nesse campeonato, que continua invicta nesses confrontos (2V, 1E).
  • • Estudiantes ganhou seus últimos cinco jogos em casa em jogos de CONMEBOL Libertadores. O “Pincha” alcançou a marca de seis vitórias consecutivas como local, em três ocasiões no campeonato, sendo a última entre fevereiro de 2010 e março de 2011 (7V).
  • • Red Bull Bragantino não perdeu em seus últimos seis jogos fora de casa em competições CONMEBOL (5V, 1E), numa média de 2.3 gols por partida nesses confrontos (14).
  • • Mariano Andújar, de Estudiantes, é o único goleiro que pegou um pênalti na Fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022. Foi no jogo contra o Nacional e quem chutou foi Felipe Carballo.

Grupo D

– Terça, em Quito: Independiente del Valle (EQU) – Atlético Mineiro (BRA)

Informações

Estádio: Banco Guayaquil

Hora: 19h30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Fernando Rapallini (ARG)

Histórico

  • Independiente Del Valle e Atlético Mineiro já se enfrentaram duas vezes na CONMEBOL Libertadores, com uma vitória para cada time quando jogaram em casa na temporada 2016.
  • Independiente Del Valle perdeu apenas um de seus 25 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (15V 9E). É o menor percentual de derrotas entre todas as equipes com pelo menos 20 jogos em casa na história do torneio (4%).
  • O Atlético Mineiro não sofreu gols em seus últimos cinco jogos como visita na CONMEBOL Libertadores (3V 2E). É a maior marca invicta fora de casa na história do torneio, junto com o Estudiantes de La Plata entre 1969 e 1971 (4V 1E).
  • Independiente Del Valle é o segundo time que menos recebeu chutes a gol na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (19, empatado com Talleres, Corinthians e Palmeiras), quatro a mais do que o River Plate (15).

– Quarta, em Belo Horizonte: América Mineiro (BRA) – Deportes Tolima (COL)

Informações

Estádio: Independência

Hora: 19h00 hora local – 22:00 GMT

Árbitro: Andrés Cunha (URU)

Histórico

  • América Mineiro e Tolima nunca se confrontraram em competições da CONMEBOL. Será a primeira visita do ‘Coelho’ na Colômbia nessas competições.
  • América Mineiro perdeu apenas duas de suas seis partidas da CONMEBOL Libertadores (1V 3E 2D). No entanto, ambas as derrotas foram em casa.
  • Três das quatro últimas equipes que o Tolima enfrentou na CONMEBOL Libertadores são brasileiras: Internacional, Atlético Mineiro e agora América Mineiro. O único nesse intervalo que não é brasileiro foi o Independiente Del Valle.
  • América Mineiro é um dos dois times que mais contra-atacou nesta fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (3, assim como o Palmeiras), mas é o único que conseguiu marcar desta forma (um gol).

Grupo E

– Terça, em São Paulo: Corinthians (BRA) – Boca Juniors (ARG)

Informações

Estádio: Arena Corinthians

Hora: 21h30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Andrés Matonte (URU)

Histórico

  • Corinthians e Boca Juniors já se encontraram seis vezes pela CONMEBOL Libertadores. A única vitória do Timão nesses encontros foi na final de 2012, em que o time brasileiro saiu campeão (1V 3E 2D).
  • Corinthians venceu seus três últimos jogos em casa na CONMEBOL Libertadores. A última vez que o Timão teve quatro vitórias consecutivas em casa no torneio foi entre julho de 2012 e abril de 2013 (4V).
  • Boca Juniors sofreu gols em apenas uma de suas seis últimas partidas da CONMEBOL Libertadores (2V 3E 1D). Foi em sua última visita no torneio: 0-2 contra o Deportivo Cali.
  • Três dos titulares do Corinthians no jogo de volta da final da CONMEBOL Libertadores 2012 contra o Boca Juniors estão no plantel atual do Timão: Cássio, Fábio Santos e Paulinho. Nenhum dos titulares do Boca nesse jogo está atualmente no plantel “Xeneize”.

– Quinta, em La Paz: Always Ready (BOL) – Deportivo Cali (COL)

Informações

Estádio: Hernando Siles

Hora: 22h00 horário local – 02:00 GMT

Árbitro: Augusto Aragón (EQU)

Histórico

  • Always Ready e Deportivo Cali nunca se encontraram nas competições CONMEBOL. A única equipe colombiana a jogar contra o Always Ready foi o Millonarios na CONMEBOL Sul-americana 2020 (1V 1D).
  • Always Ready ganhou três de seus quatro últimos jogos como local na CONMEBOL Libertadores (3V 1D), após três derrotas consecutivas em casa no torneio.
  • Desde abril de 2006, o Deportivo Cali alternou um jogo sem perder e outro jogo com derrota na CONMEBOL Libertadores (3V 5E 9D). Para manter a sequência, os Azucareros não devem perder ante o Always Ready.

Grupo F

– Quarta-feira em Fortaleza: Fortaleza (BRA) x Alianza Lima (PER)

Informações

Estádio: Arena Castelão

Hora: 19h00 hora local – 22:00 GMT

Árbitro: Carlos Betancur (COL)

Histórico

  • Fortaleza e Alianza Lima nunca se enfrentaram em competições CONMEBOL. É a primeira vez que o “Leão” enfrentará um time peruano nesses campeonatos.
  • As equipes brasileiras perderam apenas um dos 55 jogos como local ante equipes peruanas em CONMEBOL Libertadores (50V, 4E, 1D). Foi em 1979, quando Universitario derrotou o Palmeiras por 2-1.
  • As equipes brasileiras ganharam seus últimos oito jogos contra times peruanos em CONMEBOL Libertadores, uma média de 3.8 gols por partida. A última vitória peruana ante os brasileiros no campeonato foi em março de 2020 (Deportivo Binacional 2-1 São Paulo).
  • Três em cada quatro arremates do Fortaleza em CONMEBOL Libertadores 2022 foram de dentro da área rival, a maior porcentagem na atual Fase de Grupos ao lado do Colo-Colo (75%).
  • Edgar Benítez, que marcou seu gol para Colo-Colo na rodada passada se juntou a Wilmer Aguirre e Jefferson Farfán, como um dos três jogadores atuais de Alianza Lima que marcou para o clube em CONMEBOL Libertadores. Aguirre e Farfán têm quatro gols com os “blanquiazules” no campeonato.

– Quarta-feira em Santiago: Colo Colo (CHI) x River Plate (ARG)

Informações

Estádio: David Arellano

Hora: 20h00 horário local – 00:00 GMT

Árbitro: Alexis Herrera (VEN)

Histórico

  • Colo-Colo e River Plate se enfrentaram quatro vezes em CONMEBOL Libertadores, com duas vitórias para o Millonario, um empate e uma vitória para o “Cacique”.
  • Colo-Colo venceu seus últimos dois jogos em CONMEBOL Libertadores. A última vez que o “Cacique” enfileirou três vitórias consecutivas no campeonato foi entre março e abril de 2007 (3V).
  • River Plate ganhou e não recebeu gols em seus últimos dois jogos em CONMEBOL Libertadores. O Millonario enfileirou três vitórias sem sofrer gols apenas três vezes na história do torneio, a última dessas foi entre junho e julho de 1976 (3V).

Grupo G

– Quarta-feira em Assunção: Cerro Porteño (PAR) x Peñarol (URU)

Informações

Estádio: General Pablo Rojas

Hora: 20h00 horário local – 00:00 GMT

Árbitro: Wilmar Roldán (COL)

Histórico

  • Cerro Porteño e Peñarol se enfrentaram quatro vezes em CONMEBOL Libertadores, com duas vitórias para os uruguaios, uma para os paraguaios e um empate. Nunca houve uma vitória de visitante nesses encontros.
  • Cerro Porteño não perdeu em seus nove últimos jogos como local ante equipes uruguaias em CONMEBOL Libertadores (4V, 5E). Sua última derrota em casa diante de uma equipe do Uruguai na competição foi em 1967 (1-4 x Nacional).
  • Peñarol perdeu apenas cinco dos 23 jogos que disputou ante equipes paraguaias em CONMEBOL Libertadores (13V, 5E, 5D). Uma dessas derrotas foi para o Cerro Porteño: 0-3 em maio de 1998.
  • Cerro Porteño é um dos times, junto com o Palmeiras, que conseguiu ganhar virando o jogo na Fase de grupos da CONMEBOL Libertadores 2022. o time paraguaio o fez contra Cólon (3-1).

– Quinta-feira em Assunção: Olimpia (PAR) x Colón (ARG)

Informações

Estádio: Defensores del Chaco

Hora: 20h00 horário local – 00:00 GMT

Árbitro: Jesús Valenzuela (VEN)

Histórico

  • Olimpia e Colón se enfrentaram duas vezes em CONMEBOL Libertadores, ambas em 1998 e com vitória como local para cada equipe.
  • Olimpia perdeu apenas um de seus 18 jogos como local jogando contra equipes argentinas em CONMEBOL Libertadores (14V, 3E, 1D). Sua única derrota ante equipes da Argentina na competição foi em fevereiro de 2004 (0-2 ante Rosario Central).
  • Os últimos seis jogos do Colón em CONMEBOL Libertadores tiveram gols marcados por ambas as equipes com uma média de quatro gols por partida.
  • Walter González marcou pelo menos um gol em cada uma de suas temporadas com Olímpia em CONMEBOL Libertadores. Marcou contra Always Ready em 2021 e contra Peñarol na atual versão do campeonato.
  • Cristian Bernardi, do Colón, é o jogador com mais chutes a gol na Fase de Grupos da CONMEBOL Libertadores 2022 (6, junto com Rafael Navarro).

Grupo H

– Terça-feira em Cósdova: Talleres (ARG) x Sporting Cristal (PER)

Informações

Estádio: Mario Alberto Kempes

Hora: 21h30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Mario Díaz de Vivar (PAR)

Histórico

  • Talleres e Sporting Cristal nunca se enfrentaram em competições da CONMEBOL. Os “Celestes” são o primeiro time peruano a enfrentar o Talleres nesses torneios.
  • Talleres não perdeu nenhum de seus últimos quatro jogos como local em CONMEBOL Libertadores (2V, 2E), não sofrendo gols em ambas as vitórias nesse intervalo.
  • As equipes argentinas perderam apenas dois de seus últimos 56 jogos como local ante equipes peruanas emn CONMEBOL Libertadores (49V, 5E, 2D). Ambas las victorias fueron de Sporting Cristal: 2-1 ante Racing en 2015 y 1-0 ante Vélez en 1997.
  • Rafael Pérez, do Talleres, venceu seus sete duelos individuais em CONMEBOL Libertadores 2022. Até o momento, é o único jogador com 100% de efetividade em seus sete duelos disputados.

Quinta-feira em Santiago: Universidad Católica (CHI) x Flamengo (BRA)

Informações

Estádio: San Carlos de Apoquindo

Hora: 18h00 hora local – 22:00 GMT

Árbitro: José Argote (VEN)

Histórico

  • Universidad Católica e Flamengo já se enfrentaram seis vezes em CONMEBOL Libertadores com quatro vitórias para os “Cruzados” e duas parav o “Rubro-Negro”. O time chileno se impôs nos três jogos disputados com a equipe brasileira.
  • Universidad Católica venceu cinco de seus últimos sete jogos como local em CONMEBOL Libertadores (5V, 2D). Três desses jogos foram contra rivais brasileiros (2V 1D).
  • Flamengo venceu seus últimos quatro jogos como visitante em CONMEBOL Libertadores. É sua marca de vitórias fora de casa mais longa da história do campeonato.

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias