NOTICIA DESTACADA

Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Richarlison brilha e Brasil começa com pé direito
Argentina inicia seu sonho mundialista
Argentina inicia seu sonho mundialista
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.
Alejandro Domínguez: “Aqui mostramos a essência e as raízes do melhor futebol do mundo”.

Os anfitriões se destacam na 2ª semana da Fase de Grupos

  • Após completar a segunda rodada da Fase de Grupos, os times visitantes não puderam vencer em terreno alheio.
  • Começou um grande embate, principalmente no Grupo E, onde todos somam 3 pontos.

Nesta segunda semana da Fase de Grupos um total de 47 gols foram anotados. Confira os resultados e o resumo estatístico de todos os jogos.

Grupo A

Terça, em São Paulo: Palmeiras (BRA) – Independiente Petrolero (BOL) 8-1

– Números do jogo –

  • Palmeiras venceu os nove jogos em casa contra equipes bolivianas nas competições da CONMEBOL, marcando 34 gols nessas partidas (média de 3,8 por jogo).
  • Esta é a maior goleada do Palmeiras na CONMEBOL Libertadores, juntamente com uma vitória de 7-0 sobre El Nacional em 1995, sendo o jogo desta noite a primeira vez que marcaram oito gols na competição.
  • O atual campeão da Libertadores não perde nenhuma partida de abertura em casa em uma competição da CONMEBOL Libertadores desde 1979, quando perdeu por 4-1 para o Guarani FC do Brasil. Desde então jogou 16 partidas, saindo vitorioso em todas.
  • Rafael Navarro passou a ser o primeiro jogador do Palmeiras em marcar quatro gols em um mesmo jogo para o Verdão na CONMEBOL Libertadores.

Quinta, em Guaiaquil: Emelec (EQU) – Deportivo Táchira (VEN) 1-1

– Números do jogo –

  • Após o empate, os jogos entre Emelec e Deportivo Táchira na CONMEBOL Libertadores permanecem equilibrados: uma vitória para cada um e um empate em três encontros.
  • A Emelec mantém sua racha goleadora como local na CONMEBOL Libertadores contra equipes venezuelanas, marcando em cada uma de suas seis partidas na competição (11 gols no total).
  • Deportivo Táchira está invicto há quatro jogos ante rivais equatorianos na CONMEBOL Libertadores (1V 3E), igualando 1-1 nos dois mais recentes fora de casa (versus Macará e Emelec).
  • Além de dar assistência para o gol de sua equipe, Alejandro Cabeza marcou três gols, venceu 12 duelos individuais e completou três lances contra o Deportivo Táchira.
  • Com apenas 18 anos e 315 dias de idade, Yerson Chacón do Deportivo Táchira é o jogador mais jovem a marcar um gol nesta edição da CONMEBOL Libertadores.

Clasificação (Pontos)

1. Palmeiras (6)

2. Emelec (2)

3. Deportivo Táchira (1)

4. Independiente Petrolero (1)


Grupo B

Quarta, em Assunção: Libertad (PAR) – Caracas FC (VEN) 2-1

– Números do jogo –

  • Libertad está invicto em casa pelo quinto jogo consecutivo na CONMEBOL Libertadores (3V 2E). Sua última racha invicta de cinco jogos em casa na competição foi entre abril de 2017 e maio de 2018 (3V 2E).
  • Libertad ganhou cinco de seus últimos seis encontros de adversários venezuelanos nas competições da CONMEBOL (1D). Além disso, sua única derrota na CONMEBOL Libertadores aconteceu em maio de 1978: 1-2 contra o Portuguesa FC.
  • Caracas leva cinco jogos consecutivos em que marcou pelo menos um gol ao visitar o Paraguai nas competições CONMEBOL (2E 3D). Contudo, não conseguiu manter seu arco zerado em nenhuma dessas visitas.
  • O gol do Libertad, marcado por Óscar Cardozo aos 2:15 minutos, é o quinto mais rápido da equipe paraguaia na CONMEBOL Libertadores e o terceiro mais rápido como local.

Quinta, em Curitiba: Athletico Paranaense (BRA) – The Strongest (BOL) 1-0

– Números do jogo –

  • Athletico Paranaense soma cinco jogos invicto como local na CONMEBOL Libertadores (3V 2E). É a racha mais longa sem derrota em casa na Libertadores desde aquela entre maio de 2005 e março de 2014 (6V 1E).
  • Athletico Paranaense leva três jogos consecutivos sem cair frente a times bolivianos na CONMEBOL Libertadores (2V 1E). É a mais longa série invicta contra oponentes desse país no torneio.
  • É apenas a primeira derrota para The Strongest na CONMEBOL Libertadores em seus últimos cinco jogos (2V 2E 1D). A racha de quatro sem cair foi a mais ampla para o time boliviano desde que acumulou cinco entre abril e julho 2017.

Clasificação (Pontos)

1. Libertad (4)

2. Athletico Paranaense (4)

3. Caracas FC (1)

4 . The Strongest (1)


Grupo C

Quarta, em Montevidéu: Nacional (URU) – Estudiantes de La Plata (ARG) 0-0

– Números do jogo –

  • O Nacional está invicto em seus quatro últimos jogos em casa na CONMEBOL Libertadores (2V 2E) e perdeu apenas um de seus sete últimos jogos em casa na máxima competição continental (3V 3E).
  • Estudiantes de La Plata possui cinco jogos consecutivos sem derrotas visitando o Uruguai pela CONMEBOL Libertadores (3V 2D). É a sua maior racha sem perder visitando esse país na competição.
  • Após quatro encontros do Nacional sofrendo uma média de três gols por jogo contra rivais argentinos na CONMEBOL Libertadores (4D), o time uruguaio passou a dois jogos consecutivos com seu arco invicto contra equipes argentinas (1V 1E).

Quinta, em Buenos Aires: Vélez Sarsfield (ARG) – Red Bull Bragantino (BRA) 2-2

– Números do jogo –

  • É a primeira vez em dez jogos que o Velez empata contra um time brasileiro jogando em casa na CONMEBOL Libertadores (7V 2D). Ademais, é a primeira vez que um time brasileiro marca um gol de visitante e o Fortín não perde.
  • Vélez perdeu apenas um de seus últimos nove jogos como local na CONMEBOL Libertadores (6V 2E). O Fortín marcou pelo menos um gol em todos os encontros neste intervalo.
  • Vélez rematou 16 vezes contra o Red Bull Bragantino, sendo a segunda maior marca da equipe de Liniers nas duas últimas edições da CONMEBOL Libertadores, só superada pelos 18 sobre LDU em maio de 2021.
  • Ytalo do Red Bull Bragantino é o primeiro jogador a fazer dois gols fora de casa contra o Velez na CONMEBOL Libertadores desde que Lucas Pratto o fez jogando com Universidad Catolica em 2011.
  • Velez concedeu cinco remates contra RB Bragantino, igualando o número mais baixo em suas duas últimas participações na CONMEBOL Libertadores (versus Union La Calera como local em maio de 2021).

Clasificação (Pontos)

1. Estudiantes (4)

2. Red Bull Bragantino (4)

3. Nacional (1)

4. Vélez Sarsfield (1)


Grupo D

Quarta, em Belo Horizonte: Atlético Mineiro (BRA) – América Mineiro (BRA) 1-1

– Números do jogo –

  • América Mineiro nunca perdeu como visitante na CONMEBOL Libertadores. Em suas três visitas na edição atual do torneio, o Coelho teve uma vitória e dois empates.
  • Atlético Mineiro marcou gols em cada um de seus jogos em casa contra times brasileiros na CONMEBOL Libertadores. O Galo nunca perdeu em casa ante rivais compatriotas (4V 7E).
  • Atlético Mineiro não perdeu em seus últimos 15 jogos na CONMEBOL Libertadores (9V 6E). É sua maior racha invicta na história do torneio.
  • América Mineiro anotou todos seus quatro gols na CONMEBOL Libertadores como visitante. Além do gol de hoje, havia marcado três vezes contra o Guarani na segunda rodada preliminar.

Quarta, em Quito: Independiente del Valle (EQU) – Deportes Tolima (COL) 2-2

– Números do jogo –

  • Deportes Tolima nao empatava fora de casa na CONMEBOL Libertadores desde abril de 2013 (0-0 versus Cerro Porteño). Desde então, o time colombiano tinha conseguido duas vitórias e sofreu três derrotas como visitante na competição.
  • Deportes Tolima rompeu uma racha de três jogos consecutivos sem anotar na CONMEBOL Libertadores (1E 2D). Os três jogos mencionados foram contra adversários brasileiros (1E 1D vs Internacional e 1D vs Atlético Mineiro).
  • Independiente del Valle se mantém invicto como local ante rivais colombianos na CONMEBOL Libertadores. Além do empate de hoje com o Deportes Tolima, já recebeu anteriormente o Atlético Nacional (1E) e o Junior (1V) no torneio continental.
  • Junior Sornoza fez sua segunda dobradinha na CONMEBOL Libertadores, ambas sobre o Independiente del Valle. O jogador equatoriano não marcava dois gols na mesma partida da Libertadores desde abril de 2016 contra o Atlético Mineiro.

Clasificação (Pontos)

1. Independiente del Valle (4)

2. Atlético Mineiro (4)

3. Deportes Tolima (1)

4. América Mineiro (1)


Grupo E

Terça, em Buenos Aires: Boca Juniors (ARG) – Always Ready (BOL) 2-0

– Números do jogo –

  • Jogando em casa, o Boca permanece invicto contra as equipes bolivianas na CONMEBOL Libertadores (12V 3E). Contra o Always Ready conseguiu seu oitavo triunfo consecutivo contra rivais desse país.
  • Boca só perdeu um de seus últimos 22 jogos como local na CONMEBOL Libertadores (15V 6E). Também manteve seu arco intacto nos últimos sete jogos deste intervalo.
  • O Boca sofreu apenas 16 gols nos últimos 40 jogos em casa (média de 0,4) na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores. O Xeneize terminou com o arco intacto em 30 dos 40 encontros desse intervalo.
  • Exequiel Zeballos realizou sua primeira assistência nas competições CONMEBOL e seu segundo passe a gol no Boca Juniors em 25 partidas oficiais em todas as competições.

Miércoles, en São Paulo: Corinthians (BRA) – Deportivo Cali (COL) 1-0

– Números do jogo –

  • O Corinthians acumula três vitórias em três jogos contra o Deportivo Cali na CONMEBOL Libertadores. Ademais, o time brasileiro não sofreu gol nesses confrontos.
  • O Timão perdeu apenas um de seus dez jogos em casa em competições da CONMEBOL contra equipes colombianas (8V 1E). Neste intervalo, sofreu apenas dois gols (2-1 contra América de Cali na Copa Conmebol 1995 e 0-1 contra Millonarios na CONMEBOL Libertadores 2018, sua única derrota).
  • O Corinthians está três jogos invicto e sem sofrer gols em casa nas competições CONMEBOL (3V). Nesta racha, venceu três equipes de três países diferentes: Sport Huancayo do Peru, River Plate do Paraguai (ambos na CONMEBOL Sudamericana 2021) e esta noite contra o Deportivo Cali da Colômbia.

Clasificação (Pontos)

1. Deportivo Cali (3)

2. Always Ready (3)

3. Boca Juniors (3)

4. Corinthians (3)


Grupo F

Quarta, em Santiago: Colo Colo (CHI) – Alianza Lima (PER) 2-1

– Números do jogo –

  • Após derrotar o Fortaleza, Colo-Colo venceu na CONMEBOL Libertadores pela primeira vez desde março-setembro de 2020, quando derrotou o Athletico Paranaense (1-0) e o Peñarol (2-1).
  • Colo-Colo leva sete partidas invicto ante times peruanos na CONMEBOL Libertadores como local (6V 1E). Só perdeu sua primeira partida contra adversários peruanos, quando perdeu por 1 a 0 do Universitario.
  • As equipes chilenas não perdem para equipes perunas na CONMEBOL Libertadores desde março de 2004 (7V 3E), quando Alianza Lima derrotou Cobreloa por 1-0.
  • Juan Martin Lucero marcou em seus quatro últimos jogos da Libertadores, depois de anotar em apenas um de seus 13 jogos anteriores no torneio.

Quarta, em Buenos Aires: River Plate (ARG) – Fortaleza (BRA) 2-0

– Números do jogo –

  • O River só perdeu dois de seus últimos 30 jogos em casa na fase de grupos da CONMEBOL Libertadores (18V 10E).
  • Com a vitória sobre o Fortaleza, River cortou uma racha de três derrotas como local contra times brasileiros na CONMEBOL Libertadores.
  • O River conseguiu acabar com seu arco invicto como local na CONMEBOL Libertadores pela primeira vez em seis jogos (2V 1E 3D).

Clasificação (Pontos)

1. River Plate (6)

2. Colo Colo (6)

3. Alianza Lima (0)

4. Fortaleza (0)


Grupo G

Quarta, em Assunção: Cerro Porteño (PAR) – Colón (ARG) 3-1

– Números do jogo –

  • Cerro Porteño venceu o Colón nas 3 vezes que se enfrentaram em torneios CONMEBOL. As duas primeiras partidas foram na CONMEBOL Sudamericana e agora os paraguaios venceram seu primeiro confronto na CONMEBOL Libertadores.
  • Cerro Porteño perdeu apenas um de seus últimos seis jogos em casa contra equipes argentinas na CONMEBOL Libertadores (3V 2E). O Ciclón está invicto em suas três últimas partidas como local contra times desse país na competição (2V 1E).
  • Colón leva três jogos consecutivos como visitante marcando pelo menos um gol na CONMEBOL Libertadores (3D). É sua maior série de gols fora de casa por jogo na competição.
  • Em seu quinto jogo nas competições CONMEBOL (terceiro com Cerro Porteño), Fernando Romero marcou seu primeiro gol e dobradinha na competição continental.

Quarta, em Montevidéu: Peñarol (URU) – Olímpia (PAR) 2-1

– Números do jogo –

  • Peñarol ampliou seu invicto contra o Olímpia na CONMEBOL Libertadores (6V 3E). Os uruguaios mantiveram seu arco zerado em três das quatro últimas partidas entre ambos na competição (3V 1E).
  • Penarol nunca perdeu em casa para adversários paraguaios na CONMEBOL Libertadores (10V 2E). Os Aurinegros não sofrem gol em casa para adversários desse país na competição em cinco de suas últimas seis partidas (5V 1E).
  • É apenas a primeira derrota do Olímpia em suas últimas quatro visitas ao Uruguai na CONMEBOL Libertadores (1V 2E). O clube paraguaio perdeu apenas dois de seus últimos 10 jogos fora de casa na competição (1V 7E).

Clasificação (Pontos)

1. Cerro Porteño (4)

2. Peñarol (3)

3. Colón (3)

4. Olimpia (1)


Grupo H

Terça, em Santiago: Universidad Católica (CHI) – Sporting Cristal (PER) 2-1

– Números do jogo –

  • Universidad Católica perdeu apenas duas de suas últimas 11 partidas contra adversários peruanos na CONMEBOL Libertadores (6V 3E).
  • Universidad Católica acumula 12 jogos sem empates em casa na CONMEBOL Libertadores (7V 5D).
  • Universidad Católica não empatou até agora em 2022 na CONMEBOL Libertadores nem no Campeonato PlanVital da Primeira Divisão (5V 6D).
  • Universidad Católica rompe uma racha de quatro jogos sem triunfos ante o Sporting Cristal na CONMEBOL Libertadores (2E 2D). Além disso, a equipe peruana chegou à quinta partida consecutiva marcando pelo menos um gol contra os Cruzados na competição.

Terça, no Rio de Janeiro: Flamengo (BRA) – Talleres (ARG) 3-1

– Números do jogo –

  • Flamengo continua invicto frente a times argentinos jogando como local na CONMEBOL Libertadores (6V 3E).
  • Flamengo leva 15 partidas sem cair como local na CONMEBOL Libertadores (12V 3E). Além disso, o time carioca marcou dois ou mais gols em 13 dos 15 encontros nesse intervalo.
  • O Flá perdeu apenas uma vez em suas últimas 15 participações na CONMEBOL Libertadores (10V 4E): para o Independiente del Valle como visitante na edição de 2020.

Clasificação (Pontos)

1. Flamengo (6)

2. Universidad Católica (3)

3. Talleres (3)

4. Sporting Cristal (0)

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias