NOTICIA DESTACADA

Mastercard estende acordo com a CONMEBOL Libertadores até 2026 e inclui a CONMEBOL Libertadores Feminina em seu portfólio de patrocínios na região
Mastercard estende acordo com a CONMEBOL Libertadores até 2026 e inclui a CONMEBOL Libertadores Feminina em seu portfólio de patrocínios na região
CONMEBOL dispõe substancial aumento nos pagamentos de suas competições 2023
CONMEBOL dispõe substancial aumento nos pagamentos de suas competições 2023
Pelé e Maradona: o eterno reencontro dos astros do futebol mundial
Pelé e Maradona: o eterno reencontro dos astros do futebol mundial

Palmeiras derrota Defensa y Justicia por 2-1 no primeiro jogo

seg_32

O brasileiro Palmeiras derrotou o argentino Defensa y Justicia por 2-1 (parcial 1-0) na primeira final da CONMEBOL Recopa 2021, disputada nesta quarta-feira no estádio Norberto Tomaghello em Florencio Varela (periferia sul bonaerense).

Em um jogo intenso, Rony (16′) e Gustavo Scarpa (75′) marcaram os gols para o Verdão, o qual só precisará de um empate na revanche para erguer o troféu internacional, enquanto Braian Romero (58′) descontou para o ‘Halcón’, que dominou boa parte da partida, porém com pouca contundência.

O Verdão mostrou suas credenciais para um time argentino que não deixará de lutar pelo título e continuar fazendo história no continente.

A revanche está marcada para 14 de abril no estádio Mané Garrincha em Brasília, onde foi modificada a localidade do Palmeiras devido às restrições no estado de São Paulo, pela pandemia da Covid-19.

 

-Números do jogo-

  • Palmeiras ganhou seu terceiro encontro consecutivo na Argentina em competições CONMEBOL, após vencer em só três dos 18 anteriores (9E 6D). A racha de duas vitórias consecutivas já era a melhor do time contra equipes da Argentina em torneios CONMEBOL, agora somou mais uma.
  • O gol de Braian Romero do Defensa y Justicia cortou a racha de duas partidas do Palmeiras sem sofrer gols em torneios CONMEBOL jogando na Argentina. Foi a única vez que o time brasileiro acumulou mais de um jogo sem receber gols na Argentina.
  • A derrota sofrida contra o Palmeiras botou fim na racha de três vitórias consecutivas do Defensa y Justicia contra times brasileiros em torneios CONMEBOL, sua maior na história. Todas essas três vitórias ocorreram na campanha do time argentino pelo título da CONMEBOL Sudamericana 2020 (1-0 Vasco fora de casa, 3-2 Bahia fora de casa e 1-0 Bahia em casa).
  • Dos jogadores do Defensa y Justicia que disputaram mais de 45 minutos, Braian Romero foi o que menos tocou na bola (26), mas foi o responsável por três dos quatro chutes a gol, inclusive do gol do empate temporário.
  • Zé Rafael, do Palmeiras, foi o jogador com mais desviadas no jogo (6). Além disso, entre os jogadores do time brasileiro, também teve a maior quantidade de recuperações (10, junto com Matías Viña), mesmo que disputou menos minutos que o uruguaio (63’).

 

 

 

 

AFP – CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias