Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

[smartslider3 slider="7"]
Museo Conmebol
Cree en Grande
Pesquisar
Close this search box.

Paraguai sagra-se campeão do CONMEBOL Pré-Olímpico 2024!



  • A ‘Albirroja’ conquistou o título sul-americano pela segunda vez em sua história e se classificou para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 com uma vitória de 2 a 0 sobre a Venezuela.

  • A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0 e também representará a América do Sul nos Jogos Olímpicos.


O CONMEBOL Pré-Olímpico chegou ao seu último dia da Fase Final neste domingo com um encerramento emocionante: o Paraguai é o novo campeão e a Argentina o acompanhará nos Jogos Olímpicos de Paris 2024.



A Albiceleste venceu um clássico difícil contra o Brasil. Em um jogo equilibrado, o desequilíbrio chegou nos minutos finais: aos 78′, um grande cruzamento de Valentín Barco encontrou a cabeça de Luciano Gondou para o único gol da partida. O atacante acabou sendo fundamental com 4 gols durante o torneio.

Dessa forma, a Argentina se classificou para os Jogos Olímpicos e participará pela décima vez na busca de sua terceira medalha de ouro, depois das conquistadas em Atenas 2004 e Pequim 2008.

Na última rodada, o título e a classificação pendente para os Jogos Olímpicos foram decididos: ambos foram para o Paraguai. A Albirroja venceu a Venezuela em uma partida em que jogou um segundo tempo perfeito. Diego Gómez converteu um pênalti para fazer 1 a 0 e Marcelo Pérez selou a vitória por 2 a 0. Segundo CONMEBOL Pré-Olímpico para o Paraguai após a conquista de 1992.

Carlos Jara Saguier fez história como técnico mais uma vez: 20 anos depois, ele voltou a levar seu país aos Jogos Olímpicos. Desta vez, com o primeiro lugar. A Albirroja participará do torneio pela terceira vez, depois de suas experiências em 1992 e 2004.



– Paraguai 2-0 Venezuela –

O Paraguai se classificou para os Jogos Olímpicos de Paris 2024 com uma vitória de 2 a 0 sobre a anfitriã Venezuela na última rodada do CONMEBOL Pré-Olímpico e também terminou como campeão após trinta e dois anos.

O meio-campista Diego Gomez aos 48′, de pênalti, e o atacante Marcelo Perez aos 75′ marcaram os gols da equipe de Carlos Jara Saguier, que há duas décadas dirigiu a seleção paraguaia que conquistou a medalha de prata nos Jogos Olímpicos de Atenas 2004.

Gómez terminou com cinco gols neste Pré-Olímpico, terminando como artilheiro, empatado com Thiago Almada, da Argentina, e Luciano Rodríguez, do Uruguai.

O Paraguai liderou o Quadrangular Final com sete pontos, seguido pela Argentina, que chegou a cinco pontos ao ganhar do Brasil por 1 a 0. Assim, os paraguaios e os argentinos ficaram com as duas vagas olímpicas que estavam em disputa.



– Números do jogo –

  • O Paraguai venceu as duas partidas contra a Venezuela no CONMEBOL Pré-Olímpico, contando desde 1996 (3 a 1 em 2004 e 2 a 0 hoje).

  • O Paraguai perdeu apenas uma partida na Fase Final do CONMEBOL Pré-Olímpico, contando desde 1996 (4V 1E 1D). Sua participação anterior nesta rodada foi em 2004, quando também garantiu sua vaga nos Jogos Olímpicos.

  • O Paraguai realizou 26 finalizações contra a Venezuela neste jogo, o registro mais alto no CONMEBOL Pré-Olímpico 2024 para uma equipe em uma única partida.

  • Os cinco passes para finalizações de Diego Gómez contra a Venezuela representam o segundo maior número de um jogador paraguaio no atual CONMEBOL Pré-Olímpico, atrás apenas dos seis de Marcelo Pérez contra o Peru.

  • As nove defesas de Samuel Rodríguez (Venezuela) contra o Paraguai são o maior número de defesas de um goleiro em uma partida do CONMEBOL Pré-Olímpico 2024.



– Brasil 0-1 Argentina –

A Argentina venceu o Brasil por 1 a 0 na última rodada do CONMEBOL Pré-Olímpico para Paris 2024 e conquistou uma das vagas para o torneio. Com este resultado, o Brasil, vencedor da medalha de ouro no Rio 2016 e em Tóquio 2020, ficou sem chances de se classificar para os Jogos Olímpicos.

O atacante Luciano Gondou cabeceou um cruzamento do lateral esquerdo Valentín Barco para selar a vitória da equipe de Javier Mascherano no Estádio Brígido Iriarte, em Caracas, aos 78′.



– Números do jogo –

  • As duas vitórias da Argentina sobre o Brasil no CONMEBOL Pré-Olímpico desde 1996 foram pelo mesmo placar: 1 a 0, em 2004 e hoje.

  • A Argentina quebra uma racha de três jogos sem vitórias na fase final do CONMEBOL Pré-Olímpico (2E 1D). No entanto, a Albiceleste perdeu apenas uma de suas últimas nove partidas nesta fase (5V 3E 1D).

  • A Argentina teve mais posse de bola do que seus adversários no CONMEBOL Pré-Olímpico 2024 em cinco das sete partidas que disputou, com uma média de 56,4% de posse de bola. Hoje, contra o Brasil, registrou 60,5%.

  • Nesta tarde, a Argentina fez 38 cruzamentos para a área contra o Brasil, o maior número registrado em uma partida disputada no CONMEBOL Pré-Olímpico 2024.

  • Além de dar assistência para o gol da Argentina, Valentín Barco foi o jogador da Albiceleste com mais toques de bola (87), cruzamentos para a área (18) e tentativas de dribles (6) contra o Brasil.





CONMEBOL.com / EFE / AFP / OPTA

Últimas Noticias