NOTICIA DESTACADA

Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Faltam 100 dias para o desafio da Copa do Mundo 2022 no Catar
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022

Quatro vagas em jogo em mais uma emocionante noite de Copa

20-feb

Nesta quinta encerra uma nova semana da CONMEBOL Sul-Americana em sua Fase 1, com quatro emocionantes duelos de revanche.

 

  • Always Ready (BOL) x Millonarios (COL)
  • Emelec (EQU) x Blooming (BOL)
  • El Nacional (EQU) x Fénix (URU)
  • Atlético Mineiro (BRA) x Unión (ARG)

 

Always Ready quer fazer a virada ante Millonarios

O Millonarios colombiano visitará na quinta o boliviano Always Ready no jogo de volta da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana-2020, apoiado no triunfo 2-0 da ida em Bogotá.

A revanche se disputará no estádio Siles de La Paz, a 3.600 metros sobre o nível do mar. Começará às 18h15 locais (22h15 GMT) sob as ordens do árbitro equatoriano Franklyn Congo, assistido por seus compatriotas Byron Romero e Christian Lescano.

– Estatísticas –

  • Millonarios derrotou Always Ready na única vez que se enfrentaram em competições CONMEBOL; foi 2-0 no jogo de ida da primeira fase da atual Sul-Americana.
  • Always Ready anotou somente dois gols em seus sete jogos em competições CONMEBOL (1E 6D).
  • Millonarios não perdeu nenhum de seus últimos sete jogos como local em competições CONMEBOL (4V 3E), com só um gol concedido nesses jogos; a última derrota em casa sofreu na Sul-Americana 2014, 1-2 ante Universidad César Vallejo.
  • Javier Sanguinetti assistiu seis dos nove remates do Always Ready na derrota 0-2 ante Millonarios no jogo de ida da CONMEBOL Sul-Americana 2020.
  • Entre José Guillermo Ortiz (5) e Hansel Zapata (4), do Millonarios, tentaram a mesma quantidade de remates que o Always Ready no jogo de ida (2-0) na CONMEBOL Sul-Americana 2020; o ‘Embaixador’ teve 18 tiros e o time da Bolívia nove.

 

Emelec recebe cauteloso o time do Blooming

Apesar de ter os números a seu favor, o equatoriano Emelec olha com temor o boliviano Blooming, a quem pretende deixar de fora da CONMEBOL Sul-Americana-2020 nesta quinta-feira, na partida de volta da primeira fase.

Os ‘elétricos’ receberão os ‘guerreiros celestes’ no estádio George Capwell, na cidade costeira de Guayaquil, a partir das 17h15 locais (22h15 GTM), com a ideia de selar o bilhete para a segunda fase em seu feudo.

Os equatorianos já deram uma aula em Santa Cruz ao golear por 3-0 o Blooming, que enfrenta o próximo duelo animado pelos resultados alcançados em seu torneio local.

– Estatísticas –

  • Emelec venceu Blooming nas duas vezes que o enfrentou como local em competições CONMEBOL: 1-0 na Libertadores 1999 e 4-1 na Copa Merconorte 2001.
  • Emelec nunca perdeu como local ante um time da Bolívia em competições CONMEBOL; empatou um e ganhou 10, incluindo uma racha de oito vitórias seguidas.
  • Blooming não ganhou nenhum dos seus últimos 22 jogos como visitante em competições CONMEBOL, com dois empates e 20 derrotas; sua vitória mais recente foi contra outra equipe da Bolívia: 1-0 sobre Oriente Petrolero na Libertadores 1985.
  • Somente dois dos 22 gols marcados por jogadores do Emelec em competições CONMEBOL desde 2017 foram anotados por jogadores estrangeiros, ambos foram de Facundo Barceló no jogo de ida ante Blooming na CONMEBOL Sul-Americana 2020 (não se inclui um gol contra de Fábio do Atlético Mineiro).
  • César Menacho participou em três (2 tiros, 1 chance criada) dos seis remates do Blooming na derrota 0-3 ante o Emelec no jogo de ida da CONMEBOL Sul-Americana 2020; foi o único da equipe que fez em mais de um.

 

El Nacional à caça do Fénix

El Nacional equatoriano receberá nesta quinta em Quito o uruguaio Fénix em busca de dar a volta na série pela primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020, após o revés de 1-0 sofrido na ida em Montevidéu.

El Nacional, único duas vezes tricampeão do futebol equatoriano, receberá o Fénix no estádio Olímpico Atahualpa, para umas 38.000 pessoas, às 19h30 locais (00h30 GMT de sexta).

– Estatísticas –

  • Fénix venceu seu único confronto contra o El Nacional em competições CONMEBOL; foi 1 a 0 na partida de ida da primeira fase da atual Sul-Americana.
  • El Nacional venceu oito de seus 10 jogos como local contra times uruguaios em competições CONMEBOL (1E 1D); além disso, não sofreu gols em seus sete jogos mais recentes (6V 1E).
  • Fénix nunca venceu como visitante em competições CONMEBOL, com sete derrotas e um empate, 1-1 contra o Unión Atlético Maracaibo na Libertadores 2004.
  • Hólger Matamoros tentou cinco dos 13 remates do El Nacional na derrota por 0-1 para o Fénix no jogo de ida na CONMEBOL Sul-Americana.
  • Fénix tentou 22 remates na vitória por 1-0 sobre o El Nacional na partida de ida; a segunda maior quantidade para uma equipe nas partidas de ida da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

 

Atlético Mineiro busca uma façanha ante Unión

Na quinta-feira, o Atlético Mineiro buscará, ante o Unión de Santa Fe, realizar a proeza de reverter o 3-0 em contra, da partida de ida, para avançar para a segunda rodada da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

A partida começará às 21h30 locais (00h30 GMT de sexta-feira) no Estádio Mineirão, em Belo Horizonte, e será dirigida pelo colombiano Nicolás Gallo, assistido por seus compatriotas Sebastián Vela e Wilmar Navarro.

– Estatísticas –

  • Unión de Santa Fe derrotou o Atlético Mineiro na única vez em que se enfrentaram em competições CONMEBOL; foi por 3 a 0 na ida da primeira fase da atual Sul-Americana.
  • Atlético Mineiro mantém um invicto de oito partidas como local contra equipes argentinas em competições CONMEBOL, com sete vitórias e um empate; a última derrota foi na Copa CONMEBOL 1998, 0-1 ante o Rosário Central.
  • Unión de Santa Fe perdeu seu único jogo como visitante em competições CONMEBOL; foi por 0-2 contra o Independiente del Valle na primeira fase da Sul-Americano 2019.
  • Atlético Mineiro venceu 56,4% dos duelos individuais na derrota por 0 a 3 contra o Unión, no jogo de ida da CONMEBOL Sul-Americana; é o segundo maior percentual para uma equipe nas partidas de ida da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020 (56,9% Emelec contra Blooming).
  • Sebastián Moyano, do Unión, fez cinco defesas na vitória 3-0 sobre o Atlético Mineiro no jogo de ida da CONMEBOL Sul-Americana; foi o goleiro com o maior número entre aqueles que mantiveram o arco invicto nas partidas de ida da primeira fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020.

 

 

 

 

 

 

AFP / OPTA

Últimas Noticias