NOTICIA DESTACADA

Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Colômbia inicia com pé direito, Brasil iguala estreia no Mundial Sub-20 Feminino
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
Workshop de Preparação de Gramado com a mira na Final da CONMEBOL Libertadores 2022
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições
CONMEBOL Sudamericana entra na fase de definições

Racing, São Paulo, Goianiense e Ceará entram na briga pela classificação na Sudamericana

  • A CONMEBOL Sudamericana está de volta com a 3ª rodada da Fase de Grupos.
  • Dados e estatísticas dos 16 jogos da semana.

O argentino Racing Club e os brasileiros São Paulo, Ceará e Atlético Goianiense buscarão mais vitórias esta semana para aproximá-los das oitavas de final da Copa Sudamericana 2022, na terceira jornada da fase de grupos.

A ‘Academia’ com 6, pode se aproximar da próxima fase se triunfar na altura de Arequipa (2.335 msnm), onde o aguarda Melgar, com três pontos junto com o Cuiabá, que também nesta quarta recebe o uruguaio River Plate.

No Grupo G, o líder Ceará, visitará nesta terça o General Caballero, em Assunção, em busca de sua terceira vitória consecutiva, que o fortaleça na vanguarda.

Junto com Racing e Ceará, também os times São Paulo e Goianiense marcham com pontuação perfeita à frente dos grupos D e F, respectivamente.

Só os ganhadores de cada um dos oito grupos da Sudamericana se classificarão às Oitavas, onde se cruzarão com os terceiros colocados da fase de grupos da CONMEBOL Libertadores.

– Jogos da terceira jornada da fase de grupos.

Grupo A

– Quinta, em Guayaquil: Barcelona (EQU) – Metropolitanos (VEN)

Dados

Estádio: Isidro Romero Carbo​

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Anderson Daronco (BRA)

Antecedentes:

  • Barcelona de Guayaquil nunca enfrentou o Metropolitanos em torneios CONMEBOL. Frente times da Venezuela, o ‘Ídolo’ tem seis vitórias, sete empates e três derrotas nos 16 jogos disputados.
  • O Barcelona perdeu um de seus últimos 10 jogos em casa nas competições da CONMEBOL (6V 3E), a única derrota em 2021 contra um dos eventuais finalistas da Libertadores daquele ano: 0-2 para o Flamengo.
  • Metropolitanos acumula três jogos sem perder como visitante na CONMEBOL Sudamericana (1V 2E), sua maior racha invicta na sua história na competição. Além disso, vem de anotar em duas partidas consecutivas fora de casa pela primeira vez.
  • O Barcelona é uma das quatro equipes que mais marcaram gols nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana (5, igual que São Paulo, Atlético Goianiense e Independiente Medellín) e é o que mais chutou a gol (19).

– Quinta, em Montevidéu: Wanderers (URU) – Lanús (ARG)

Dados

Estádio: Centenário

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Wilton Sampaio (BRA)

Antecedentes:

  • Esta será a primeira vez que Montevideo Wanderers e Lanús se enfrentarão em torneios CONMEBOL. Os ‘Bohemios’ confrontaram três rivais argentinos até agora: Boca, River e Racing (10 PJ – 1V 1E 8D) enquanto Lanús jogou seis duelos contra uruguaios, com três vitórias, dois empates e uma derrota.
  • Montevideo Wanderers só perdeu um dos últimos sete jogos que disputou como local em competições CONMEBOL (3V 3E), sendo essa derrota da Sudamericana 2019, contra o Corinthians (1-2).
  • Os times argentinos possuem uma invencibilidade de cinco partidas visitando o Uruguai pela CONMEBOL Sudamericana (2V 3E). A última vitória uruguaia foi do Nacional sobre o San Lorenzo (2-0) na edição 2018.
  • Ignacio de Arruabarrena, do Montevideo Wanderers, é o goleiro que mais defendeu nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana (13).

Grupo B

Quarta, em Arequipa: Melgar (PER) – Racing Club (ARG)

Dados

Estádio: Monumental UNSA

Hora: 17:15 hora local – 22:15 GMT

Árbitro: Dilio Rodriguez (BOL)

Antecedentes:

  • Racing Club será o terceiro adversário argentino que o Melgar enfrentará nas competições da CONMEBOL, depois de River e San Lorenzo (1E 3D), enquanto Racing enfrentará sua quarta equipe peruana (19 PJ – 12V 2E 5D).
  • Racing venceu suas últimas cinco partidas contra times peruanos em competições CONMEBOL, sofrendo apenas um gol nesse trecho, quando derrotou o Sporting Cristaling por 2-1 em casa na Libertadores 2021. A última vez que perdeu foi justamente com o Sporting Cristal, na Libertadores 2015 (1-2 como local).
  • Melgar só perdeu uma vez em casa na CONMEBOL Sudamericana nos 11 jogos que disputou (8V 2E): foi contra o Nacional Potosí na edição de 2020 (0-2).
  • Bernardo Cuesta, do Melgar, é o máximo artilheiro da edição atual da CONMEBOL Sudamericana com quatro gols, após marcar sete vezes na rede rival.
  • Racing teve sucesso em 70% dos dribles nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana (28/40), a melhor porcentagem de acertos do torneio até agora nesta fase. Ademais, o conjunto argentino tem maior média de posse de bola (68.7%).

– Quarta, em Cuiabá: Cuiabá (BRA) – River Plate (URU)

Dados

Estádio: Arena Pantanal

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Cristian Garay (CHI)

Antecedentes:

  • Cuiabá enfrentará um time uruguaio pela primeira vez nas competições CONMEBOL, enquanto o River de Montevidéu jogará sua sétima partida contra um rival brasileiro, acumulando uma vitória, quatro empates e uma derrota contra esses clubes.
  • Cuiabá ganhou nos dois jogos como local na CONMEBOL Sudamericana, sem sofrer gols: 1-0 x Chapecoense (2016) e 2-0 x Melgar (2022).
  • River perdeu só um dos últimos cinco jogos como visitante na CONMEBOL Sudamericana (3V 1E), mas essa derrota foi no último duelo (0-2 x Melgar).
  • Entre os jogadores que marcaram mais de uma vez nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana, nenhum possui uma média de minutos por gol que o Élton, do Cuiabá (um a cada 25.5 minutos; 2 em 51).
  • River Plate é o único time que ainda não fez gol após duas jornadas da fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana.

Grupo C

– Quarta, em Quito: Universidad Católica (EQU) – Banfield (ARG)

Dados

Estádio: Olímpico Atahualpa

Hora: 19:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Augusto Mendendez (PER)

Antecedentes:

  • Esta será a primeira partida entre Universidad Catolica do Equador e Banfield. Os ‘Universitarios’ já enfrentaram duas equipes argentinas (Independiente e Lanús) com duas vitórias e duas derrotas, enquanto ‘El Taladro’ jogou com três times do Equador, sem perder nessas partidas (6PJ – 4V 2E).
  • Universidad Católica do Equador perdeu apenas um de seus últimos oito jogos em casa nas competições CONMEBOL (5V 2E), tendo sofrido apenas três gols nesse período. Sua única derrota foi para o Libertad do Paraguai na Libertadores 2021 (0-1).
  • As equipes equatorianas só perderam em uma das últimas cinco visitas das equipes argentinas nas competições CONMEBOL (3V 1E), quando Talleres venceu o Emelec 4-1 na Sudamericana 2021.
  • Facundo Martinez da Universidad Catolica é o jogador com mais tentativas de passes no campo adversário nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana, com 96, e o segundo com mais acertos (86, dois a menos que Adonis Frias do Defensa y Justicia).

– Quinta, em Viña del Mar: Unión La Calera (CHI) – Santos (BRA)

Dados

Estádio: Sausalito

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Ángel Arteaga (VEN)

Antecedentes:

  • Para o Unión La Calera, o Santos será o quinto rival brasileiro que irá enfrentar em competições CONMEBOL. A equipe chilena jogou oito partidas contra adversários deste país (1V 5E 2D), mas nunca perdeu em casa, com uma vitória e três empates.
  • Unión La Calera perdeu apenas um de seus 10 jogos em casa nas competições da CONMEBOL, acumulando quatro vitórias e cinco empates. Sua única derrota foi ante o Vélez Sarsfield, por 0-2, pela Libertadores 2021.
  • Santos perdeu apenas duas partidas nas 10 disputadas contra times chilenos nas competições CONMEBOL (6V 2E), mas essas duas derrotas foram em solo chileno: 1-2 contra Universidad de Chile (Libertadores 2005) e 2-3 contra Colo-Colo (Libertadores 2011).
  • Unión La Calera marcou apenas um gol nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana, mas é uma das três únicas equipes que ainda não sofreu gol contra nesta fase (como Atlético Goianiense e Racing).

Grupo D

– Terça, em Viña del Mar: Everton (CHI) – Ayacucho (PER)

Dados

Estádio: Sausalito

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Facundo Tello (ARG)

Antecedentes:

  • Esta não será somente a primeira vez que o Everton e Ayacucho se encontrarão em competições CONMEBOL, pois também nunca jogaram contra equipes do país de seu adversário nesta jornada.
  • Ayacucho conseguiu sua primeira vitória fora de casa nas competições CONMEBOL na última jornada ao derrotar Jorge Wilstermann por 2-0 e tentará continuar a racha triunfante pela primeira vez no torneio. Além disso, também fez gols em suas três últimas partidas, sua maior racha fora de casa em competições continentais.
  • Os times chilenos perderam apenas uma vez nas últimas 19 partidas recebendo times peruanos em competições CONMEBOL (13V 5E): essa derrota foi de 0-3 do Unión Española para a Sporting Cristal na Sudamericana 2019.
  • Everton fez apenas cinco substituições nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana, menos do que qualquer outra equipe do torneio.
  • Hugo Magallanes, do Ayacucho, é o jogador com mais interceptações nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana (9), todas na recente vitória de 2×0 sobre Jorge Wilstermann.

– Quinta, em Cochabamba: Jorge Wilstermann (BOL) – São Paulo (BRA)

Dados

Estádio: Félix Capriles

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Carlos Ortega (COL)

Antecedentes:

  • Jorge Wilstermann e São Paulo se enfrentaram duas vezes em torneios CONMEBOL, há 48 anos: Libertadores de 1974, onde o time paulista venceu ambos os encontros: 1-0 na Bolívia e 5-0 no Brasil.
  • Jorge Wilstermann venceu cinco das seis últimas partidas recebendo times brasileiros em competições CONMEBOL (1D): a única derrota foi ante o Athletico Paranaense (2-3) na Libertadores 2020. Nas seis partidas anteriores a esta etapa, ‘El Aviador’ conseguiu apenas uma vitória (1E 5D) contra o Palmeiras em 1974 (1-0).
  • São Paulo tentará quebrar uma série de quatro partidas sem vitória na Bolívia nas competições CONMEBOL (2E 2D), entretanto, o Tricolor sempre pôde anotar pelo menos um gol (9PJ – 3V 4E 2D).

Grupo E

– Terça, em Pereira: Independiente Medellín (COL) – Internacional (BRA)

Dados

Estádio: Hernán Ramírez Villegas

Hora: 19:15 hora local – 00:30 GMT

Árbitro: Nicolás Lamolina (ARG)

Antecedentes:

  • Independiente Medellín enfrentará seu sétimo rival brasileiro em competições CONMEBOL, acumulando quatro vitórias, quatro empates e quatro derrotas em 12 jogos disputados.
  • Internacional tem um invicto de cinco jogos ante equipes colombianas em competições CONMEBOL (3V 2E), recebendo gols em apenas um desses jogos (4-3 vs. América de Cali). A última derrota foi como visitante, ante o Independiente Santa Fe, em 2015 (0-1).
  • Independiente Medellín acumula duas vitórias em casa em seus dois últimos jogos da CONMEBOL e procurará unir três vitórias em casa consecutivas pela primeira vez desde uma série de quatro vitórias em quatro jogos entre novembro de 1995 e abril de 2003.

– Quarta, em Assunção: Guaireña (PAR) – 9 de Octubre (EQU)

Dados

Estádio: Defensores del Chaco

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Christian Ferreyra (URU)

Antecedentes:

  • Além de ser a primeira oportunidade em que Guaireña e 9 de Octubre jogarão um contra o outro nas competições da CONMEBOL, será a primeira vez que ambas as equipes enfrentarão um adversário do país de seu rival nesta rodada.
  • Guaireña estará procurando sua primeira vitória em casa nas competições da CONMEBOL, após empatar nas duas últimas partidas (0-0 x Nacional de Assunção e 3-3 x Independiente Medellín).
  • 9 de Octubre buscará seu primeiro triunfo como visitante em competições CONMEBOL. Os ‘Octubrinos’ jogaram 11 vezes nesta condição, acumulando 10 derrotas e um empate, que foi nesta edição (1-1 x Delfín).

Grupo F

– Quarta, em Antofagasta: Deportes Antofagasta (CHI) x Atlético Goianiense (BRA)

Dados

Estádio: Regional Calvo

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: José Mendez (CHI)

Antecedentes:

  • Atlético Goianiense enfrentará seu terceiro rival chileno na CONMEBOL Sudamericana, depois de jogar contra Universidad Católica e Palestino (4 PJ – 2V, 1E, 1D). Antofagasta disputou somente um jogo com um clube brasileiro, o Fluminense, tendo como resultado um empate e uma derrota.
  • Atlético Goianiense só perdeu um dos 12 jogos que disputou na CONMEBOL Sudamericana (5V e 6E), mas foi de um clube chileno por 0 – 2 em sua visita ao Universidad Católica, na edição 2012.
  • Depois de sete jogos sem ganhar visitando equipes chilenas em competições CONMEBOL, entre abril de 2019 e outubro de 2020 (2E 5D), os times brasileiros levam três encontros invictos nesta condição. (2V 1E).

– Quinta, em Buenos Aires: Defensa y Justicia (ARG) – Liga de Quito (EQU)

Dados

Estádio: Noberto Tomaghello

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

Antecedentes:

  • Defensa y Justicia e LDU Quito nunca se enfrentaram em campeonatos da CONMEBOL. ‘El Halcón’ jogou seis vezes contra times equatorianos (2V, 2E, 2D) e LDU Quito soma 50 jogos enfrentando clubes argentinos (20V, 14E, 16D).
  • Defensa y Justicia somente perdeu um dos cinco últimos jogos como local, na CONMEBOL Sudamericana (2V e 2E), porém essa derrota foi ante o Atlético Goianiense (0-1) no último jogo disputado em casa.
  • Nas últimas 19 oportunidades que os times argentinos receberam equipes equatorianas em competições da CONMEBOL, somente perderam em três ocasiões, acumulando doze vitórias e quatro empates nos duelos restantes.

Grupo G

– Terça, em Caracas: Deportivo La Guaira (VEN) – Independiente (ARG)

Dados

Estádio: Olímpico UCV

Hora: 18:15 horário local – 22:15 GMT

Árbitro: Nicolás Gallo (COL)

Antecedentes:

  • Independiente será o segundo adversário argentino que o Deportivo La Guaira enfrentará nas competições CONMEBOL. O clube venezuelano disputou anteriormente duas partidas contra o San Lorenzo, com duas derrotas, na Sudamericana de 2016.
  • O Independiente enfrentou a oposição venezuelana em oito ocasiões e nenhuma delas terminou em empate: ‘El Rojo’ ganhou seis vezes e perdeu duas, ambas como visitante.
  • Após quatro derrotas em competições CONMEBOL visitando a Venezuela entre março de 2018 e agosto de 2019, as equipes argentinas têm uma série invicta de cinco partidas em território venezuelano (2V 3E).
  • Deportivo La Guaira ficou sem fazer gol em seu mais recente jogo em casa da CONMEBOL Sudamericana (0-2 x Ceará), mas até o momento nunca enlaçou encontros em casa sem anotar pelo menos um gol na competição.

– Terça, em Assunção: General Caballero (PAR) – Ceará (BRA)

Dados

Estádio: Manuel Ferreira

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Jhon Hiniestroza (COL)

Antecedentes:

  • Será o primeiro encontro entre General Caballero e Ceará nas competições CONMEBOL e a primeira vez que ambas as equipes enfrentarão um rival brasileiro e paraguaio, respectivamente, nesses torneios.
  • O General Caballero procurará continuar sua racha invicta em casa na CONMEBOL Sudamericana, onde acumula uma vitória (2-1 x Sol de América) e um empate (1-1 x Deportivo La Guaira).
  • Depois de não conseguir vencer em seus primeiros cinco jogos de visita nas competições CONMEBOL (3E 2D), o Ceará tentará unir vitórias fora de casa pela primeira vez após derrotar o Deportivo La Guaira (2-0).
  • Junto com Banfield, General Caballero é o time com o segundo maior número de entradas nesta fase de grupos da CONMEBOL Sudamericana (43), uma a menos que o Oriente Petrolero. O conjunto paraguaio recuperou a posse em 25 delas.

Grupo H

– Terça, no Rio de Janeiro: Fluminense (BRA) – Unión (ARG)

Dados

Estádio: Maracanã

Hora: 21:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Estaban Ostojich (URU)

Antecedentes:

  • O Fluminense enfrentará seu oitavo adversário argentino em competições CONMEBOL, contra o qual tem uma marca positiva como local: quatro vitórias, cinco empates e duas derrotas.
  • Depois de vencer o Oriente Petrolero por 3-1 na rodada anterior como visitante, Unión de Santa Fe procurará ganhar de forma consecutiva na CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez em sua história.
  • Os times brasileiros estão em uma série invicta de cinco partidas recebendo times argentinos na CONMEBOL Sudamericana (4V 1E). A última derrota foi do Red Bull Bragantino ante Talleres, na edição de 2021 (1-0).

– Quinta, em Santa Cruz: Oriente Petrolero (BOL) – Junior (COL)

Dados

Estádio: Ramón Aguilera

Hora: 20:30 horário local – 00:30 GMT

Árbitro: Piero Maza (CHI)

Antecedentes

  • Oriente Petrolero e Junior se enfrentaram quatro vezes em competições CONMEBOL: todas foram vitórias para ‘El Tiburón’, em partidas disputadas na Libertadores 2005 e 2011.
  • Junior tem cinco jogos sem perder nas competições CONMEBOL jogando fora de casa (2V 3E), mantendo seu arco intacto em três dessas partidas (1V 2E). Sua última queda foi em abril de 2021, contra o River na Libertadores (1-2).
  • As equipes bolivianas acumulam duas vitórias em casa nas competições CONMEBOL contra adversários colombianos. Caso o Oriente Petrolero vencer, igualará a mais longa série de vitórias consecutivas em casa contra esses rivais, entre março de 2017 e abril de 2018 (3V).
  • Facundo Suárez, do Oriente Petrolero, marcou três gols nesta edição da CONMEBOL Sudamericana (contando a fase classificatória) e é o jogador dp torneio com mais toques de bola na área rival (34). Contudo, nenhum de seus gols veio nesta fase de grupos.

CONMEBOL.com / OPTA

Últimas Noticias