Página inicio CONMEBOL

NOTICIA DESTACADA

[smartslider3 slider="7"]
Museo Conmebol
Cree en Grande
Pesquisar
Close this search box.

Ronaldinho x Neymar, em uma das lendárias partidas do Brasileirão


  • Duas das maiores estrelas da história do futebol brasileiro se enfrentaram em um jogo inesquecível.
  • Ronaldinho chamou a atenção ao marcar 3 gols e ser o protagonista de uma virada impressionante.


O Brasileirão apresentou Flamengo x Santos no dia 27 de julho de 2011 em um dos jogos memoráveis ​​do futebol brasileiro. Naquele dia, Ronaldinho Gaúcho, um jogador já consagrado, e Neymar Jr., um jovem promissor, foram as principais atrações na Vila Belmiro, embora o histórico nº10 brasileiro tenha ganhado todas as manchetes na mídia brasileira.

Ronaldinho tinha recém voltado da Europa, depois de ter levado o jogo bonito para o velho continente e conquistado títulos importantes para o Barcelona e a Copa do Mundo para o Brasil em 2002. Aos 31 anos, ‘Dinho’ jogava pelo Flamengo, com a ideia de contribuir com o time com sua qualidade e talento.

Já o Santos contava com um Neymar Jr. Aos 19 anos já era referência no ataque do ‘Peixe’ com sua magia, e a torcida brasileira já tinha grandes expectativas para o seu futuro. Fazia pouco mais de um mês do jogo, o Santos se havia sido consagrado campeão da CONMEBOL Libertadores com ‘Ney’ como protagonista.

Santos saiu na frente logo no início com dois gols de Borges nos primeiros 15 minutos, o primeiro com uma jogada armada por ‘Ney’, e o segundo com uma assistência do craque. Neymar fez 3-0 aos 25′, quando começou pela esquerda desviando dois rivais, fez uma barreira com um colega de equipe. Novamente com a bola nos pés, passou pela direita da zaga, enquanto avançava no outro lado, finalizou marcando um dos melhores gols de sua carreira.

Ronaldinho apareceu apenas dois minutos depois e mandou a bola em um arco livre, após um passe entre o goleiro e um zagueiro. Aos 31′ Thiago Neves fez mais um gol de cabeça para o Flamengo.

O Santos teve a oportunidade de aumentar o placar com a cobrança de um pênalti por falta sobre Neymar, mas Felipe defendeu o chute de Elano.

O primeiro tempo terminou com um empate frenético de 3-3, finalizado por Deivid de cabeça, após um escanteio cobrado por ‘Dinho’.

No segundo tempo, Neymar voltou a colocar seu time na frente com um toque sutil de direita que superou o goleiro do Flamengo. Mas o jogo ainda não ficava por ali, e menos ainda diante do moço que era o ‘sorriso do futebol’.

Graças à inspiração de Ronaldinho, o ‘Mengão’ empatou a partida através de uma cobrança de falta na entrada da área que passou por baixo da barreira.

O último gol foi do Flamengo, novamente convertido por ‘Dinho’ que marcou o terceiro gol culminando em uma atuação memorável.

O jogo terminou 5-4 para o Flamengo, numa virada épica que ficará marcada como um dos melhores confrontos da história do Campeonato Brasileiro, com atuações inesquecíveis de dois dos maiores astros de todos os tempos.



CONMEBOL.com

ÚLTIMAS NOTICIAS