NOTICIA DESTACADA

Brasil e um passo fundamental para avançar às oitavas de final
Brasil e um passo fundamental para avançar às oitavas de final
Uruguai enfrenta Portugal na busca pela classificação
Uruguai enfrenta Portugal na busca pela classificação
Argentina bate México com gols de Messi e Fernández
Argentina bate México com gols de Messi e Fernández

Sul-Americanos na Europa: ‘Cholo’ e sua muralha defensiva neutraliza o Real Madrid

Diego Godin e José Giménez (Uruguai): O Atlético de Madrid demonstrou no Santiago Bernabéu sua solidez defensiva que o levou a ser a equipe menos goleada na Europa. Os meias uruguaios fizeram uma dupla imbatível desde o início e mostrou potencial na ajudas entre ambos e aos laterais. Estes apoios fizeram-se genéricos para a equipe, mas o trabalho de Diego Godin e José Giménez secou a capacidade goleadora do português Cristiano Ronaldo e do francês Karim Benzema, incapazes de perturbar o arco do esloveno Jan Oblak. Meia hora do jogo, o '2' rojiblanco recebeu um cartão amarelo por uma falta sobre o '9' madridista, enquanto Gimenez foi admoestado aos 72 minutos, por um golpe no espanhol Borja Mayoral em um salto entre ambos.

Kasmirski Luis Filipe (Brasil): "A linha de quatro atrás foi espetacular", disse o técnico argentino Diego Pablo Simeone em conferência de imprensa após o jogo contra o Real Madrid. Um dos jogadores dessa linha de quatro é o brasileiro Filipe Luis, que assistiu o único gol do encontro, quando se juntou ao ataque para devolver uma bola para o atacante francês Antoine Griezmann que o ‘7 rojiblanco’ converteu no 0 -1 que foi definitivo. O extremo, com o '3' nas costas, aproveitou a apatia do colombiano James Rodriguez nas tarefas defensivas para se juntar ao ataque sempre que via oportunidade de criar perigo. O árbitro mostrou um cartão amarelo aos 37’ por falta sobre o croata Luka Modric, alerta que não o condicionou para continuar com a mesma intensidade em seu jogo até o apito final.

Claudio Pizarro (Peru): O Werder Bremen sofre à beira do rebaixamento direto na Bundesliga e qualquer unidade que some em cada jogo daqui para o final da temporada pode valer ouro. Frente ao Darmstadt 98 começou ganhando, graças a um gol de nigeriano Anthony Ujah, mas o time visitante deu a volta ao marcador, que refletiu aos 89 minutos o 1-2. O veterano atacante Claudio Pizarro apareceu nesse momento para cabecear rumo à rede um cruzamento e colocar o 2-2 final e deixar o seu clube com três unidades de diferença do Hoffenheim, penúltimo classificado com um jogo a menos.

Willian Borges (Brasil): O Chelsea continua a ganhar confiança no ponto decisivo da temporada. Contra o Southampton, teve que superar o tanto inicial do irlandês Shane Long. O espanhol Cesc Fabregas empatou o encontró e, um minuto do final, o sérvio Branislav Ivanovic colocou o 1-2 no placar. O serviço que deu a vitória à equipe treinada por Guus Hiddink nasceu de um lançamento de esquina executado pelo brasileiro Willian Borges, que mais uma vez se encarregou das jogadas de bola parada. Antes do segundo gol do Chelsea, aos 82 minutos, o volante verde-amarelo poderia ter sido o herói do jogo se o seu remate desde a entrada da área não tivesse desviado após uma grande ação individual. Willian tem sete assistências em vinte e seis jogos nesta temporada na Premier League.

Carlos Bacca (Colômbia): O único gol do jogo entre AC Milan e Torino foi obra do zagueiro italiano Luca Antonelli. Com o 1-0 no placar, um saque de esquina do time rossonero foi cabeceado desde o ponto penal por um jogador do AC Milan para que o atacante colombiano Carlos Bacca enviasse ao gol. O árbitro anulou a ação por impedimento do ex-Sevilla e o tanto não subiu no placar, mantendo em 13 os gols do atacante cafeteiro na Série A.

Últimas Noticias