NOTICIA DESTACADA

Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Confira os grupos da CONMEBOL Sub-20 de Futsal Feminino
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Fixture das Semifinais da CONMEBOL Libertadores e da CONMEBOL Sudamericana 2022
Árbitros confirmados para a Sub20 Intercontinental
Árbitros confirmados para a Sub20 Intercontinental

Termina a primeira semana da Fase de Grupos da Sudamericana

  • Resumo, números, resultados e estatísticas das 16 partidas da Fase de Grupos.

— Partidas da primeira jornada da Fase de Grupos.

Grupo A

Quinta-feira, em Guaiaquil: Barcelona (EQU) 4 x 2 Wanderers (URU)

Estádio: Isidro Romero Carbo

Árbitro: Mario Díaz de VIvar (PAR)

Números do jogo:

  • Barcelona chegou ao seu sétimo jogo consecutivo invicto em competições CONMEBOL (3V 4E). Os gols do Montevideo Wanderers foram os primeiros que sofreu neste intervalo.
  • Barcelona só perdeu 1 dos últimos 10 jogos que disputou como local em competições CONMEBOL (6V 3E), após perder os 3 anteriores.
  • Barcelona soma 6 jogos sem derrotas contra equipes uruguaias em competições CONMEBOL (4V 2E). Contra Montevideo Wanderers conseguiu seu primeiro triunfo contra uma equipe uruguaia na CONMEBOL Sudamericana.
  • Gonzalo Mastriani, do Bacelona SC, marcou 2 gols contra o Montevideo Wanderers e ficou a só 1 gol de Michael Arroyo, máximo artilheiro do ‘Ídolo’ na CONMEBOL Sudamericana.
  • Damián Díaz, do Barcelona SC, anotou um gol olímpico: é seu primeiro gol no ano 2022 em 5 partidas entre Liga Pro, CONMEBOL Libertadores e CONMEBOL Sudamericana e o segundo com a camisa do ‘Ídolo’ na história da CONMEBOL Sudamericana.

Quinta-feira, em Caracas: Metropolitanos (VEN) 0 x 0 Lanus (ARG)

Estádio: Olímpico (UCV)

Árbitro: Flavio Souza (BRA)

Números do jogo:

  • Metropolitanos e Lanus empataram 0-0 em seu primeiro confronto em competições CONMEBOL: é a primeira vez que uma equipe venezuelana e uma argentina empatam sem gols na CONMEBOL Sudamericana.
  • Metropolitanos soma 4 jogos sem derrotas na CONMEBOL Sudamericana (2V 2E), deixando seu arco invicto nas 4 partidas. Este foi seu primeiro encontro na competição contra um rival argentino.
  • Lanus acumula 8 partidas sem perder contra rivais venezuelanos em competições CONMEBOL (4V 4E), após ter perdido a primeira de todas contra o Caracas na CONMEBOL Libertadores de 2009.
  • Robinson Flores realizou 5 finalizações contra o Lanus, após ter feito 6 em seu anterior jogo na CONMEBOL Sudamericana contra o Estudiantes de Mérida. O jogador do Metropolitanos soma tantas finalizações nestes dois encontros mais recentes (11) como em seus 7 anteriores na competição.
  • Víctor Malcorra realizou 6 passes para finalizações no jogo contra o Metropolitanos. É o máximo para um jogador do Lanus em uma partida da CONMEBOL Sudamericana desde, pelo menos, 2013.

Grupo B

Quinta-feira, em Cuiabá: Cuiabá (BRA) 2 x 0 Melgar (PER)

Estádio: Arena Pantanal

Árbitro: Ivo Méndez (BOL)

Números do jogo:

  • Cuiabá venceu as duas partidas que disputou como local na CONMEBOL Sudamericana mantendo seu arco invicto. O encontro anterior foi 1-0 contra o Chapecoense em 2016.
  • As equipes brasileiras mantêm seu invicto contra times do Peru jogando como locais na CONMEBOL Sudamericana: disputaram 9 partidas, com 8 vitórias e 1 empate.
  • As equipes brasileiras não sofreram gols em seus últimos 5 jogos como locais contra equipes do Peru na CONMEBOL Sudamericana, sendo a racha mais longa no histórico entre equipes de ambos os países na competição.
  • É a primeira vez que Cuiabá anota no segundo tempo de seus jogos da CONMEBOL Sudamericana. Os dois gols marcados nos jogos contra o Chapecoense em 2016 foram no primeiro tempo.

Quinta-feira, em Montevidéu: River Plate (URU) 0 x 1 Racing (ARG)

Estádio: Centenário

Árbitro: Guillermo Guerrero (EQU)

Números do jogo:

  • Racing aumentou seu invicto a 6 partidas visitando rivais uruguaios em competições CONMEBOL (3V 3E). É a primeira vez que visita o Uruguai na CONMEBOL Sudamericana.
  • Racing não perde um jogo em competições CONMEBOL como visitante fora da Argentina desde maio de 2018 (1-2 x Cruzeiro). Desde então, saiu do seu país para disputar jogos em competições CONMEBOL em 10 ocasiões, com 6 vitórias e 4 empates.
  • É apenas a primeira partida de 10 jogos disputados da CONMEBOL Sudamericana que River Plate não consegue marcar pelo menos 1 gol (6V 1E 3D).
  • Leonel Miranda, do Racing Club, voltou a anotar gol como visitante na CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez desde março de 2018 quando marcou contra o América de Cali jogando para o Defensa y Justicia.

Grupo C

Terça-feira, em Quito: Universidad Católica (EQU) 0 x 0 Unión La Calera (CHI)

Estádio: Olimpico Atahualpa.

Árbitro: Juan López (PAR)

Números do jogo:

  • Universidad Católica do Equador alcançou sua racha mais longa sem derrotas como local na CONMEBOL Sudamericana: 3 vitórias e 1 empate.
  • Universidad Católica do Equador perdeu apenas uma de suas 8 apresentações como local em competições CONMEBOL (5V 2E). Além disso, não sofreu gols em 5 dos últimos 6 jogos disputados em casa (3V 2E 1D).
  • Unión La Calera conseguiu seu segundo arco intacto de forma consecutiva jogando como visitante em competições CONMEBOL (2E), fato que não tinha podido conseguir em suas 8 apresentações anteriores (3E 5D).

Terça-feira, em Buenos Aires: Banfield (ARG) 1 x 0 Santos (BRA)

Estádio: Florencio Solá

Árbitro: Derlis López (PAR)

Números do jogo:

  • Banfield estreou com vitória na CONMEBOL Sudamericana nas três vezes que começou o torneio jogando em casa. A vitória sobre o Santos foi a primeira dessas que não foi contra uma equipe argentina.
  • Banfield venceu 5 de seus 10 jogos em casa na CONMEBOL Sudamericana (3E 2D). A vitória sobre o Santos por 1-0 foi a primeira delas em terminar com um resultado diferente de 2-0.
  • Jesús Dátolo igualou Renato Civelli e Javier Sanguinetti como o jogador com mais partidas com o Banfield na história da CONMEBOL Sudamericana (8). A equipe argentina participou das campanhas de 2005 e 2018 do Banfield no torneio, além da atual.
  • Agustín Urzi anotou seu primeiro gol na CONMEBOL Sudamericana em sua primeira partida na competição. O jogador do Banfield é o terceiro mais jovem em anotar um gol na atual temporada do torneio até agora (21 anos e 336 dias).

Grupo D

Terça-feira, em Viña del Mar: Everton (CHI) 1 x 1 Jorge Wilstermann (BOL)

Estádio: Sausalito

Árbitro: Yael Falcón (ARG)

Números do jogo:

  • Jorge Wilstermann mantém seu invicto jogando contra equipes chilenas como local em competições CONMEBOL: disputou 6 jogos com 2 vitórias e 4 empates.
  • Jorge Wilstermann aumenta seu invicto em condição de local na CONMEBOL Sudamericana a três partidas após este empate com o Everton (2V 1E).
  • Jorge Wilstermann anota em casa pelo quarto jogo consecutivo na CONMEBOL Sudamericana (2V 1E 1D), fazendo desta sua racha mais longa marcando como local na competição, superando uma de 3 entre agosto de 2016 e março de 2021 (1V 2E).
  • Everton corta uma racha de 3 partidas sem poder anotar em competições CONMEBOL (3D), que era sua racha mais longa sem poder marcar em jogos continentais.

Quinta-feira, em Cusco: Ayacuhco (PER) 2 x 3 São Paulo (BRA)

Estádio: Garcilaso

Árbitro: Augusto Aragón (EQU)

Números do jogo:

  • Ayacucho anotou gols em todas as suas partidas na CONMEBOL Sudamericana 2022 (6 – 1V 2D), após não ter anotado em suas três participações prévias no torneio. (1E 5D)
  • São Paulo ganhou pela primeira vez em uma estreia de uma edição da CONMEBOL Sudamericana desde 2012, edição na qual foi campeão eventual do torneio. O ‘Tricolor’ teve três empates e duas derrotas, desde então, até vencer hoje o Ayacucho.
  • Miranda, que anotou o segundo gol do São Paulo, voltou a jogar na CONMEBOL Sudamericana quase 15 anos depois de seu último jogo no torneio: outubro de 2007 contra o Millonarios, também com São Paulo.
  • Cristian Techera, do Ayacucho, anotou um gol em cada um de seus últimos dois jogos na CONMEBOL Sudamericana, após ter anotado só 2 gols em seus 9 jogos anteriores no torneio.

Grupo E

Quarta-feira, em Manta: 9 de Octubre (EQU) 2 x 2 Internacional (BRA)

Estádio: Jocay

Árbitro: Andrés Merlos (ARG)

Números do jogo:

  • 9 de Octubre está em uma racha de 3 partidas consecutivas sem derrotas em competições CONMEBOL (1V 2E). É sua maior racha invicta em competições continentais em 23 partidas disputadas (4V 4E 15D).
  • Internacional aumentou a 5 partidas seu invicto visitando equipes equatorianas em competições CONMEBOL (5E).
  • Internacional só perdeu 1 de seus 7 jogos de apresentação em uma edição da CONMEBOL Sudamericana (1V 5E).
  • Taison, do Internacional, nunca teve participação direta em um gol em 25 partidas disputadas em competições CONMEBOL com a equipe. Hoje realizou duas assistências.

Quinta-feira, em Assunção: Guaireña (PAR) 3 x 3 Independiente Medellín (COL)

Estádio: Defensores del Chaco

Árbitro: Augusto Menendez (PER)

Números do jogo:

  • Guaireña não perdeu suas três partidas na CONMEBOL Sudamericana 2022 (1V 2E), após ter perdido suas duas partidas na edição passada do torneio.
  • Pela primeira vez na CONMEBOL Sudamericana, Guaireña sofreu gols em uma partida e não saiu derrotado. A equipe paraguaia tinha perdido suas partidas prévias no torneio nas quais sofreu gols.
  • Independiente Medellín anotou 3 gols em uma partida da CONMEBOL Sudamericana pela terceira vez na história. O 3-3 foi o primeiro jogo que conseguiu como visitante.
  • Luciano Pons, do Independiente Medellín, tem três participações em gols em três partidas disputadas na CONMEBOL Sudamericana (2 gols + 1 assistência). Ante Guaireña, o atacante anotou o primeiro gol da equipe colombiana e assistiu o segundo.

Grupo F

Terça-feira, em Goiânia: Atlético Goianiense (BRA) 4 x 0 Liga de Quito (EQU)

Estádio: Antonio Accioly

Árbitro: Gery Vargas (BOL)

Números do jogo:

  • Atlético Goianiense ficou com a vitória do encontro com o LDU Quito em seu primeiro duelo contra uma equipe equatoriana na CONMEBOL Sudamericana. Já são 8 partidas consecutivas que equipes brasileiras não perdem de times equatorianos em competições CONMEBOL (4V 4E).
  • Atlético Goianiense conseguiu contra o LDU Quito sua segunda vitória como local na CONMEBOL Sudamericana e se mantém invicto em casa na competição após 6 jogos disputados (2V 4E). Além disso, é a quarta partida consecutiva que deixa seu arco intacto jogando como local na CONMEBOL Sudamericana.
  • É a primeira vez que Atlético Goianiense marca 4 gols em uma mesma partida da CONMEBOL Sudamericana.
  • Jorginho participou de 3 dos 4 gols de sua equipe para derrotar o LDU Quito (1 gol, 2 assistências), passando assim a ser o primeiro jogador do Atlético Goianiense em anotar e assistir em uma mesma partida da CONMEBOL Sudamericana.

Quarta-feira, em Antofagasta: Antofagasta (CHI) 1 x 3 Defensa y Justicia (ARG)

Estádio: Regional Calvo y Bascuñan

Árbitro: Nicolás Gallo (COL)

Números do jogo:

  • Defensa y Justicia mantém seu invicto em competições CONMEBOL contra equipes do Chile: venceu em duas ocasiões e empatou a última nos três encontros disputados.
  • Defensa y Justicia aumenta sua racha sem derrotas na CONMEBOL Sudamericana a 10 jogos (7V 3E), que incluem a totalidade da campanha de 2020 onde se coroou campeão. Nessa edição também estreou com uma vitória como visitante (2-1 x Sportivo Luqueño do Paraguai).
  • As equipes argentinas acumulam 6 partidas invictos na CONMEBOL Sudamericana jogando no Chile (4V 2E). A última vez que uma equipe chilena ganhou de um time argentino em casa foi na partida Deportes Temuco x San Lorenzo em 2018 (1-0).
  • Antofagasta anotou seu segundo gol em competições CONMEBOL como local, o primeiro após duas partidas sem marcar. Seu gol anterior foi na derrota de 1-2 contra o Fluminense na edição de 2019.

Grupo G

Terça-feira, em Fortaleza: Ceará (BRA) 1 x 2 Independiente (ARG)

Estádio: Arena Castelão

Árbitro: Leodán Gónzalez (URU)

Números do jogo:

  • Ceará virou uma partida da CONMEBOL Sudamericana pela primeira vez desde sua estreia na competição, quando ganhou do São Paulo por 2-1 em agosto de 2011.
  • Ceará se mantém invicto como local em competições CONMEBOL (4V 2E), recebendo apenas 4 gols nas 6 partidas disputadas nessa condição.
  • As equipes do Brasil só perderam 1 dos últimos 8 jogos na CONMEBOL Sudamericana enfrentando times argentinos (5V 2E 1D).

Quarta-feira, em Assunção: General Caballero JLM (PAR) 1 x 1 Deportivo La Guaira (VEN)

Estádio: Defensores del Chaco

Árbitro: Roberto Pérez (PER)

Números do jogo:

  • General Caballero e Deportivo La Guaira empataram em seu primeiro enfrentamento na CONMEBOL Sudamericana. O invicto das equipes paraguaias em casa na competição contra rivais venezuelanos aumenta a 10 jogos (5V 5E).
  • General Caballero continua sem conhecer a derrota na CONMEBOL Sudamericana. A equipe paraguaia registra duas vitórias e um empate e conseguiu anotar em cada encontro (6 gols no total).
  • Deportivo La Guaira soma dois encontros sem perder na CONMEBOL Sudamericana (1V 1E) e conseguiu chegar a dois jogos consecutivos marcando gol na competição pela primeira vez desde agosto de 2016 (2V).

Grupo H

Quarta-feira, no Rio de Janeiro: Fluminense (BRA) 3 x 0 Oriente Petrolero (BOL)

Estádio: Maracanã

Árbitro: José Argote (VEN)

Números do jogo:

  • Fluminense soma 5 jogos sem derrotas como local em competições CONMEBOL (4V 1E). Além disso, manteve seu arco em zero em três apresentações durante esse intervalo.
  • Fluminense venceu as duas partidas que disputou como local contra rivais bolivianos em competições CONMEBOL por um placar idêntico de 3 a 0 (o anterior foi contra o Nacional Potosi em CONMEBOL Sudamericana 2018).
  • Jhon Adolfo Arias marcou o segundo gol do Fluminense e é o único jogador do Flu que anotou pelo menos 1 gol nestas competições disputadas pela sua equipe em 2022: CONMEBOL Libertadores, CONMEBOL Sudamericana e Campeonato Carioca.
  • Cris Silva marcou o primeiro gol do jogo e seu primeiro gol com a camisa do Fluminense em 16 partidas disputadas em 2022 na CONMEBOL Libertadores, CONMEBOL Sudamericana e Campeonato Carioca.

Quarta-feira, em Santa Fe: Unión (ARG) 1 x 1 Junior (COL)

Estádio: 15 de Abril

Hora: 19:15 horário local – 22:15 GMT

Números do jogo:

  • Unión de Santa Fe empatou duas partidas consecutivas na CONMEBOL Sudamericana (hoje e contra Bahia na edição de 2020) após não registrar empates nos anteriores 7 (3V 4D).
  • Junior quebrou uma racha de 3 derrotas consecutivas visitando equipes argentinas em competições CONMEBOL. Seu último empate em terreno argentino foi também na CONMEBOL Sudamericana e tambiém em Santa Fe: 1-1 x Colón na edição de 2018.
  • Junior está invicto como visitante em competições CONMEBOL em seus últimos 5 jogos disputados (2V 3E). É a racha mais longa de sua história sem derrotas fora de casa em competições continentais.
  • O gol anotado no 2º minuto pelo Unión Santa Fe, é o gol mais rápido da equipe argentina na CONMEBOL Sudamericana nas últimas três edições que participou (2019, 2020, 2022).
  • Federico Vera, do Unión, é o quinto jogador em anotar um gol e um gol contra em uma mesma partida na história da Sudamericana. Além disso, é o primeiro em fazer antes dos 10 minutos de jogo.

OPTA

Últimas Noticias