NOTÍCIAS DESTACADA

Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022
Córdoba será uma festa com a final da CONMEBOL Sudamericana 2022

1ª reunião para desenvolvimento do protocolo médico de prevenção da COVID-19

banner_750_meeting_medico1

A Comissão Médica da CONMEBOL realizou nesta terça-feira, 7 de abril, a primeira reunião, via teleconferência, para o desenvolvimento do protocolo médico, com regras e recomendações para evitar o contágio e a propagação da COVID-19, visando o futuro retorno do futebol na América do Sul.

Participaram da reunião 22 médicos, entre os chefes médicos das seleções adultas das Associações Membro e membros da Comissão Médica da CONMEBOL. Gonzalo Belloso, diretor de Desenvolvimento da CONMEBOL e Alejandro Domínguez, presidente da CONMEBOL tomaram a palavra.

“Gostamos de trabalhar sempre com antecedência, com previsibilidade, projetando estratégias e pensando no futuro, e como tornar nossa instituição e nossos torneios cada vez melhores; é por isso que os chamamos hoje, para nos aconselhar e fazer juntos um protocolo de proteção contra a COVID-19, para todos os que fazem parte do futebol”, disse Alejandro Domínguez.

“A saúde sempre estará acima de tudo e as decisões serão tomadas com base nessa premissa”, acrescentou o presidente da CONMEBOL.

O objetivo é elaborar um protocolo de desconfinamento para o retorno das equipes e seleções da CONMEBOL à normalidade. Em um primeiro momento, os treinamentos, e logo, as competições.

O protocolo da Comissão Médica são indicadores que buscam ajudar as equipes com regras de previsão da COVID-19, mas sempre estarão sujeitas às leis e recomendações sanitárias de cada país.

“Este é o início de uma função médica que precisamos deixar, para que nossos atletas e treinadores possam ter um manual de protocolo de prevenção desta terrível doença”, explicou o Dr. Osvaldo Pangrazio, presidente da Comissão Médica CONMEBOL, na abertura da teleconferência.

Nesse sentido, o Dr. Pangrazio indicou que a Comissão Médica leva em consideração os tempos desse processo e convidou a aplicar medidas que sempre deverão ser lembradas no futebol profissional; não profissional (amador); feminino e todas as disciplinas.

Da mesma forma, contribuíram para a elaboração das normas e recomendações médicas, o doutor espanhol Francisco Forriol e a infectologista uruguaia Matilde Miralles, ambos membros da Comissão Médica da CONMEBOL.

Nesta ocasião, o protocolo foi apresentado em formato de rascunho, incluindo os pontos das modalidades de treinamentos individuais e coletivos. Realização de testes nos atletas, desinfecção de locais comuns e higiene pessoal do atleta.

Ao final da exposição, todos os médicos participantes da reunião deram seu ponto de vista e, de acordo com cada avaliação, será elaborado o protocolo final, que será apresentado nos próximos dias.

 

 

 

 

 

 

 

CONMEBOL.com

    

Ultimas Noticias