NOTÍCIAS DESTACADA

Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Começou a venda geral de ingressos para a CONMEBOL Copa América Feminina Colômbia 2022
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Designação de árbitros para os encontros de ida – Oitavas de Final da CONMEBOL Sudamericana
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores
Árbitros para as Oitavas da CONMEBOL Libertadores

Alan Ruschel, o herói que nunca perdeu a fé e acredita sempre

Nascido em Taquara, Rio Grande do Sul, 1989, Ruschel destaca-se na posição de lateral volante, importante na campanha da CONMEBOL SUL-AMERICANA 2016, onde alcançou com Chapecoense uma histórica final; porém, infelizmente seu sonho foi detido quando o avião que transportava a delegação brasileira bateu nas montanhas de Antioquía, antes de chegar ao destino.

Naquele fatídico episódio 71 pessoas morreram, terminando só seis pessoas da tripulação com vida, entre elas três jogadores da ‘Chape’, Jakson Follmann; Hélio Neto e Alan Ruschel:

Os jogadores que sairam com vida do acidente inundaram de emoção o Camp Nou, na segunda-feira à noite quando Barcelona e Chapecoense se enfrentaram pelo Gamper.

Porém a surpresa mais gratificante foi quando foi dada a lista dos onze iniciais da equipe brasileira, onde apareceu Ruschel, 9 meses depois e com a faixa de capitão. Jogou por 35 minutos; porém foram os mais importantes de sua vida.

-A visão de Acreditar Sempre-

Nove meses de duro trabalho, tratamentos e força de vontade, hoje Ruschel está a um passo de conseguir seu objetivo: voltar a disputar um jogo oficial. Um jogador que nunca desistiu, que manteve a fé e acredita sempre; encontra-se em um momento pleno, trás dias de luta.

A emoção para Ruschel não terminou depoios dos 90’, graças a que Lionel Messi cumpriu seu sonho. “Troquei a camisa com Messi. Um sonho. Estou feliz. Falei com ele fora do campo, é humilde”, disse Ruschel. Depois de trocar a camisa com o craque do Barcelona, este assinou outra camisa do Chapecoense com uma dedicatória especial: “Com muito carinho, respeito e o melhor de sempre. Leo”. “Vou colocá-la em um quadro”, disse.

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias