NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Alejandro Domínguez: “Estamos promovendo o futebol através da Educação”

O presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez, ratificou seu compromisso de continuar desenvolvendo o futebol em todo o continente porque “continuamos com o desafío de demonstrar ao mundo que, como nossos atletas, técnicos, árbitros, torcida, podemos acreditar sempre”, destacou durante sua alocução na inauguração da Escola Maior de Técnicos e Treinadores de Futebol, na Colômbia.

Nesse sentido, valorizou o esforço do convênio da FCF, para implementar a Escola Maior de Técnicos e Treinadores de Futebol, em conjunto com Dimayor; a Difútbol e a Universidade Sergio Arboleda, que servirá para a homologação das Licenças de Treinadores do futebol ‘cafeteiro’ e a formação integral dos treiadores.

-Compromisso com o povo colombiano-  

Em outro ponto, o presidente Domínguez elogiou a população colombiana “porque em um momento muito difícil e de muita dor que o futebol sofreu no ano passado, demonstrou um comportamento exemplar para todo o país que foi o Brasil e que nos mostrou e nos ensinou qual é o motivo para competir, que não consiste em rivalizar para odiar, senão que competimos para aprender, nos aproximar e ser melhores”, mencionou o presidente em referência à fatídica tragédia aérea sofrida pelo Chapecoense, nas montanhas de Medellín.

O titular do ente matriz do futebol sul-americano, por outra parte, se comprometeu a entregar uma réplica do troféu da CONMEBOL LIBERTADORES ao treinador Luis Fernando Montoya, campeão do certame continental no ano 2004 e do grande legado para o futebol colombiano.

Bem como os senhores Hernán Darío Gómez; José Luis Pinto; Reinaldo Rueda; Efraín Sánchez; Gabriel Ochoa Uribe e Francisco Maturana, receberam a Licença honorífica, pela parte da CONMEBOL, “porque deixaram rastros históricos que fazem parte das páginas mais gloriosas do futebol colombiano e sul-americano”, concluiu Domínguez.

 

CONMEBOL.com 

 

 

Ultimas Noticias