NOTÍCIAS DESTACADA

Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Times históricos entram na briga pela classificação na CONMEBOL Sudamericana
Semana decisiva nas Oitavas de Final
Semana decisiva nas Oitavas de Final
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio
CONMEBOL Copa América Feminina 2022: confira as estatísticas antes do início do torneio

Apesar da derrota contra Aragua, Coquimbo Unido avança à 2ª Fase

coquimbo

O chileno Coquimbo Unido se classificou, na terça-feira, para a Segunda Fase da CONMEBOL Sul-Americana 2020, apesar de perder por 1 a 0 como visitante contra o Aragua venezuelano, afirmando sua vitória por 3 a 0 em casa.

Um gol de Guillermo Fernández aos 13 minutos prometia colocar a equipe treinada pelo argentino Germán Corengia em apuros na partida de volta, no Estádio Olímpico da UCV, em Caracas, mas os ‘piratas’ chilenos conseguiram evitar mais danos.

As duas equipes terminaram com nove homens.

Primeiro vieram as expulsões de Moisés Acuña pelos venezuelanos, aos 53′, e Federico Pereyra pelos chilenos, aos 83, ambos por dupla admoestação. Então, depois dos 90′, Pedro Álvarez e Mauricio Pinilla receberam cartão vermelho direto, após trocarem agressões.

Em 4 de fevereiro, Coquimbo Unido obteve uma sólida vantagem na ida com gols de Pereyra, Víctor González e Rubén Farfán.
 

-Números-

  • Coquimbo Unido conseguiu passar sua primeira fase de competições CONMEBOL; jogou apenas a Libertadores de 1992, sendo eliminado na fase de grupos.
  • Aragua alcançou sua primeira vitória na CONMEBOL Sul-Americana; empatou e perdeu para Guadalajara na edição de 2008 e perdeu a ida contra o Coquimbo Unido nesta copa.
  • Coquimbo Unido perdeu todos os seus jogos como visitante nas competições da CONMEBOL; perdeu todos os quatro duelos fora de casa na Libertadores 1992.
  • Aragua manteve seu arco invicto pela primeira vez na CONMEBOL Sul-Americana (quatro jogos disputados).
  • Mauricio Pinilla, do Coquimbo Unido, sofreu sua primeira expulsão nas competições da CONMEBOL; jogou cinco partidas pela Libertadores e duas pela Sul-Americana.

 

 

AFP/OPTA/CONMEBOL.com

Ultimas Noticias