NOTÍCIA DESTACADA

Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada
Chile e Venezuela celebram vitória na terceira rodada
Vem aí o sorteio das Oitavas de Final
Vem aí o sorteio das Oitavas de Final
Paraguai e Brasil assumem a liderança na Copa América de Beach Soccer
Paraguai e Brasil assumem a liderança na Copa América de Beach Soccer

Argentina, Uruguai e Paraguai oficializam candidatura para Mundial 2030

Nesta quarta-feira, na Casa Rosada de Buenos Aires, os presidentes do Uruguai, da Argentina e do Paraguai se reuniram para oficializar a candidatura conjunta dos três países sul-americanos para organizarem a Copa do Mundo de 2030, em homenagem ao centenário da primeira competição organizada.

“Hoje estamos aqui para confirmar este compromisso, fizemos uma proposta ao presidente da FIFA e vamos ter o apoio da CONMEBOL, que pensa que a América do Sul merece a possibilidade de organizar este mundial, pelo significado que os 100 anos desta competição, realizada pela primeira vez no Uruguai”, anunciou o presidente da Argentina, Mauricio Macri, em conferência de imprensa, acompanhado pelos presidentes do Uruguai, Tabaré Vázquez e do Paraguai, Horacio Cartes.

Também participaram da reunião o presidente da CONMEBOL, Alejandro Domínguez e o presidente da FIFA, Gianni Infantino, que acompanharam o anúncio dos presidentes.

“O que se tenta é não somente dar lugar a uma paixão compartida pelos argentinos, uruguaios e paraguaios, mas também seguir afiançando e aprofundando vínculos entre os países sul-americanos que estão num grande momento”, afirmou Macri  durante o anúncio.

“Eu comemoro a união entre os três países irmãos, profundamente futeboleiros, para apresentar uma candidatura em conjunto para organizar este mundial. Estamos convencidos e posso dizer em nome deles que comprometem-se a cumprir com as exigências da FIFA “, manifestou o presidente do Uruguai, Tabaré Vázquez.

  – Unidos pela paixão pelo futebol –

“Acho que o argumento em prol do Uruguai, que vai celebrar os 100 anos, é muito atrativo”, opinou o presidente do Paraguai, Horacio Cartes. “Sabemos que o Uruguai e a Argentina têm experiência para organizar um mundial (1930 e 1978), nós vimos a possibilidade de ajudar e ambos países abriram a puerta como países irmãos que somos, e agradeço publicamente esse gesto, em nome do povo paraguaio”, expressou o presidente Cartes.

“Com isso mostramos a capacidade de integração da América do Sul. Sozinhos não podemos e não vamos organizar o mundial, por isso comemoramos este acordo com uma magia, a magia do futebol que eu sei que vai nos ajudar a realizar outros projetos também.” continuou.   

“Já estávamos trabalhando com a Argentina, mas não duvidamos nem um momento quando surgiu a possibilidade de que o Paraguai participe do projeto”, relatou o presidente Vázquez.

  -Infraestrutura-

“Sabemos das exigências da FIFA; apesar disso temos certeza de que juntos vamos poder cumprir esse compromisso”, afirmou Macri, ao ser consultado sobre a infraestrutura que cada país deverá ter para ser sede dos jogos do mundial.

“Estamos pensando em 2 ou 3 estádios para o Paraguai e Uruguai, e 6 ou 8 para a Argentina”, revelou Macri. “Ainda não definimos bem, para isso teremos outra reunião em Assunção”, completou.

Os presidentes marcaram outra reunião em Assunção, na primeira semana de novembro, para definir temas sobre a infraestrutura para o Mundial de 2030.

 

 

 

CONMEBOL.com

Ultimas Noticias