NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Barcelona recebeu Chapecoense em histórica jornada

Barcelona jogou nesta segunda-feira contra Chapecoense no Troféu Joan Gamper para homenagear as vítimas e sobreviventes do acidente aéreo na qual perderam a vida 71 pessoas em novembro de 2016, quando o clube brasileiro viajava à Colômbia para disputar a final da Copa Sul-Americana.

Antes do jogo, que terminou com vitória local por 5-0 com gols de Gerard Deulofeu (min. 6), Busquets (11), Messi (28), Luis Suárez (54) e Denis Suárez (75), o capitão da equipe, Andrés Iniesta, pronunciou um pequeno discurso com a qual deu as boas-vindas à nova temporada e, sobre tudo, honrou a equipe do Chapecó.

“Hoje é um dia muito especial, recebemos na nossa casa o Chapecoense, um rival muito especial. Espero que possam aproveitar de um jogo inesquecível”, disse o manchego, que fez questão de lembrar tanto das vítimas quanto dos seus familiares e sobreviventes.

Dois dos jogadores que sobreviveram ao acidente de avião, Jakson Follman e Helio Hermito Neto, foram os encarregados de realizar o saque de honra. Um terceiro, Alan Ruschel, liderou a equipe durante o jogo.

Antes, no palco, os presidentes de ambas as equipes trocaram presentes.

O Barça foi o primeiro em entrar em campo e, no meio do campo, esperou que os rivais fossem saindo um a um (algum deles entre lágrimas), que acolheram com um caloroso aplauso replicado nas arquibancadas.

O conjunto catalão já tinha doado ao Chapecoense, no ano passado, 250.000 euros para ajudar a equipe a se recuperar.

A equipe brasileira, por sua vez, usou um uniforme onde podiam-se apreciar as 71 estrelas lembrando cada de uma das vítimas do acidente.

No aspecto puramente esportivo, o novo Barcelona de Ernesto Valverde superou sem dificuldades seu rival, no primeiro encontro que disputam os ‘culés’ trás a ida do brasileiro Neymar ao Paris Saint-Germain.

AFP

Ultimas Noticias