NOTÍCIAS DESTACADA

Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
Brasil e Argentina campeões mundiais no mesmo dia
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
VAR CONMEBOL: análise de situação de jogo da Sudamericana – Colo Colo x Internacional
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções
O campo de futebol da CONMEBOL: um espaço para clubes e seleções

Boca Juniors amplia festejo após derrotar Independiente Medellín

boca_junios

O Boca Juniors argentino venceu o Independiente Medellín colombiano 3-0 (parcial 1-0), em uma partida disputada nesta terça-feira pela segunda rodada do Grupo H da CONMEBOL Libertadores 2020, no estádio La Bombonera.

Eduardo Salvio (34′ e 56′) e Emanuel Reynoso (72) marcaram os gols para a vitória do Boca, ante cerca de 50.000 espectadores, com uma atuação do menor ao maior dos ‘xeneizes’, que comemoraram sua primeira vitória na competição após o empate 1-1 na estreia contra o Caracas, na semana passada.

Ainda comemorando depois de conquistar, no sábado passado, a Superliga argentina, o Boca demorou um bom tempo para se estabelecer diante da proposta do ‘Poderoso da montanha’, que decidiu pressioná-lo desde o início e discutir a posse com o local.

Na terceira rodada, o Boca visitará o Libertad paraguaio, em 18 de março e, no mesmo dia, o Independiente Medellín receberá o Caracas venezuelano, no Atanasio Girardot.

Após duas jornadas, o Libertad comanda o Grupo H com 6 pontos, seguido pelo Boca com 4, enquanto Caracas tem 1, e o Independiente Medellín fecha a tabela sem unidades.

-Números-

  • Boca Juniors está invicto como local contra equipes colombianas na CONMEBOL Libertadores (11V 3E); venceu os últimos seis jogos, com uma racha de 20 gols marcados e apenas dois sofridos.
  • Boca Juniors manteve seu arco invicto em 11 de seus 14 jogos como local na CONMEBOL Libertadores desde 2018 (5 gols sofridos, 11V 2E 1D).
  • Independiente Medellín perdeu seus três últimos jogos na CONMEBOL Libertadores; é a segunda maior racha na competição (5 derrotas em 1967 e 3 entre 2010 e 2017).
  • Emanuel Reynoso, do Boca Juniors, é o único jogador com dois gols de tiro livre direto nas duas últimas edições da CONMEBOL Libertadores; o anterior foi nas quartas de final de 2019, ante o Liga de Quito.
  • Eduardo Salvio participou de sete gols em seus últimos cinco jogos com o Boca Juniors em todas as competições (6 gols, 1 assistência).

 

 

 

AFP/OPTA/CONMEBOL.com

Ultimas Noticias