NOTÍCIA DESTACADA

APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
APF e FVF terminam nova etapa do projeto Futebol para Mulheres promovido pela UEFA e CONMEBOL
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Enfrentamentos eletrizantes nas Oitavas da CONMEBOL Libertadores 2022
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana
Disputas acirradas nas Oitavas da CONMEBOL Sudamericana

Bolívia inicia práticas para enfrentar Brasil e Uruguai

A Bolívia iniciou sua última sessão de treinamento para os confrontos ante Brasil e Uruguai nesta quinta-feira, concluindo sua participação na Eliminatória Sul-Americana rumo ao Mundial Rússia 2018.

O DT boliviano Mauricio Soria, que liderou na última etapa da eliminatória, destacou as vitórias anteriores contra Argentina e Chile, e considerou importante vencer o Brasil, no dia 5 de outubro, no Estádio Hernando Siles em La Paz.

“Seria motivador” vencer também o Brasil, uma vitória que “daria lugar a que pensássemos no futuro, onde La Paz seja um lugar invencível” para outros selecionados, declarou.

“Ganhando seleções como foi com a Argentina e Chile – e espero que possamos fazer isso com o Brasil – estaríamos vencendo três equipes muito fortes no mundo, não apenas da nossa eliminatória”, explicou.

Considerou que a Bolívia tem argumentos para atingir seu objetivo. “Temos boa produção de gols entre os jogadores que escolhemos e, espero, possamos dar-lhes movimentos também nestas partidas, para que aproveitem todas as ocasiões surgidas”, enfatizou.

Com sua mente na Copa do Mundo de Qatar 2022, Soria estimou que “com o Brasil e o Uruguai eu acho que temos esperanças de continuar desenvolvendo, pensando que no próximo ano vamos realizar trabalhos realmente importantes em termos de jogos, antes da Copa do Mundo, com tantas seleções for possível”.

Na ânsia de troca, porque dois históricos como seu capitão Ronald Raldes e Pablo Escobar que podem deixar a seleção por idade, Soria começou a chamar juvenis.

Por exemplo, “hoje teremos dez jogadores Sub 17 para treinar, entre eles há atletlas muito interessantes”, declarou.

A Bolívia enfrentará o Brasil no dia 5 de outubro, em La Paz, e com o Uruguai, em Montevidéu, cinco dias depois.

 

 

 

AFP

 

Ultimas Noticias